fbpx

Recordação: uma força poderosa chamada Mercedes Sosa

Por Maya Santana
Milton, Chico, Mercedes Sosa, Caetano e Gal: um encontro antológico

Milton, Chico, Mercedes Sosa, Caetano e Gal: encontro antológico

Maya Santana, 50emais

Se cá entre nós estivesse, a cantora e ativista contra a ditadura militar argentina Mercedes Sosa (1935-2009), conhecida por músicas como “Gracias a la vida”, “Volver a los 17” e “Solo le pido a Dios”, entre tantas outras, faria, no mês que vem, 82 anos. Ela nasceu na Argentina em 9 de julho de 1935. Fugindo do regime militar, a cantora viveu exilada em Paris e em Madri durante vários anos, entre o final da década de 70 e início dos anos 80. Conquistou milhões de fãs no Brasil, com sua voz quente, inconfundível. E cantou com muitos artistas brasileiros. Veja esse vídeo. Uma maravilha:

Além de Milton, Chico, Gal e Caetano, Mercedes Sosa cantou com outros artistas brasileiros, como Beth Carvalho, Elis Regina, Fagner, Daniela Mercury, Maria Rita. Símbolo de um tempo em que a América Latina vivia a insanidade dos regimes militares, para nós daquele tempo, ela representava uma grande força na luta contra as ditaduras.

Este vídeo já foi visto por cerca de 18 milhões de pessoas, no mundo inteiro. Tire alguns minutos para vê-lo e se emocionar com Mercedes Sosa interpretando uma música que Elis Regina também cantou lindamente: “Gracias a la vida”:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

catorze + dezesseis =