fbpx

5 anos após sua morte, Michael Jackson fatura mais

Por Maya Santana

No dia 25, completa 5 anos da morte dele

Morto por overdose de remédios, ele faria 55 anos em agosto

Como Marilyn Monroe, James Dean, Elvis Presley, Jimi Hendrix e outros, Michael Jackson entrou para a lista dos mortos que nunca saem do noticiário. É como se não tivesse morrido. Todo dia a gente lê alguma notícia relacionada ao ídolo, que morreu aos 50 anos, em 25 de junho de 2009, em consequência de uma overdose de remédios. A propósito do quinto aniversário de sua morte, o jornal El País está publicando esse artigo, assinado por Joan Faus, com o título “Michael Jackson, a estrela (e o negócio) que nunca se apaga”, mostrando como os parentes, só no último ano, lucraram mais de 360 milhões de dólares explorando a memória do cantor.

Leia o artigo:

“Mente por ele, espiona por ele, mata por ele, morre por ele./ Para eles não importa, eles me usam pelo dinheiro”. Essas são duas estrofes da música ‘Money’, lançada por Michael Jackson em 1995. Quase duas décadas depois, suas intuições não podiam ter sido mais certeiras. Na véspera do quinto aniversário de sua morte, nesta quarta-feira, 25 de junho, a constelação de polêmicas familiares e batalhas judiciais e, sobretudo, a lucrativa máquina de fazer dinheiro às suas custas, mantêm um enorme vigor. A série é imparável.

A mãe, os filhos e os irmãos de Michael Jackson: todo mundo quer um pouco

A mãe, os filhos e os irmãos de Michael Jackson: todo mundo quer um pouco

São comuns os casos de famosos cuja figura se torna um “suculento” negócio após sua morte. Mas, o de Jackson, é paradigmático pela velocidade na qual passou de um patrimônio negativo para um repleto de bens. Em 2013, o cantor, que agora teria 55 anos, teve, de longe, a morte mais rentável do mundo. Segundo a revista Forbes, o conglomerado ao seu redor lucrou entre os meses de junho de 2012 e junho 2013 cerca de 355 milhões de reais, superando a viva que gera mais dinheiro — Madonna, com 276 milhões de reais — e o segundo morto mais lucrativo — Elvis Presley, com 121 milhões de reais.

“Fez mais dinheiro morto do que em vida”, admitiu há um ano John Branca, um dos encarregados do cumprimento do testamento deixado pelo rei do pop, motivo de disputa entre vários dos oito irmãos e irmãs do cantor desde seu colapso fatal após tomar uma dose letal de anestésicos e outras drogas. Entre as acusações contra Branca: a de haver falsificado a última vontade de Jackson, que deixou toda a sua fortuna para seus três filhos, sua mãe, de 84 anos, e obras de caridade. A mãe do cantor recebe 2,8 milhões de reais por ano, e os filhos cerca de 18,2 milhões de reais

Quando faleceu, Jackson acumulava uma dívida de quase 1,12 bilhão de reais, que agora se converteu em um lucro de 3,34 bilhões de reais. Os ganhos procedem principalmente de dois espetáculos do Cirque du Soleil inspirados em sua figura, do documentário rodado enquanto preparava a sua última turnê, ‘This is it’, e das vendas extraordinárias —mais de 50 milhões de cópias— de seus álbuns. Além disso,  há o sucesso de ‘Xscape’, o CD póstumo com novas músicas lançado em maio deste ano pela Sony, a mesma gravadora com a qual a estrela rompeu relações no começo do século, e com a qual seus representantes fizeram as pazes após sua morte. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um + vinte =

2 Comentários

Avatar
felisberto 7 de agosto de 2014 - 13:27

Quantos irmãos tens?

Responder
Avatar
Antonio f reis 24 de junho de 2014 - 02:25

Ele vai ficar na memoria com certeza ,ele foi tudo de bom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder