fbpx

Aos 104, blogueira quer ser “uma voz para defender os idosos”

Por Maya Santana

A centenária Dagny Calsspn, sueca, é possivelmente a blogueira mais velha do mundo. O blog dela tem 1,6 milhão de visitantes

Dagny Calsson é talvez a blogueira mais velha do mundo. O blog dela tem 1,6 milhão de visitantes

Tudo bem que ela vive num país mais rico e socialmente infinitamente mais justo, que favorece a longevidade. De qualquer maneira, o caso dessa sueca que conseguiu chegar com o intelecto intacto aos 104 anos, é inspirador. A história dela é contada por jornalista Cláudia Wallin numa ótima reportagem para o site da BBC Brasil. A certa altura da conversa que manteve com a centenária, a jornalista pergunta se ela não pensa na morte. ” Não. Não estou nem um pouco interessada na morte. Também não faz sentido nenhum ter medo da morte, já que ela é inevitável”, respondeu ela, completando: “Tenho medo é de guerra. Já vi duas guerras mundiais. E veja só o que está acontecendo na Síria.” Essa é uma senhora de mente poderosa que quer usar seu influente blog, já com 1,6 milhão de visitantes, como “voz dos idosos.”

Leia:

A sueca Dagny Carlsson nasceu em 1912. “No mesmo ano em que o Titanic afundou”, ela faz questão de lembrar. Achava que já tinha visto de quase tudo na vida, desde as duas guerras mundiais até à invenção das máquinas modernas. Mas quando fez 93 anos de idade, Dagny conheceu um computador de perto. E aos cem, resolveu que era hora de lançar o seu próprio blog.

Agora, aos 104 anos, Dagny Carlsson ganhou status de celebridade: ela é provavelmente a blogueira mais velha do mundo, e seu blog já contabiliza mais de 1,6 milhão de visitantes.

“Os idosos não são tão estúpidos como a sociedade pensa. É preciso mudar esse conceito. As pessoas mais velhas são tratadas, em geral, ou como se fossem crianças, ou como se fossem idiotas. Dizem aos idosos, ‘você não entende isso’, ‘meu velhinho’ e coisas assim. Eu digo que os idosos merecem mais respeito”, diz Dagny Carlsson à BBC Brasil, no escritório onde diariamente atualiza seu blog.

“Bojan”, como ela prefere ser chamada, diz que ouve com certa dificuldade, e dá um tapinha no discreto aparelho de audição para deixar claro que é preciso falar mais alto com ela. Mas nada mais parece indicar que ela vive há mais de cem anos. Lúcida, ágil nos movimentos, Dagny emana vitalidade. E só precisa de óculos para ler de perto.

Seu primeiro computador, usado, foi dado a ela pela irmã mais nova, que tinha na época 85 anos de idade. Ainda não havia cursos de computador para idosos, naqueles idos de 2005.

“Mas assim que criaram um curso, me matriculei. A professora não conseguia acreditar nos próprios ouvidos, quando disse a ela que tinha 99 anos”, conta Dagny.

De aluna, ela passou a ser instrutora do curso, durante um ano. E seu blog nascia.

“Bem-vindo ao meu blog: sou uma idosa determinada, que gosta de quase tudo. Pode ser uma ópera, mas também pode ser só um papo sobre coisas divertidas ou difíceis. Prefiro as coisas divertidas. As pessoas dizem que eu tenho humor, e que sou bastante franca”, diz “Bojan” na página de abertura do blog.

Dagny também quer ser uma voz para os idosos.

“Porque os idosos são muito calados em nossa sociedade, e porque quando falam, ninguém se importa com o que dizem. Só se importam com o que eu digo porque me tornei famosa”, ela diz, levantando-se para mostrar o prêmio de Idosa do Ano e um troféu recebido por um canal da TV sueca.

“O maior desafio do ser humano é superar seu próprio medo”, acrescenta ela.

Diz o trecho de um de seus posts:

“Sou incrivelmente velha, mas não me sinto velha. Quero ser tratada como qualquer pessoa. Não como um fóssil. Com certeza, há muitas pessoas como eu. Deveríamos ir para as ruas e protestar alto, como fazem os jovens, e exigir que as pessoas nos ouçam. Desafio todos os idosos: sejam mais assertivos!” Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

20 − dez =

9 Comentários

Avatar
Soraya 27 de julho de 2016 - 10:18

Maravilhoso post! Me apaixonei por essa Senhora, ela com certeza tem muita sabedoria, e o demonstra para ajudar outras pessoas como ela. Adorei, quando eu envelhecer gostaria de ser como ela. Acredito que ela seja realmente uma fonte de inspiração para todas aquelas pessoas que querem e desejam ser respeitadas. Amei, continue levando toda essa sabedoria aos jovens, o mundo com certeza ficará bem melhor, com mais pessoas como a Senhora. Muita luz, muita energia linda que acho que ela já tem de sobra, e muitos anos de vida. Que Deus abençoe!

Responder
Avatar
Lúcia Albertina Mancini 27 de julho de 2016 - 00:26

eu tenho 70 anos. Mas percebo o Preconceito grande conosco. Percebo que meus familiares às vezes nem querem me ouvir. Parabéns Sra. Adorei seu Blog

Responder
Avatar
zizelda dabull 25 de julho de 2016 - 23:30

Adorei, quero ser assim amanhã, parabéns

Responder
Avatar
MaGrace Simão 25 de julho de 2016 - 16:17

Além de sueca, com serviços de saúde naquele país bem adiantados, ela faz reflexões ótimas sobre velhice.Eu detesto os tais “idosa, terceira idade ou melhor idade”. Melhor não sei porquê, já que a velhice envelhece todas nossas células. Mas deixa isso pra lá. Como uma impressão digital, cada um tem seu próprio jeito de envelhecer com seus respectivos males.

Responder
Avatar
nenez rick 25 de julho de 2016 - 12:04

Muito legal!!!!!
revigorante!!!!!!!

Responder
Avatar
Aurora M. de MATOS 25 de julho de 2016 - 12:03

UMA IDOSA ASSIM EU GOSTARIA DE CONHECÊ-LA E CONVERSAR COM ELA. AS PESSOAS JOVENS SE ESQUECEM QUE UM DIA SERÃO COMO OS IDOSOS, OU TERÃO QUE MORRER CEDO…REALMENTE EM CERTAS CULTURAS OS IDOSOS SÃO TRATADOS COMO IMBECIS OU IDIOTAS. GOSTAMOS DE RESPEITAR E SERMOS RESPEITADOS. NENHUM IDOSO GOSTA DE SER TRATADO COMO CRIANÇA. DIFICILMENTE SE VER UM JOVEM DANDO ATENÇÃO À CONVERSA DE UM IDOSO. CONCORDO EM NÃO TER MEDO DA MORTE , PORQUE ELA É INEVITÁVEL . AMEI O QUE NOS DIZ DAGNY

Responder
Avatar
Dalila Carvalhaes Falcão 24 de julho de 2016 - 19:50

Achei sensacional!
Concordo quando ela diz que os idosos não devem ser tratados como crianças e nem como idiotas, eles precisam ser mais respeitados.
É preciso dar voz ao idoso!
Gostaria que Bojan fosse a representante de todos os idosos do mundo.
Dalila Carvalhaes Falcão
Casimiro de Abreu, 24 de Julho de 2016.

Responder
Avatar
Ivany Bello da Silva 24 de julho de 2016 - 18:57

Pura Sabedoria.
AMEI

Responder
Avatar
Mara Moraes 24 de julho de 2016 - 18:17

Muito legal!! Parabéns!!

Responder