O adeus a Dona Canô, símbolo de longevidade

Por Maya Santana

A matriarca dos Veloso morreu na manhã desta terça-feira

Com uma diferença de apenas 20 dias, o Brasil perdeu seus dois maiores símbolos de longevidade: o arquiteto carioca Oscar Niemeyer, que nos deixou no último dia 5, aos 104 anos de idade e, agora, Dona Canô. A matriarca dos Veloso morreu na manhã desta terça-feira, na sua amada Santo Amaro da Purificação, na Bahia, pouco mais de três meses depois de completar 105 anos, no dia 16 de setembro. Quis o destino que a mais reverenciada centenária do país se fosse no dia de Natal. Leia o artigo publicado pelo portal G1:

“Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, morreu aos 105 anos, nesta terça-feira (25), em sua casa, localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, afirmou o filho Rodrigo Veloso ao G1 às 9h20 (10h20 no horário de Brasília). Dona Canô passou a noite de Natal em casa, com os filhos.

A idosa esteve internada por seis dias, recebendo alta do Hospital São Rafael, em Salvador, na sexta-feira (21). Ela tinha sofrido um ataque isquêmico cerebral, que gera redução do fluxo de sangue nas artérias do cérebro, segundo informou o boletim médico.

Com os filhos músicos, Caetano Veloso e Maria Bethânia

De acordo com informações de Edson Nascimento, amigo da família, Dona Canô pediu um vestido novo e branco para deixar o hospital. Foi com ele que ela foi vestida para a casa, acompanhada da filha Mabel. Maria Bethânia acompanhou a transferência da mãe em outro carro.

A matriarca teve oito filhos, entre eles os cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia. Em outubro de 2011, Dona Canô perdeu a filha adotiva Eunice Veloso, aos 83 anos, que morreu com insuficiência respiratória. O filho famoso, o compositor Caetano, completou 70 anos em agosto deste ano. Em dezembro, a matriarca da família assistiu ao show da nova turnê da filha Maria Bethânia, no Teatro Castro Alves.

No dia 16 de setembro de 2012, Dona Canô completou 105 anos e, como tradicionalmente fazia, reuniu amigos e a família em missa e comemoração em casa, na cidade de Santo Amaro. Estiveram na festa os filhos Caetano Veloso e Maria Bethânia e a amiga Regina Casé. Quem celebrou a missa foi o padre Reginaldo Manzotti. Continua em www.oglobo.com.br

Veja Caetano, Dona Canô e Maria Bethânia cantando Oração da Mãe Menininha:


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





2 Comentários

ANTERO DUARTE 26 de dezembro de 2012 - 12:21

Comovente…D. Canô resumiu tudo, …comovente.
Ide em paz, Dona Canô.

Responder
toninho reis 26 de dezembro de 2012 - 00:24

Meus sentimentos a familia e ao nosso querido e amigo, Rodrigo Veloso.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais