fbpx

A musa de cabelos brancos

Por Maya Santana

A francesa Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI

A francesa Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI

Ivan Martins

Minha primeira impressão foi que ela se parecia com Christine Lagarde, a francesa que dirige o Fundo Monetário Internacional. Mas enquanto a economista famosa do Fundo é alta e magra, a mulher à minha frente, na sala de espera do ortopedista, era bem brasileira – pernas grossas, quadris largos – exceto pelos cabelos brancos, na altura do pescoço. Todo mundo sabe que não há brasileiras de cos brancos. Não antes dos 70 anos, quando a idade se torna indisfarçável. Mas esta mulher parecia ter menos de 50, era atraente e se movia como alguém muito segura de si. Puxei conversa e falei dos cabelos brancos. Ela riu, vaidosa, e contou que era uma novidade. Disse que as amigas criticaram, algumas pessoas estranhavam, mas ela estava feliz – ela, o marido e os quatro filhos.

Essa história parece de alguma forma tocante? A mim parece. Desde que eu tenho 20 anos, as mulheres à minha volta nadam num mar de tintura. Quando uma delas se rebela e reinventa a própria beleza, na contramão da Wellaton, eu aplaudo. Como jornalista, viajando, me acostumei a ver na Europa mulheres bonitas de cabelos brancos. Bem vestidas, bem tratadas, parecendo muito bem amadas, e de cabelos brancos. Aqui, não. De jeito algum. Como fio branco é anti-higiênico, para esconder meia dúzia deles as mulheres começam a pintar a cabeça inteira desde os 30 anos, senão aos 20 e poucos. Assim se vão, muito antes da hora, o brilho, a textura e a cor natural inimitável dos cabelos. Para quê?

Leia também:
A militante acidental pelos direitos das grisalhas

Outro dia fiz esta pergunta a uma jovem amiga que anunciou que iria virar ruiva. Ela é castanha, dona de um cabelo muito bonito. Por que a tinta? “Chega uma hora que a mulher sente uma vontade incontrolável de mudar, de se ver diferente”, ela explicou. “Daí corta ou pinta os cabelos.” Sendo homem, essas explicações me parecem emocionalmente incompreensíveis. Não há em mim o desejo irrefreável de mudar de aparência. E se ele, por acaso, aparecesse, eu rasparia a barba ou faria um corte de cabelo (moderado) no salão da esquina. A vida psíquica e social dos homens parece mais simples.

Mas eu não acho que a questão se resuma a uma diferença de gênero: em Vênus se pinta o cabelo, em Marte (quase) não. Há também uma questão temporal, que diz respeito à auto-imagem e à idade das pessoas envolvidas. Leia mais em www.epoca.com.br

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

10 − cinco =

14 Comentários

Avatar
Alexandrina Martins 20 de agosto de 2018 - 18:52

Tenho 58 anos pinto o cabelo desfe os 32 anos. Há três meses atrás deixei de pintar e estou a gostar. No trabalho as colegas não gostam e dizem que parecemos mais velhas mas não penso assim
Tenho duas amigas que deixaram de pintar o cabelo e estão lindas. Só precisamos de ser persistentes e coragem os cabelos grisalhos são bonitos.

Responder
Avatar
Beth 28 de março de 2016 - 19:55

Com 60 anos resolvi assumir os cabelos brancos. Foram meses de dúvida e incertezas. Amigos, filhos e parentes ficavam perguntando se estava certa na decisão. Fui em frente. Hoje, aos 66anos todos elogiam. Num salão de beleza uma jovem quis saber qual coloração uso. Fiquei feliz, é um retorno bom da minha decisão.

Responder
Avatar
Flora 27 de março de 2016 - 20:38

Apôs quimioterapia cresceram bem mais brancos.. Pintei, mas agora decidi deixar .. Amei meu visual

Responder
Avatar
vanda 15 de dezembro de 2015 - 10:22

tenho 52, depois de um hipertireoidismo fiquei com os cabelos totalmente branco, pintei por 8 anos agora decidi deixa-lo branco, não me arrependo, pratico muito, facil de tratar, estou feliz assim….

Responder
Avatar
umbelina 14 de dezembro de 2015 - 17:12

adoro meus cabelos branco.

Responder
Avatar
Helena 1 de abril de 2015 - 08:25

Olá !!
Há dois anos atrás resolvi parar de pintar.
Dei adeus a Wellaton,e assumi meus cabelos grisalhos,e muitas pessoas perguntam se vou deixar o cabelo assim,um tanto surpresas .
Adorei !!
Tenho um rosto ainda jovem,uso o cabelo curtissimo,uma boca colorida e faço a festa.
Não me preocupo nem um pouco com que acham ou deixam de achar,pois sempre fui muito segura em relação ao que quero e,quem tem que gostar sou eu.
Sou jovial na maneira de vestiar,e vejo um rosto no espelho leve,com um cabelo com seu antigo caimento e brilho.
Muitas acham que é sinal de velhice,pra mim sinal de velhice,tá na alma.
Beijos

Responder
Avatar
Marisa 23 de maio de 2017 - 22:09

Parabéns! eu deixei de pintar faz 4 meses cortei bem curtinho,a maioria das pessoas nao gostam,mais eu estou adorando.
Amo meus cabelos sou livre! das tintas.

Responder
Avatar
marly cardoso 11 de março de 2015 - 11:18

Tbém decidi deixar meus cabelos ficarem brancos,minha mae com 72 anos tem so alguns fios, ela pede para min filha deixa,vou fazer a vontade dela,já començando c louro clarrissimo azincentado,após algunas luzes cinzas ficou lindo.e ainda em contra partida tenho os olhos verdes,espero q quando chegar a ficar brancos, ficam lindos…sou muito vaidosa rsrsrsrsr.mando fotos.beijão

Responder
Avatar
Maria Pires 10 de março de 2015 - 10:25

Eu acho lindo uma pessoa de cabelo branco fica charmosa.elegante.eu tenho 53 anos.pinto.gostaria de deixar.branco.

Responder
Avatar
Daisy Angelica Ribeiro de Souza 10 de março de 2015 - 10:19

Eu tenho os meus cabelos brancos desdos meus 11 anos.Eu tambem nunca pintei ,sempre achei que se pintase uma vez seria escrava da pintura.Amo muito meus cabelos brancos.Só acho que deveria ter um shampo que tirasse o amarelado .Ai eu uso de vez enquado um shampo cinza.

Responder
Avatar
Emília Santos 1 de agosto de 2014 - 16:05

Em 2006 foi a ultima de algumas tentativas de deixar o cabelo branco. Algumas pessoas foram contra. Como a juventude está na mente e no coração não mudei de idéia dessa vez. Muitas pessoas na rua ainda estranham a minha coragem ( sim, precisa ser muito mulher para tal ato). Como cheguei aos 60 continuo feliz com o branco do cabelo.

Responder
Avatar
ana maria 24 de setembro de 2012 - 02:29

Maria, vc precisa fazer como a modelo. Parece q ela está com a cabeça branca, mas não está. O cabelo dela é escuro com muitas mechas brancas, repare. É um truque maravilhoso.
Pessoalmente não gosto de cabelo branco, deixam o rosto abatido, na maioria das vezes. Mas gosto muito como a modelo fez, rejuvenesceu naturalmente.

Responder
Avatar
Maria J. de Faria 24 de setembro de 2012 - 00:59

Já tentei tres vezes parar de pintar os cabelos. Em uma delas até consegui ficar com a cabeça toda branca, aos 50 anos, cursando pós-graduação na UnB. Todos os professores me chamavam de sra. Os colegas, idem. Nas outras duas tentativas, fui vencida pela crítica severa de amigos e da minha cabeleireira. Juro que vou tentar mais uma vez!

Responder
Avatar
Maria Inês soares 16 de dezembro de 2015 - 21:46

Realmente precisa determinação e perseverança! No meu caso, foi até polêmica na minha cidade, por ser bastante conhecida, mas, tomei a decisão, fui em frente, e atualmente sou elogiada por todos, inclusive por
quem era contra.

Responder