fbpx

A moda agora é vestir-se com mais naturalidade

Por Maya Santana

 Jennifer Aninston, Candice Swanepoel, Gwyneth Paltrow e Carolina Ferraz

Jennifer Aninston, Candice Swanepoel, Gwyneth Paltrow e Carolina Ferraz

“Normcore” é uma tendência da moda caracterizada pelo estilo despretensioso, pelo vestir sem ostentação. É trajar roupas consideradas “normais”, sem se preocupar com marcas famosas. O termo em inglês é uma combinação das palavras “normal” com “hardcore”. Foi cunhado pelo K-Hole, grupo de moda que antecipa tendências e ganhou as ruas.

Leia o artigo publicado pelo Uol:

Uma pessoa comum, conhecida por sua falta de preocupação com a moda e a maneira normal de se vestir, pode nem saber, mas está por dentro de uma das últimas tendências: o estilo “normcore”. O termo surgiu nas ruas de São Francisco, nos Estados Unidos, para identificar não apenas uma forma casual de se vestir, mas, também, uma atitude autêntica de viver a vida, sem se preocupar com tendências nem com marcas famosas. “É a combinação das palavras ‘normal’ e ‘hardcore’, para se referir a um estilo em que as pessoas não querem se destacar na multidão por terem roupas extravagantes, diferentes e um visual superproduzido”, explica a consultora de moda Paty Montagn.

Mais exemplos do vestir de acordo com a normas do "normcore"

Mais exemplos do vestir de acordo com a normas do “normcore”

A conduta de neutralizar a aparência de uma forma “cult” é uma reação ao consumismo frenético que o mercado fashion impõe. “O ‘normcore’ se manifestou no mundo da moda, quando o coletivo percebeu que é possível se vestir com conforto e de um jeito sustentável, sem precisar de muito para estar charmoso”, completa Virgínia Nigro, estilista e consultora de moda.

Esse estilo surge para quebrar um padrão, já que, com o surgimento de tantas tribos ao longo dos anos, criou-se a necessidade de todos estarem inseridos em um determinado grupo. “Como protesto a essa necessidade de inclusão surgiu o ‘normcore’, em que conforto e praticidade estão em primeiro lugar”, acrescenta a consulta de moda Camy Filgueiras.

Sendo assim, esse grupo se expressa sem ser obrigado a ter roupas para afirmar a sua posição na sociedade. “Acredito que a tendência tem mais a ver com atitude do que com a roupa em si. Tem a ver com a conduta com a qual o indivíduo encara a vida e o dinheiro. É o tipo de pessoa versátil, que consegue se encaixar e se adaptar em circunstâncias diversas. É um estilo unissex, de quem se veste com camisetas básicas e lisas, moletons, calças jeans e peças ‘oversized’, normalmente sem ostentar marcas ou logotipo”, acrescenta o stylist e produtor de moda Eduardo Iscaro. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

quinze − 2 =

1 Comentários

Avatar
Lynn 20 de setembro de 2014 - 09:23

Adoro esse estilo despojado.

Responder