fbpx

A ciência já reconhece os poderes que a reza tem

Por Maya Santana

Médico:  "A oração, às vezes, é um santo remédio".

Médico: “A oração, às vezes, é um santo remédio”.

“Vocês são cristãos?”, perguntou o geriatra nissei, ao terminar de examinar meu velho pai, internado às pressas num hospital paulista devido a uma séria crise neurológica motivada pela sua idade muito avançada. Resposta afirmativa, o médico não hesitou: “Eu sou budista, mas sei rezar o Pai Nosso. Vocês gostariam de rezar comigo?” Lembro-me que eu e minha irmã nos olhamos um tanto atônitos, mas, sem muito pensar, dissemos sim com a cabeça. O médico segurou nossas mãos, fechou os olhos e foi em frente: “Pai Nosso, que estais no céu, santificado seja o Vosso nome, seja feita a Vossa vontade…” Quando terminou, nosso pai, que momentos antes se agitava em dores, ressonava tranquilamente. O médico sorriu e foi definitivo: “A oração, às vezes, é um santo remédio”.

Meu pai já faleceu, e muitos anos se passaram desde que esse episódio aconteceu. Mas ele permanece fresco na minha memória. Foi uma das provas que tive de que, em certos momentos difíceis, a oração às vezes funciona igual, ou melhor, que um remédio.

Aquele geriatra nissei, por sinal, não é o único que sabe disso. Além dos remédios e da cirurgia, muitas pessoas acreditam que rezar e meditar podem influir positivamente na luta contra as enfermidades. Será que isso tem um fundo de verdade? Fiz a pergunta a outro profissional médico, o saudoso doutor Sérgio Mortari, que foi cirurgião plástico e médico holista em São Paulo, e o comentário que ele fez surpreendeu.

A oração e a meditação  elevam sensivelmente os limites de resistência à dor

A reza e a meditação elevam sensivelmente os limites de resistência à dor

Disse que, atualmente, alguns dos defensores dessas ideias não são apenas sacerdotes, magos ou charlatões, mas sim médicos que pesquisaram os efeitos benéficos de invocações a Deus – não importando em qual das formas o Absoluto seja apresentado nas diferentes religiões. Tais invocações, que podem ser na forma de orações, leituras do Evangelho, modalidades de meditação oriental, etc., influem efetivamente nos parâmetros biológicos do corpo, tais como o ritmo cardíaco, a pressão sanguínea, as secreções hormonais, o estado de humor, os limites de resistência à dor e ao stress. Dias depois, Dr. Sergio mandou-me fotocópias de estudos que tratavam do tema.

Alguns desses estudos foram desenvolvidos em universidades de prestígio, e os resultados parecem não deixar margem a dúvidas. Pierluigi Zucchi, diretor do Instituto para a Terapia da Dor, da Universidade de Florença, Itália, é um dos que estão convencidos de que a oração e a meditação não apenas elevam sensivelmente os limites de resistência à dor, mas também incrementam a eficácia dos tratamentos com remédios. Uma das experiências de Pierluigi Zucchi consistiu em proporcionar sessões de leitura e meditação sobre trechos do Evangelho de São João a grupos de enfermos, desconhecendo-se as convicções religiosas de cada um deles. O estudo revelou, já de início, que o limite de resistência à dor entre os que tinham fé era muito mais elevado. Provavelmente, observou Zucchi, graças à prece e à meditação, nosso cérebro aumenta a produção de algumas substâncias analgésicas, chamadas endorfinas. Leia mais em brasil247.com.br.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

5 + 2 =

1 Comentários

Avatar
Toninho Reis 14 de junho de 2013 - 13:44

Eu guardo na memoria uma cena muito linda e triste,foi quando minha vo morreu, eu tinha 12 anos de idade, ela estava hospitalizada com asma, eu sempre acompanhava minha mae nas visitas ,quando na ultima visita minha vo tentava falar algo com minha mae e nao conseguia, minha mae se ajoelhou a beira da cama, e rezou,e eu olhando , assim que ela terminou a oracao minha vo deu o ultimo suspiro,foi muito emocionanate.Outro caso foi com a mae do meu parceiro, que teve um derrame celebral, e ja estava no hospital vegetando, entao uma amiga minha espirita me disse vai la e segura na mao dela e conversa com ela e faca uma oracao, assim eu fiz, e fui para casa depois de uma hora o medico ligou e me disse que ela tinha falecido, eu acredito em meditacao e horacao,mas para isto temos que ter fe so isto……. bjs

Responder