fbpx

A melhor forma de valorizar a beleza da mulher mais velha

Por Maya Santana
A melhor forma de valorizá-la é buscando a naturalidade

A melhor forma de valorizá-la é buscando a naturalidade

Mulheres gostam de se sentir sempre bonitas e bem consigo mesmas. Conforme o tempo passa, a idade chega, mas a vaidade continua. Na terceira idade, os cuidados devem ser redobrados e especiais, mas sempre visando o bem estar de cada uma.

O estilista do salão Jacques Janine, Thony Rodrigues, acredita que a melhor forma de valorizar a beleza da mulher mais velha é buscando a naturalidade. “Estar de acordo com o estilo de vida que ela tem, buscando sempre harmonizar o corte ideal com seus traços através do visagismo”, completa.

Corte e coloração

Fernando Fernandes, outro hairstylist com quem conversamos, afirma que o corte a favor do rejuvenescimento é o comprimento de médio a curto, repicado e desfiado. “O grande desejo é um cabelo prático e jovem e os médios e curtos são os mais pedidos, mas lembrando que sempre com linhas modernas e desconectadas”, explica.

Mas não se preocupe! Para quem não quer abrir mão dos fios longos, a dica de Fernando é investir em uma linha de corte adequada. “Deve ser criada uma linha, com o repicado adequado, desfiar e trabalhar pontas e comprimento de franja de acordo com cada mulher”, completa.

Para Thony, os cortes práticos, com movimento e que minimizam as marcas do tempo são os mais indicados. “Em rostos de formato redondo ou oval o ideal é usar cortes de linhas retas, como o chanel e long bob; nos rostos quadrados, cortes com movimento, como os desfiados e avolumados caem muito bem.”

Já na hora de decidir a coloração, deve se levar em conta aspectos como a quantidade de fios grisalhos e o tom de pele. “Deve ser feita uma avaliação para escolher qual é a melhor técnica a ser utilizada para coloração e o tipo de produto que irá ser utilizado“, diz Fernando.

Segundo Thony, existem tecnologias avançadas que cobrem melhor os fios grisalhos. “Sem amônia e à base de óleo mineral que faz a cobertura 100% dos brancos”, explica.

Cuidados essenciais

Com o avançar da idade, os fios começam a sofrer uma mudança de estrutura causada pela deficiência de vitaminas A e C, ferro, zinco e queratina, deixando-os fracos e finos. “Por isso, é necessário o uso de vitaminas via oral (consultar uma dermatologia), repositores de carga de queratina e xampus repositores de perda da matéria”, aconselha Thony.

Além disso, Fernando acredita ser essencial a realização de tratamentos capilares com frequência e ele indica fazê-los tanto no salão, quanto em casa. “O tratamento para casa deve ser montado pelo profissional, analisando o tipo de cabelo, necessidades do fio de acordo com os danos sofridos e desejo do cliente.”

Este artigo de Juliana Bernardinele foi publicado originalmente no site
taiffmag.com.br

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





6 Comentários

Mari Oliveira 3 de setembro de 2016 - 14:50

Necessitamos de indicação de profissionais, por região. Por exemplo, em Campinas/SP quem seriam os indicados.

Responder
Elza Maria da Silva 3 de setembro de 2015 - 22:25

Isso deve custar uma fortuna… tantas análises, tantos profissionais e consultas. .. só para algumas… rsrs

Responder
Marlene Teixeira Rossetti 3 de setembro de 2015 - 20:11

Vou completar 60 anos e não tenho medo de envelhecer ,mas sim de ficar velha.

Responder
Grace 3 de setembro de 2015 - 17:02

Gosto muito das especialíssimas postagens desse site
onde nos ensina como enfrentar os sinais do tempo e
massageia nosso ego com comentários e matérias que
levantam nossa auto-estima.
Obrigado!
Abraço afetuoso
Grace

Responder
vanda m a Castellar 3 de setembro de 2015 - 16:41

Parabéns pelo artigo

Responder
Celia 3 de setembro de 2015 - 15:48

Difícil é encontrar profissionais com essa competência.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais