fbpx

Alimentos excelentes para melhorar a sua vida amorosa

Por Maya Santana

Há muitos afrodisíacos naturais que as pessoas desconhecem

Há muitos afrodisíacos naturais que as pessoas desconhecem

Apesar de sabermos que alguns alimentos possuem propriedades afrodisíacas e estimulantes, poucas pessoas fazem uso desses benefícios. Ao incorporar os alimentos adequados à sua dieta, você poderá aumentar sua atividade cerebral e aumentar a produção de hormônios que contribuirão para melhorar a sua vida sexual.

Esses alimentos ajudam a reduzir os níveis de estresse, melhoram a circulação sanguínea e proporcionam efeitos psicoativos naturais. Por isso, antes de recorrer a soluções químicas e pílulas milagrosas, experimente acrescentar esses itens à sua dieta e desfrute dos seus excelentes benefícios.

Chocolate

O chocolate, conhecido como o rei dos alimentos afrodisíacos, é um produto com grandes quantidades de estimulantes e outras substâncias químicas associadas às funções sexuais, que liberam dopamina nos centros de prazer. Outra razão para comer chocolate é o triptofano, um aminoácido essencial que se encontra na maioria dos productos à base de cacau e produz efeito relaxante no corpo.

Aspargos
No século 17, muitos médicos como o Dr. Nicholas Culpepper, sabiam que este vegetal tinha um efeito estimulante no apetite sexual do homem e da mulher. O aspargo é excelente fonte de potássio, fibras, vitaminas A, B6 e C, e ácido fólico. Acredita-se que este último ajuda na produção de histamina, uma substância química utilizada por ambos os sexos no momento do orgasmo.

Maçãs
Devido ao fato de conter polifenois e antioxidantes que estimulam a circulação sanguínea, muitas pessoas recomendam a maçã como alimento afrodisíaco. Cientistas asseguram que essa fruta contém um composto similar ao hormônio feminino chamado estradiol, que exerce papel importante na estimulação da libido feminina.

Amêndoas
Conforme poetas e escritores clássicos, o simples aroma das amêndoas já é capaz de estimular o desejo feminino. De acordo com a ciência moderna, essas oleaginosas contêm grande quantidade de vitamina E, magnésio e fibras que, apesar de não terem impacto direto na vida sexual, contribuem para com a saúde e bem-estar geral, algo fundamental quando se trata desse assunto. (Fonte:tudoporemail.com.br).Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um × quatro =