fbpx

Meryl Streep faz no teatro imitação debochada de Donald Trump

Por Maya Santana

A atriz arrancou gargalhadas da platéia, encarnando um Trump pançudo e topetudo

A atriz arrancou gargalhadas da platéia, encarnando um Trump pançudo e topetudo

Maya Santana –

Mostrando que é uma das atrizes mais versáteis do cinema de seu tempo, Meryl Streep – 67 anos no próximo dia 22 -, uma vez mais, recebe grandes elogios pela personificação de um dos homens mais polêmicos e detestáveis do momento: o pré-candidato do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, 67. A atriz, como sempre, se saiu muito bem no papel, arrancando aplausos e gargalhadas da audiência.

Meryl Streep, uma vez mais, deu um show de interpretação

Meryl Streep, uma vez mais, deu um show de interpretação

Com o rosto bronzeado artificialmente e os cabelos presos, formando aquele topete que é a marca registrada do pré-candidato, Meryl Streep encarnou um Trump desconjuntado e bem pançudo. Para isso, ela usou um terno com enchimento e a horrível gravata vermelha. A encenação foi no “Shakespeare in the Park”, que faz parte do Public Theater Gala — evento beneficente no qual são apresentadas peças de William Shakespeare no Central Park, em Nova York. Contracenando com Meryl Streep, no papel de Hillary Clinton, a pré-candidata democrata, estava a atriz Christine Baranski. Elas trabalharam juntas no musical Mama Mia!

Nas pesquisas de intenção de voto – as eleições presidenciais estão previstas para o dia 8 de novembro -, Hillary e Trump estão tecnicamente empatados. O pré-candidato republicano continua provocando muita polêmica, dentro e fora dos Estados Unidos, na campanha eleitoral, com suas ideias racistas e extremamente preconceituosas, principalmente em relação aos imigrantes e às mulheres.

Na cômica encenação, as duas atrizes simularam um debate entre Hillary e Trump. Foi um dos acontecimentos da semana, com enorme repercussão nas redes sociais.

Embora o vídeo seja amador, dá para ver um pouco da atuação das duas grandes atrizes:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

três × três =

1 Comentários

Avatar
Ana 12 de junho de 2016 - 12:04

Eu odiaria ver Trump na Casa Branca depois de Obama!

Responder