80 anos depois, jóias de Chanel ainda inspiram

Por Maya Santana

A griffe lançou nova coleção para celebrar os 80 anos da primeira

Coco Chanel começou uma verdadeira revolução com suas joias, em 1932, ao apresentá-las pela primeira vez na forma de uma exposição, a Bijoux de Diamants, causando euforia entre as mulheres da high society parisiense – até então, a estilista exibia suas criações cobertas por diamantes compondo os looks das modelos de seus desfiles privé. Passados 80 anos, a grife celebra este marco com uma nova coleção de joias, batizada de 1932 Collection.

Chanel em 1932 e os convites para a 1.ª exposição de suas jóias

Diamantes, safiras rosas, pérolas entre outras preciosidades compõem as 80 novas peças-desejo, inspiradas nos icônicos modelos do século passado, com formatos de estrelas, laços e cascatas. Como a estilista adorava mudar a forma como usava as joias (ocasionalmente, colocava um colar em seu cabelo ou um broche no ombro), as novas peças ganham detalhes versáteis: a estrela diamante do maxicolar, por exemplo, pode ser removida e usada como broche. Para apresentar uma prévia da coleção 1932, a maison construiu uma cúpula gigante no exterior do Museu de Arte Moderna de Nova York, que abrigará algumas das joias durante uma semana (entre os dias 15 e 22.10). Fonte: Vogue


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

toninho reis 12 de outubro de 2012 - 13:39

Maya darling estou tentando comentar nas belas flores do japao e nao esta funcionando > porque sera??? bjs de uma olhada………

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais