fbpx

Aos 100 anos, ela bate recorde mundial de natação

Por Maya Santana

Inacreditáve, mas Mieko Gagaoka  começou a nadar aos 80 anos

“Eu tenho 100 anos e sou a nadadora mais ativa do mundo”

Sabe o que eu acho mais fantástico na façanha dessa japonesa centenária? É que ela começou a nadar aos 80 anos, como terapia para um problema que tinha no joelho. Sua determinação contou muito. Hoje, é uma atleta premiada. E exemplo para nós todos.

Leia o artigo do portal Uai:

Mieko Nagaoka, uma japonesa que acaba de completar 100 anos, conseguiu concluir uma prova de 1.500 metros nado livre em piscina curta, uma façanha que nenhuma pessoa com esta idade havia conseguido. Competidora na categoria de 100 a 104 anos, Nagaoka completou a prova em 1 hora, 15 minutos e 54 segundos, no sábado (4/04), em Ehime, oeste do país. Ela recebeu o apoio do público durante toda a prova.

Como comparação, o recorde da prova pertence à americana Katie Ledecky, de apenas 18 anos, 82 a menos que Nagaoka, com o tempo de 15 minutos, 28 segundos e 36 centésimos.

A anciã espera agora que o Guinness World Records homologue sua proeza, mas não pensa em parar com a natação. “Quero nadar até os 105 anos se conseguir viver tudo isto”, disse à agência Kyodo.

Nagaoka só começou a nadar aos 80 anos, como parte da fisioterapia para um joelho. Ela tomou gosto pelo esporte e não parou de colecionar marcas expressivas. Aos 99 anos completou os 1.500 metros em uma piscina olímpica e no ano passado publicou um livro sobre suas proezas esportivas, com o título.

Em setembro do ano passado o Japão tinha quase 59.000 pessoas com mais de 100 anos registradas, 87% mulheres, segundo o ministério da Saúde.

Um deles é Hidekichi Miyazaki, de 104 anos, que ostenta o recorde mundial dos 100 metros rasos na categoria acima de 100 anos com o tempo de 29,83 segundos, o que lhe valeu o apelido de “Golden Bolt”, em referência ao astro do atletismo Usain Bolt.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

quatro × quatro =

1 Comentários

Avatar
Antonio f reis 6 de abril de 2015 - 21:25

Esses japoneses são de +++

Responder