fbpx

Açafrão, ou cúrcuma, ajuda a combater depressão

Por Maya Santana

A planta na forma de raiz e em pó é chamada de "tempero medicinal"

A planta na forma de raiz e em pó é chamada de “tempero medicinal”

Maya Santana

Resultado de um estudo realizado pela USP e divulgado há pouco comprovou o que outros estudos já haviam descoberto: a cúrcuma ou açafrão da terra tem propriedades antidepressivas e antioxidantes. No ano passado, Pesquisadores indianos realizaram um estudo comparando os efeitos da cúrcuma e do Prozac (fluoxetina). Constataram que o açafrão é tão eficaz quanto o Prozac no tratamento do chamado transtorno depressivo maior.

Já havia lido em várias publicações sobre estes benefícios desta planta de origem asiática, muito usada também como tempero, mas não havia pensado em publicar aqui nada sobre o assunto até que fui tomar o café da manhã com uma amiga querida, em São Paulo, e ela me confessou: Há anos, tanto ela, 58, quanto a filha, na faixa dos 20 anos, tomam cúrcuma todos os dias. Ora ela adiciona uma colher de café do pó da planta na vitamina de frutas, ora um pedacinho da raiz, que pode ser encontrada em feiras e mercados.

Segundo relato dela, a ingestão diária melhorou bastante a vida das duas, em termos de saúde. Ficaram, inclusive, mais bem dispostas. Sei que nada é bom para 100% das pessoas, porque cada organismo tem suas particularidades. Mesmo assim, aceitei quando minha amiga me deu um pequeno vidro com o pó cor de terra e alguns pedaços da raiz de cúrcuma. Decidi experimentar, porque, pelo que leio, além dos benefícios que já mencionei, a planta tem inúmeros outros poderes. Um site chega a dizer cúrcuma é “anti-tudo que é ruim”.

E enumera as propriedades medicinais da planta: potente antiinflamatório, ação analgésica, antibacteriana, antialérgica e antiespasmódica, “por isso é usado como alimento medicinal para todas idades, tanto para tratar dores crônicas quanto resfriados, seja em crianças, adultos ou idosos.” Nas minhas pesquisas para saber mais sobre a cúrcuma, encontrei este artigo que vale a pena ler sobre os resultados do estudo que mencionei no início, feito pela USP. Clique aqui para ler.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

majuri Luz 30 de março de 2016 - 12:08

Faço o uso do açafrão já algum tempo. Ele é tudo de bom, pode usar em sucos, e tb como temperos.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais