Alternativas para os longos períodos de idosos em hospitais

Por Maya Santana
Os idosos no Brasil já correspondem a 17% da população

Os idosos no Brasil já correspondem a 17% da população

Andre Lorenzetti

O Brasil já possui quase 24 milhões de pessoas com mais de 60 anos de idade, o que representa 17% da população. Essa proporção tende a aumentar com ganhos na longevidade e quedas na taxa de natalidade.

A internação hospitalar é realidade de dois a cada cinco idosos todos os anos, um risco duas vezes maior do que as pessoas na faixa dos 40 anos. E para piorar, pessoas mais velhas tendem a permanecer mais tempo hospitalizadas – em média 7 dias para os pacientes entre 60 e 74 anos, chegando à média de 16 dias seguidos para pessoas a partir dos 90 anos de idade.

Sete de cada dez internações de idosos têm como causa apenas cinco doenças: doenças do aparelho circulatório com 24,5%, seguido por doenças do aparelho respiratório (14,9%), doenças do aparelho digestivo (10,5%), neoplasias (10,4%) e pneumonias (8,6%).

Quanto maior a faixa etária, maior o risco de internações e mais longo costuma ser o período recluso em um hospital. Isso ocorre pela fragilidade natural do organismo, a presença de doenças crônicas e falta de prevenção por meio de hábitos saudáveis e cuidados médicos periódicos.

Alternativa aos hospitais
Existem alternativas interessantes à permanência de idosos em hospitais por tempo elevado. Talvez o mais conhecido ainda seja o home care, no qual é montada uma estrutura própria na residência do paciente. Isso o mantém próximo à família e dentro de seu lar, porém pode alcançar altos custos financeiros e coloca nas mãos dos familiares algumas responsabilidades e preocupações extras.

Uma alternativa intermediária é o hospital de longa permanência ou hospital de retaguarda. “Os bons hospitais de retaguarda oferecem estrutura médica completa, porém com menor risco de infecções e um ambiente bastante acolhedor que aproxima o paciente da família, da natureza e de outras pessoas”, explica Dra Daniela. A médica afirma que a recuperação é mais fácil e menos traumática, podendo até ser mais rápida.

A ala de longa permanência do SBA Residencial é especializada no tratamento de doentes crônicos, reabilitação, pós-cirúrgico ou momentos especiais de saúde. “Não temos especialização em nenhuma patologia específica, pois a situação crítica já foi atendida no hospital. Quando o paciente chega para nós, nosso objetivo é garantir conforto, qualidade de vida e rápida recuperação. Para isso, temos muito carinho e personalização no atendimento”, explica Dra Daniela.

Thomaz Polisaitis, gerente geral da SBA, diz que os custos são consideravelmente inferiores aos de um hospital geral. “Como não é necessário uma série de ambientes e equipamentos, temos um custo reduzido. O foco de atuação é na atenção médica, de enfermagem e reabilitação, com facilidades para a presença dos familiares e convívio entre os pacientes.”

O local conta ainda com a sinergia da estrutura e profissionais da ala residencial, explica. “Já tínhamos um residencial para pessoas independentes e também com alguma limitação, o que exigia uma boa estrutura médica e multidisciplinar. Investir em um hospital de retaguarda foi um caminho natural e razoavelmente simples para nós.”

Sobre o SBA Residencial
Fundado em 1925 com o nome de Lar Recanto Feliz, o SBA Residencial é a residência de mais de 200 idosos de diversas nacionalidades, histórias e condições de saúde. Sua estrutura inclui casas, apartamentos e hospital de longa permanência em uma área arborizada com mais de 27 mil m² na capital paulista.

É uma opção para quem quer aproveitar o tempo e a disposição que a terceira idade pode oferecer, com mais liberdade e qualidade de vida. Também é alternativa para quem apresenta independência e autonomia limitadas e precisa de cuidados especiais, sem abrir mão de um ambiente alegre e agradável.

SBA Residencial – Rua Dr. Franklin Piza, 107 – Butantã – São Paulo / SP.
www.sbaresidencial.org.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





4 Comentários

Adriano 29 de dezembro de 2018 - 01:44

Sao paulo zp 11970805578

Responder
Adriano 29 de dezembro de 2018 - 01:37

Oi linda te espero

Responder
Grassi Fátima Dutra 28 de dezembro de 2018 - 13:47

Boa tarde gostaria de algumas informações, poderia entrar em contato. Att. Grassi.

Responder
Adriano 29 de dezembro de 2018 - 01:45

Sao paulo zp 11970805578

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais