A mais famosa artista performática está vindo a SP

Por Maya Santana
Marina Abramovic, 68 anos

Marina Abramovic, 68, exporá seus trabalhos e vai estar presente

Maya Santana

A abertura da exposição será na próxima terça-feira, dia 10, no Sesc Pompéia, em São Paulo. Mas há muito que se fala desta mostra dos trabalhos de Marina Abramovic, apontada como a mais importante artista performática destes nossos tempos. “Terra Comunal – Marina Abramović + MAI” é a maior retrospectiva já realizada na América do Sul da artista sérvia. E para tornar o acontecimento ainda mais importante, a própria Marina estará presente e participará de oito encontros com o público.

Para quem não se lembra da artista, ela é aquela que durante uma retrospectiva de seus trabalhos no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) ficava sentada silenciosamente de frente para uma cadeira, ocupada por visitantes do museu, convidados a ficar durante um minuto fitando os olhos da artista. Tudo transcorria dentro do roteiro, até que se sentou à frente da artista o ex-companheiro, Ulay, com quem ela havia mantido um intenso caso de amor na juventude. A separação dos dois, por iniciativa de Ulay, havia sido dolorosa para Marina.

Veja o reencontro. É emocionante:

Leia outros detalhes da exposição que será aberta em São Paulo na semana que vem neste artigo do site wwf.com.br:

Em “Terra Comunal – Marina Abramović” serão apresentadas instalações desenvolvidas a partir de performances célebres de Marina Abramović na última década. “The House with the Ocean View” (“A Casa com Vista para o Mar”) foi exibida em Nova York, em 2002, quando a artista viveu em uma galeria por 12 dias sobre uma plataforma segmentada em três partes, a quase dois metros do chão. Três escadas de degraus feitos com facas afiadas eram somente o que separavam a artista do público. Marina permaneceu sem comida, leitura e em silêncio durante toda a exposição e os visitantes observavam cada um de seus movimentos.

Marina e Ulay, o velho amor que conseguiu emocioná-la

Marina e Ulay, o velho amor que conseguiu emocioná-la

Para “Terra Comunal”, a artista desenvolveu uma apresentação inédita desta obra. A instalação traz uma gravação em que Abramović narra suas ações durante a performance original. O público é convidado a ouvir sua voz e imaginar como tudo aconteceu. “The Artist is Present” (“A Artista está Presente”) foi uma performance realizada como parte de uma retrospectiva da artista no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) em 2010. Durante o período de funcionamento do museu, entre 13 de março e 31 de maio (736 horas), Marina ficou sentada em uma cadeira, em silêncio. Ela convidou os visitantes a se sentarem em uma cadeira, na sua frente, e manter contato visual, pelo tempo que quisessem. No Sesc, a obra será apresentada como uma videoinstalação. A terceira instalação é composta pelo inédito vídeo documental de “512 Hours” (“512 Horas”), baseado na performance realizada em Londres, no ano passado, em que ela interagia diretamente com o público, por meio de exercícios simples que ela mesma desenvolveuClique aqui para ler mais.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais