Algumas dicas para ter dinheiro depois da aposentadoria

Por Maya Santana
A autora do livro dá conselhos importantes para que a gente aprenda a se planejar melhor e possa enfrentar a etapa da aposentadoria com as armas da educação financeira

A autora do livro dá conselhos importantes para que a gente aprenda a se planejar melhor e possa enfrentar a etapa da aposentadoria com as armas da educação financeira

Guardadas as devidas proporções entre a realidade norte-americana e a brasileira, é sempre útil refletir sobre o momento da aposentadoria e as implicações desse novo ciclo de vida. É importante lembrar que, ao contrário dos Estados Unidos, os investimentos em bolsa de valores não representam uma alternativa importante de poupança no Brasil. Lá, é muito comum que as pessoas montem carteiras de ações para se preparar para a fase em que não estarão mais na ativa. Aqui, esse comportamento pode ser considerado uma exceção, até pela dimensão muito mais acanhada do nosso mercado de capitais. De qualquer maneira, a autora do livro dá conselhos importantes para que a gente aprenda a se planejar melhor e possa enfrentar a etapa da aposentadoria com as armas da educação financeira.

Leia o artigo de Raquel Salgado, da Época Negócios:

Seja no Brasil, nos Estados Unidos ou na maior parte dos países do mundo, aposentadoria é sempre um tema delicado e que tira o sono de muita gente. Todos sabemos o quão é importante ter uma reserva de dinheiro para quando não formos mais trabalhar. Mas se planejar para o futuro e fazer sacrifícios no presente é algo bem complicado e que exige muita disciplina.

A autora de livros de finanças, Jane Bryant Quinn acaba de lançar um novo livro dedicado ao planejamento da aposentadoria. A seguir, algumas dicas do livro de Jane: How to Make Your Money Last: The Indispensable Retirement Guide. Na tradução livre, Como Fazer Seu Dinheiro Durar: O Guia Indispensável para a Aposentadoria.

O guia para se aposentar mais traquilamente

O guia com dicas para se aposentar bem

Quanto mais simples a carteira, mais fácil será a sua gestão. Isso é fundamental durante a aposentadoria, quando a maior parte das pessoas já trabalhou muito e não quer ter que gastar tanto tempo com seus investimentos. Se você investe em ativos muito diferentes, como várias ações de empresas, títulos do tesouro, fica mais complicado decidir o que vender e quando. Se você tem se dinheiro alocado em fundos de investimento ou em ativos mais genéricos, fica mais simples vender, comprar e manter o equilíbrio do portfólio.

Como a maior parte das pessoas vai viver 30 anos ou mais, depois da aposentadoria faz todo sentido aplicar no plano de previdência mesmo às vésperas da aposentadoria. Muita gente pensa: já tenho idade para me aposentar, por que vou colocar o dinheiro num plano de previdência? Você deve colocar porque o dinheiro ainda vai render por mais 30, 35 anos. Você não irá sacá-lo completamente assim que se aposenta. Aplique o dinheiro e deixe render.

Leia também:
Dilma defende elevar idade mínima para aposentadoria

Antes da aposentadoria, você deve já ter claro um orçamento de gastos anuais. O ideal é que seu rendimento equivalha ao seu rendimento. Mas, nem sempre isso acontece. Então, se suas despesas são maiores do que os ganhos, é preciso ter um colchão. A recomendação da autora é ter uma reserva equivalente a dois anos de gastos. Se for preciso consumi-la, logo que a situação se estabilizar você deve voltar a guardar dinheiro para aumentar a reserva.

Escolha a melhor hora Se for possível, não se aposente antes de ter juntado a quantidade de dinheiro que você julga necessária para essa nova fase da sua vida. Muita gente que se aposenta diz que queria ter guardado mais dinheiro. Então, em vez de se aposentar, trabalhe por mais algum tempo e aumente suas economias.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais