fbpx

Ácido hialurônico recomendado contra rugas

Por Maya Santana

Preenchimento com o ácido tem sido muito  procurado nos consultórios

Preenchimento com o ácido tem sido muito procurado nos consultórios

Para quem pensa que o ácido hialurônico é apenas um bom ativo hidratante, presente nas fórmulas dos cosméticos, vai aqui uma boa notícia. Essa substância é amplamente utilizada nos consultórios médicos para tratamento de rugas, vincos e perda de volume facial. Em outras palavras: o ácido hialurônico (AH) é o ativo da vez na dermatologia, contra os sinais de envelhecimento. Na verdade, trata-se de uma substância produzida pelo organismo humano, que tem uma enorme capacidade de reter a água nas células cutâneas, garantindo hidratação e por consequência o viço e beleza da pele.

Porém, com o tempo a produção de AH diminui, comprometendo a hidratação dos tecidos e a sustentação da cútis. “O ácido hialurônico sintético é idêntico ao produzido pelo nosso corpo. Na pele essa substância traz sustentação para as células e atrai água, garantindo a hidratação. Além disso, estimula a proliferação de células e de colágeno, o que, na prática, favorece o rejuvenescimento. Tanto é que as peles jovens têm mais ácido hialurônico do que as mais velhas”, explica a dermatologista Roberta Vasconcelos, pesquisadora do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

O AH é usado injetável com o objetivo de promover um preenchimento embaixo das rugas e vincos e nas áreas com perda de volume, sintomas que desaparecem imediatamente após o procedimento já que a substância vai ocupar o volume de colágeno e gordura perdidos.

A aplicação é feita no consultório (com uma anestesia local ou anestésico tópico aplicados previamente) por meio de agulhas bem finas ou cânulas, que levam a substância até a área a ser preenchida. “O resultado aparece na hora, mas logo após a aplicação pode ocorrer um inchaço no local que desaparece entre 24 e 48 horas depois”, explica a dermatologista Patrícia Rittes, de São Paulo. O resultado pode durar de seis meses a dois anos, vai depender do tipo de ruga que foi tratada, da qualidade do ácido hialurônico utilizado e do organismo de cada um. Em tempo: o AH é uma substância naturalmente absorvida pelo corpo, não sendo necessária sua retirada.

O médico especializado em medicina estética, Paulo Kogake, de São Paulo, afirma que esse tipo de preenchimento é muito seguro. “O plano de aplicação deve ser definido no exame local pelo médico, bem como o tipo de preenchimento e a região a ser tratada, pois existem diferentes composições e formulações disponíveis no mercado, o que influencia no resultado desejado. Por exemplo, em sulcos mais profundos usamos material mais denso; já nos lábios, material menos denso, para garantir naturalidade”, conclui o especialista. Continua em http://zip.net/bjjp5z

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um × 1 =

1 Comentários

Avatar
ana maria 12 de fevereiro de 2013 - 12:08

Recomendo. Conheço muita gente – homens e mulheress – que fizeram rejuvenescimento com o ácido. O resultado é muito bom e natural. Com relação ás rugas de expressão entre os olhos, Botox é excelente. Já usei e recomendo tb.

Responder