fbpx

Após 48 anos de trabalho, Alice Maria se aposenta

Por Maya Santana

Alice Maria ao lado de Daniel Filho

A ex-diretora de jornalismo ao lado de Daniel Filho

Assim como viveu esse tempo todo – ela já passou dos 70 anos -, Alice Maria, pioneira no telejornalismo brasileiro, deixa o trabalho, ao qual se dedicou por quase meio século, de maneira discreta. Quando eu ainda cursava a Faculdade de Comunicação, há muito ela já estava ativa, trabalhando na Globo. O tempo passou como uma flecha. Esta manhã, me surpreendi quando li a nota sobre sua aposentadoria.

Leia:

Uma das pioneiras do telejornalismo nacional, Alice-Maria decidiu se aposentar, após 48 anos de dedicação à profissão. A informação foi divulgada em comunicado, nesta segunda-feira, assinado pelo o diretor-geral da Globo, Carlos Henrique Schroder, e pelo diretor-geral de Jornalismo e Esporte, Ali Kamel.

Alice-Maria começou a trabalhar na Globo em 1966 e participou da criação do “Jornal Nacional”. Ela foi também a primeira mulher a ocupar um cargo de direção no jornalismo da emissora.

Segue a íntegra do comunicado:

“Depois de 48 anos de dedicação plena ao jornalismo de televisão, nossa companheira Alice-Maria decidiu se aposentar.

A história de Alice se confunde com a própria história do telejornalismo brasileiro. Ela chegou à TV Globo em 1966, um ano após a inauguração da emissora, como estagiária. Ao lado de Armando Nogueira, esteve à frente do jornalismo da Globo por 20 anos, ajudando a criar o padrão de telejornalismo brasileiro, com excelência na forma e no conteúdo. Ao longo desses anos, Alice-Maria desempenhou todas as funções do jornalismo na emissora, tendo sido a primeira mulher a ocupar um cargo de direção na Central Globo de Jornalismo.

Em 1969, Alice-Maria participou diretamente da criação do Jornal Nacional, o primeiro programa brasileiro exibido em rede nacional. Em 1973, assumiu a função de diretora de telejornais da Globo. Tornou-se responsável não só pelas notícias veiculadas, como pelos perfis editoriais dos programas e pela preparação dos repórteres de vídeo. Com isso, formou a primeira geração de talentos de vídeo do telejornalismo brasileiro, alguns dos quais no ar ainda hoje.

Incansável na busca da qualidade, Alice esteve atenta a todas as inovações tecnológicas ao longo desses anos e de todas as mudanças de formato que elas trouxeram ao nosso jornalismo. Com a precisão do conteúdo jornalístico, sempre teve exigência máxima. E, com esses parâmetros, liderou a cobertura de todos os momentos importantes da vida do Brasil e do Mundo até 1990, quando deixou a emissora por alguns anos. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

cinco × 5 =