fbpx

Após os 50, é preciso saber tudo da herpes-zóster ou ‘cobreiro’

Por Maya Santana

Quase todo adulto do país corre risco de desenvolver  doença, conhecida como cobreiro

Quase todo adulto do país corre risco de desenvolver herpes-zóster

Todos nós que já passamos dos 50 temos que ler esta reportagem de Valéria Mendes para o Estado Minas. Ela fala de uma doença que a gente conhece como “cobreiro”, mas tem um nome científico mais pomposo: herpes-zóster. E pode surgir em qualquer parte do corpo, inclusive na língua, depois dos 50 anos. A doença provoca dores insuportáveis, pode comprometer a visão e a audição. É um horror.

Leia a reportagem:

A doença é popularmente conhecida como cobreiro. O que pouco se fala a respeito do herpes-zóster (HZ) – nome científico da enfermidade – é sobre as graves consequências que vão desde uma dor incapacitante que pode perdurar por meses e necessita de medicamentos fortes como a morfina para ser aliviada até o comprometimento da visão e da perda de audição. A incidência também é alta. “Ao longo da vida, um terço da população irá desenvolver herpes-zóster”, afirma a médica Marilene Lucinda. Isso por que 90% dos adultos brasileiros são soropositivos para o varicela-zóster (VVZ), que é o mesmo vírus que causa a catapora.

Dra. Marilene: um terço da população terá doença

Dra. Marilene: 1/3 da população terá

“No Brasil, o contato com o vírus ocorre no início da infância. Um estudo que incluiu crianças e adolescentes de 1 a 15 anos nas escolas públicas no estado de São Paulo observou alta proporção de soropositivos na faixa etária de 1 a 3 anos de idade, ascendendo até os 10 anos e mantendo-se estável em cerca de 90% a partir dessa idade”, reforça a especialista.

A conclusão é simples: quase todos os adultos do país estão sob o risco de desenvolver a doença. E é a partir dos 50 anos que aumentam as chances de evolução, complicações, hospitalizações e óbitos em função do HZ, já que é nesta fase da vida que o sistema imunológico começa a envelhecer e há uma queda na proteção do organismo, que fica mais exposto a doenças.

Para pessoas menores de 30 anos, a vacina não é indicada. Para quem tem entre 30 e 50, é necessária uma prescrição médica. “Temos um único estudo que avalia o resultado da vacina entre pessoas de 30 a 50 anos que já tiveram herpes-zóster e foram imunizadas. Os resultados foram satisfatórios tanto em relação à eficácia quanto à segurança”, explica Marilene. Como a vacina existe há pouco tempo (oito anos), o que os estudos têm sinalizado, segundo a especialista, é que a proteção é prolongada. Ou seja, não precisa de reforço.

Leia também:
Dráuzio Varella: Após os 50, vacine-se contra o herpes=zóster

Marilene Lucinda diz que eficácia da vacina é de 70% tanto para casos novos quanto para os de reincidência. “O desenvolvimento da doença não contém o risco de novo contágio”, explica a médica. Além disso, segundo ela, a vacinação diminui as brechas para as consequências graves e também para a dor, um dos principais sintomas da doença que incapacita o paciente para qualquer atividade. “Estudos clínicos da vacina incluíram mais de 60 mil indivíduos. Em geral, ela foi bem tolerada, sendo a maioria dos eventos adversos limitados a reações no local da injeção”, esclarece. A especialista diz ainda que o percentual de eficácia da vacina é considerado bom pela medicina. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

cinco × dois =

60 Comentários

Avatar
Janio 23 de julho de 2018 - 18:31

Conheço uma senhora de 80 anos, que passou 90 dias internada com essa doença. Ela tomou garrafadas (remédios caseiros) e teve bom resultado.
As bolhinhas secaram.

Responder
Avatar
Wanneida 22 de julho de 2018 - 13:48

Tenho 40 anos e devido a uma doença autoimune no fígado, minha imunidade é baixa, estouro boca e nariz toda vez que vou a praia ou está muito frio, ou passo por uma situação estressante. A última vez estourei na nuca e acometeu meu braço esquerdo até o punho… A dor é insuportável, não conseguia se quer levantar o braço, mas como já sei q tenho HZ fica fácil detectar as crises. Adorei a reportagem e vou tomar a vacina sim. Obrigada!

Responder
Avatar
Nerly 18 de julho de 2018 - 20:39

Tive HZ há 2 meses, na Costa e debaixo do seio. Estava debilitada fiquei de licença médica. Usei pergamanato no banho e mts vitaminas principalmente a B que devo tomar pra sempre

Responder
Avatar
Luciana Silveira Peixoto 17 de julho de 2018 - 11:09

Tive HZ a um ano no lado esquerdo do rosto. Atingiu meu olho e cabeça. As dores são terríveis e até hoje incomoda minha cabeça. O meu médico disse que se minha imunidade baixar posso ter uma reincidência.
Isso é verdade.?

Responder
Avatar
Luiz Henrique Laranjeira da Silva 11 de dezembro de 2017 - 10:08

Bom dia,
Como pega essa doença?

Responder
Avatar
Silvia 11 de dezembro de 2017 - 21:49

Se vc teve catapora o vírus está em vc e num momento de baixa imunidade ele desenvolve

Responder
Avatar
Tatiana Aps Zamlung 11 de dezembro de 2017 - 08:52

Tenho 57 anos, tive catapora aos 21 anos e agora, dada a baixa imunidade, contei o herpes zoster. Fui hospitalizada e isto foi fundamental para controlar a dor. Fico impressionada com a falta de informação sobre a doença (confesso que não conhecia) e a existência da vacina. Parabéns pelo artigo!

Responder
Avatar
Marcia 11 de dezembro de 2017 - 01:37

Tive herpes zoster no nervo ciatico dor insuportável, fiz o tratamento logo e segui a risca os horários dos remédios, Não fiquei com sequelas. Mas tenho q tomar vitamina B por toda vida

Responder
Avatar
Aninha Mendes 11 de dezembro de 2017 - 01:11

Tive catapora qdo criança. De uns anos pra cá sempre surge a Herpes Zoster no bumbum. Pequenas bolhas em um único local, mas pequenininho. Tenho 53 anos. Vou procurar informações com o médico sobre eu me vacinar. Grata pela manhã!

Responder
Avatar
Silvia 11 de dezembro de 2017 - 21:47

A sua é herpes simples!

Responder
Avatar
Andrea 10 de dezembro de 2017 - 23:52

Tive HZ com 25 anos.Fiz na época a vacina que estava em fase experimental e foi um sucesso.Nunca mais voltou.A minha foi acompanhando o nervo abaixo do coração até as costas.Uma dor insuportável. Hoje eu lembro que minha mãe disse vc está com cabreiro e é a lagartixa que passou em vc. Daí fui ao medico pois a dor é de enlouquecer. Me lembro que ele riu e disse que então tinha que chamar lagarticheiro e não cabreiro. Kkkkk.Me disse a respeito dessa vacina que na época estava em experiência. Fui aceita pelo infectologista que desenvolveu a vacina para fazer parte do grupo e graças a deus a vacina cumpriu em meu organisso a resposta.

Responder
Avatar
Nilva Moraes Ferreira 10 de dezembro de 2017 - 23:36

Tive herpes zoster com 58 anos. De início, achei que fosse dor na coluna. Doía muito. Meu filho é médico, mas não mora na minha cidade, então, liguei pra ele, ele me disse pra tirar uma foto do local, tirei, ele disse que era herpes, tomei um medicamento, mas demorou a sarar. Mas é muito dolorido, e em mim tinha poucos sinais.

Responder
Avatar
Tainá 13 de novembro de 2017 - 19:09

Tenho 30 anos e tive a HZ faz 2 meses. Fui ao dermatologista e o mesmo me explicou que foi em decorrência da minha imunidade estar baixa e porque eu já tive a catapora na infância, então, onde o vírus ficou alojado no meu corpo na infância é que apareceu a HZ.
O tratamento com os medicamentos passados pelo médico foram essenciais para que as feridas nas costas secassem.

Responder
Avatar
Malu 9 de novembro de 2017 - 22:50

Tive HZ aos 45 anos, no ramo inferior do trigêmeo. Parecia que os dentes inferiores do lado direito estavam abertos…dir no ouvido e aftas na língua e gengiva. Segundo a infectologista foi causado por stress. Iniciei o tratamento no segundo dia do início dos sintomas. Conhecer a doença foi determinante para um diagnóstico rápido. Minha mãe teve HZ após uma cirurgia. Nenhum dos dois médicos descobriu o que eu tinha. Tomar todos os analgésicos nos horários certos evitou a dor remanescente.O uso de Thioctacid ajudou na recomposição da bainha de mielina, evitando a sensação de choque e formigamento.

Responder
Avatar
Luiz Carlos Marquesi 9 de novembro de 2017 - 20:05

Meu caso, tive no nervo ótico do olho esquerdo com muita dor, inchaço e calor no local.
O tratamento inicial foi uma dose cavalar de herpesine e em seguida tenho tomado diariamente doses de zinco e biotina para tentar reduzir as sequelas ocorridas no nervo ótico.
Gostaria de saber se existe chance de recuperar a minha visão ?

Responder
Avatar
Monica brasileiro 4 de novembro de 2017 - 10:19

Já me falaram que pessoas que tiveram catapora podem ter pois o vírus da catapora se aloja no seu corpo e pode desencadear depois de anos é verdade ?

Responder
Avatar
Maria 31 de outubro de 2017 - 20:06

Eu tive essa doença nas costelas do lado direito….meu Deus ter essa dor é o inferno em vida, isso foi em dezembro de 2014, o pior Natal de minha vida, meu corpo inchou tanto que não podia pisar no chão, tive derrame pleural devido a essa doença e até hoje ainda sinto dores ao espirrar e faço fisioterapia para controlar a neurite intercostal que se instalou…parece que minhas costelas vão arrebentar no inverno…tomo muitas vitaminas para imunidade….

Responder
Avatar
Maria Rodrigues 31 de outubro de 2017 - 12:36

Tive a tal heroes zoester na testa, lado direito, afetou meu olho testa e parte da cabeça couro cabeludo É como tive dores muito fortes, principalmente no olho, fui ao ocultista que me disse ser a tal herpes, tomei os medicamentos, e tive alguma melhora, mas a queimação ja faz 1ano e o meses, fui ao o fecyolivista e revomenfou-me a vacina, fiquei na dúvida e aí da m tomei, já usei amitripilina mas nada de melhoras. A no há esperança é ficar bem, vou tomar a vacina. Obrigada. Uma bia matéria, poucos conhecem a hz

Responder
Avatar
Eloá Cardoso 29 de julho de 2017 - 23:33

HZ é uma infecção virótica que atinge uma ramificação nervosa em corpos imunológica mente debilitados. Por isso, pode surgir em qualquer parte do corpo. É uma dor muito forte, seguida do surgimento de bolhas na pele em toda a extensão da ramificação. Dependendo da intensidade, pode deixar sequelas para toda a vida.

Responder
Avatar
Victória Ramos 16 de abril de 2017 - 15:34

Olá, de repente apareceu nas minhas costas uma região pequena um pouco inchada, como se tivesse sido arranhada, não dei muita bola, porém começaram a coçar e ficaram um pouco semelhantes a espinhas, mas com um pequeno furinho no centro de cada uma e até passou para outras pequenas regiões. Acontece que não doi como citado na informaçã, apenas coça e se espalhou (acredito que por coçar), pode ser conteúdo mesmo assim?

Responder
Avatar
Victória Ramos 16 de abril de 2017 - 15:35

Pode ser cobreiro mesmo assim?*

Responder
Avatar
Marli F Tiago 14 de janeiro de 2017 - 08:45

Tive herper no braço quando era criança. Hoje com meus 69 só tenho herpes nós lábios. Devo tomar a vacina?

Responder
Avatar
Ana 9 de novembro de 2017 - 20:40

Acho que tiveste apenas Herpes, não .Herpes Zoster. São duas doenças diferentes

Responder
Avatar
Tainá 13 de novembro de 2017 - 19:10

A herpes labial é diferente da zósper. A labial é menos agressiva mas ambas precisam de medicamentos.

Responder
Avatar
Silvia 11 de dezembro de 2017 - 21:51

A sua é herpes simples e pra essa não tem vacina.

Responder
Avatar
Sandra 31 de agosto de 2016 - 01:58

Eu tive cobreiro quando era pequena uns 3 anos na barriga, pensei que isso era porque vivia numa fazenda e tivesse contato com algum inceto que me causo alergia, lembro que minha mae me curou com uma pasta feita de enxofre, tenho 57 anos, e nao me lembro de ter aparecido isso outra vez, e nem tive sequelas, minha pergunta é:Estamos falando da mesma cousa? Era um grosseirao que ardia e cossava ao mesmo tempo.

Responder
Avatar
JOSE MARTINS 13 de julho de 2016 - 19:33

Qual é a relação do medicamento ciprofibrato com a HZ?
Meu pai. 78 anos estava tomando e desenvolveu esta Herpes.
Pouco depois precisei do ciprofibrato e tbm desenvolvi a Herps. Na época eu tinha 56 anos.
Em visita a um amigo em Campinas meu concunhado estava tomando o ciprofibrato e me mostrou as lesões que estava desenvolvendo nas costas, logo desconfiei da Herpes. Procurado o médico confirmou e tratou com aciclovir.

Responder
Avatar
Conceição 9 de novembro de 2017 - 22:10

Eu faço uso de ciprofibrato há vários meses para colesterol e triglicérides e não sinto nada, agora fiquei foi com medo! Realmente tem alguma ligação?????

Responder
Avatar
Cleube barros 11 de dezembro de 2017 - 21:19

Meu marido teve quando tinha 15 anos. Mas segundo ele sua mãe passou Andreia e queimou mas ficou umas marcas na pele. Será que não volta?
E qual é o exame para preveni e onde faço?

Responder
Avatar
Nely mota santana 13 de julho de 2016 - 17:47

Tenho 63 anos , Tive HZ aos 47 anos, a região afeta foi a face, ouvido e olho esquerdo, foi grave, pois fiquei com paralisia facial, fiz 200 fisioterapias com choque, recuperei com muita dificuldade e dores os movimento, pois afetou os nervos trigemeos ,perdi as sombracelhas, o olfato na narina esquerda, visão do esquerdo comprometida e audição no ouvido esquerdo, já passaram bastante tempo mas ficaram as sequelas, ñ suporto ar condicionado, ventilador ou os cabelos molhados pois sinto câimbras fortíssimas no local só aliviando com bolsas de água quente tambm tenho coceiras no couro cabeludo e esquecimentos continuo, como consigo a vacina, moro no interior da Bahia.

Responder
Avatar
Maria de Lourdes soares 12 de dezembro de 2017 - 16:20

Eu tive Herpes Zoster ha 2anos e quase morri

Responder
Avatar
Lucia Cristina Lessa 16 de julho de 2018 - 15:23

Em 2018 a vacina custa 500 reais dose única e disponível em clínicas particulares

Responder
Avatar
Vaneide Luzia Valero 11 de julho de 2016 - 20:58

Tive Herpes na face, fui até pra UTI

Responder
Avatar
Dirce Viêira 10 de julho de 2016 - 00:16

Olá, sou positiva p/ herpes zoster, só que o meu foi genital, quando tinha 21anos, grávida, descobri o que era ter herpes, sofri com a ardência em região tão delicada, p/ urinar usava o chuveirinho p/ aliviar na hora da defecção… abortei… aos 31 anos engravidei novamente, fui informada pela médica que se fosse parto normal correria o risco de meu filho nascer cego já que no momento do parto poderia estourar o herpes… fiz cesária…Agora c/ 55 anos tenho crises só que localizada nas nádegas, manchas escuras nas duas, elas vem coçam, embolham e secam, bem tranquilo dentro do que foi na primeira vez, espero que continue assim, visto o que li nos comentários…

Responder
Avatar
Katia de Oliveira Torres 6 de novembro de 2017 - 02:04

Dirce Vieira, o herpes genital (simplex) é uma DST e é diferente do herpes zoster, embora ambas tenham origem no mesmo vírus (mesmo que o da catapora).

Responder
Avatar
Ohse marcia 9 de julho de 2016 - 17:59

Eu ja tive varias vezes des de menina e a unica coisa que centi foi coceiras no local minha tia sempre passou a caneta em volta e estourava as bolhinhas com algodao e se nao me engano era iodo um liquido roxo ja perdi as contas de quantas vezes peguei e sempre foi nas costas nem sabia que era tao ruim assim deu ate medo !??

Responder
Avatar
Sueli S B A 5 de junho de 2016 - 11:54

Tive herpes-zóster no couro cabeludo, testa e nariz. Coçava muito, mas não tive dores. Fiquei com uma lesão na córnea, mas que não prejudicou a visão.

Responder
Avatar
Teles 10 de janeiro de 2016 - 08:26

Tive Herpes Zoster ano passado,aos 26 anos de idade,hoje tenho 27,corro o risco de ter novamente?Posso tomar a vacina?

Responder
Avatar
João Batista 6 de dezembro de 2018 - 09:17

Oi Teles…estou com sua idade e estou sofrendo muito com essas dores…vc pode me dar algumas dicas pra melhorar essas dores..como vc conseguiu suportalas? me ajuda por favor. Esse é meu número se alguém puder me ajudar serei muito grato …estou sofrendo muito.021982582838

Responder
Avatar
stella amaral 8 de janeiro de 2016 - 19:23

Tive herpes zóster aos 18 anos. O local atingido foi o tórax, na altura das costelas e costas. Embora bastante dolorida e incômoda, não me causou grande sofrimento nem me privou de viver minha rotina normalmente. Estou com 84 anos e nunca mais reapareceu. Minha tia teve HZ já bem idosa, embora sendo uma pessoa bem disposta, saudável e trabalhadora, sofreu enormemente, dores atrozes. A localização foi principalmente na testa, cabeça e região de do olho direito. Aparentemente não deixou maiores sequelas. Um outo parente, teve com setenta e poucos anos. Também a dele causou enorme sofrimento, muitas dores e outros incômodos. Localizou-se na região da testa e olho direito, atingindo inclusive o interior do olho e causando perda parcial da visão desse olho. Das experiências acima relatadas, parece que, após os 50, os casos de HZ são mais graves.

Responder
Avatar
Marta 8 de janeiro de 2016 - 16:48

Ok Ok Ok Ok. Mas ninguém fala onde tomar a vacina!!!!!!

Por favor, 50 e mais, informe!!!

Obrigada

Responder
Avatar
Maria Sofia Sila Alves 31 de outubro de 2017 - 19:00

Segundo, que saiba é na Fundação Fio Cruz no Rio de Janeiro.

Responder
Avatar
Sonia Regina Costa De Souza 26 de outubro de 2015 - 18:53

Sou cuidadora de idosos. A senhorinha que cuido à 4 anos teve herpes zorts ano passado. Teve que ser internada. Quero vacina-lá também. Gostaria de saber onde encontrar. Rio de Janeiro

Responder
Avatar
Ana Cris 26 de outubro de 2015 - 17:20

A vacina funciona mesmo com quem já teve?

Responder
Avatar
Solange 16 de agosto de 2015 - 16:10

Já tive herpes zoster há 4 anos. Tenho 52 anos. Ela pode voltar se eu não tomar a vacina?

Responder
Avatar
Ana Maria 27 de abril de 2015 - 19:24

Sei bem o que é isso. Tenho padecido e bem mais agora que a idade avança. Hj mesmo estou sentindo as dores que ela provoca.
Parabéns pela matéria.
Ana Maria

Responder
Avatar
Márcia 23 de abril de 2015 - 18:54

Olá! Tive herpes zoster aos 52 anos, foi horrível, doía, queimava, coçava, parecia está tomando um choque, nem sei bem definir a sensação. O pior foi a falta de informação, pois pensava se tratar de uma alergia ou mesmo micose. A minha foi na região das costelas, mas me doía das axilas até a lombar, tomei remédios fortíssimos para dor.

Responder
Avatar
João Batista 6 de dezembro de 2018 - 09:03

Oi bom dia, tenho 28 Ano e estou com essa Herpes Zoster a uma semana, não estou me aguentando de dor, a minha estar no peito a na costa, alguém me ajuda por favor… me indicar alguma coisa… ou se mesmo com os 28 anos eu posso tomar a vacina ?

Responder
Avatar
Regina Cosso 28 de janeiro de 2015 - 08:16

Muito bom, parabens!

Responder
Avatar
rubens indalecio junior 14 de janeiro de 2015 - 21:09

Dói muito. Após tratamento alopático “de choque” fui para um tratamento homeopático e acupuntura. Até hoje, 14/01/2015 (começou no dia 01/12/2012) ainda sinto alguma dor. Apesar do tratamento feito em tempo e dentro do protocolo médico, fiquei com uma neuropatia pós herpética. A explicação é a idade, estava para completar 61 anos quando tive o problema.
Eu, leigo que sou, mas que tive o problema aconselho:Tem mais que 50 anos? Teve Catapora na Infância? Tome a vacina!

Responder
Avatar
regina 13 de janeiro de 2015 - 20:13

Em que outros lugares mais, ele aparece??

Responder
Avatar
Elza Maria da silva 8 de maio de 2016 - 06:24

Também tive esse “cobreiro’ em 2015… na barriga… dores horríveis…

Responder
Avatar
João Batista 6 de dezembro de 2018 - 09:01

Oi bom dia, tenho 28 Ano e estou com essa Herpes Zoster a uma semana, não estou me aguentando de dor, a minha estar no peito a na costa, alguém me ajuda por favor… me indicar alguma coisa… ou se mesmo com os 28 anos eu posso tomar a vacina ?

Responder
Avatar
Lúcia M. S. Oliveira 29 de maio de 2014 - 01:02

Tive Hz há 4 meses na testa ,couro cabeludo,sobrancelha.Fiquei muito debilitada ainda tenho dormência na sobrancelha,muita coceira na cabeça,nuca e pescoço.Sempre fui muito ativa ,mas depois dessa tenho estado desanimada.Gostaria de saber onde posso tomar a vacina .Tenho 70 anos,sou hipertensa e diabética mas faço controle.

Responder
Avatar
Edvalda 29 de julho de 2017 - 18:23

Eu também tive na testa, couro cabeludo do lado esquerdo e na sobrancelha. Estou convivendo com a coceira há 7 meses, mas não me entrego. Como faço medicina ortomolecular, estou reforçando meu sistema imunológico. Parece que o boa notícia é que só se tem uma vez esta danada de herpes zoster.

Responder
Avatar
MariaLuiza Araujo 1 de outubro de 2017 - 00:29

É raro ter mais de uma vez, mas não é impossível. Já tive 2 vezes. A segunda foi menos intensa, ou como consegui identificar mais depressa e fui logo ao médico, iniciando a medicação no início foi mais fácil controlar. Recentemente tomei a vacina.
A dor do HHZ é realmente terrível !!!!

Responder
Avatar
Nerly 18 de julho de 2018 - 20:35

Segunda minha médica essa HZ pode voltar a qualquer momento deve-se tomar vitamina B tds os ias

Responder
Avatar
Laura 27 de maio de 2014 - 22:53

Tive herpes com 34 ano,s na região dos quadris….do umbigo até a coluna….fiquei 1 mês assim….no inverno….sofrendo dores fortíssimas 24 horas de cada dia….sentia uma espécie de choque violento no local toda vez que a campainha ou o telefone tocava. Foi uma fase super difícil…tive várias crises nervosas por sofrer tanta dor!!!!

Responder
Avatar
José goncalves 21 de julho de 2018 - 23:29

Estou saindo agora de uma herpes zoster adquirida ha45 dias. Provoca uma dor constante, dia e noite, quase insuportável. A minha pegou na axila esquerda e parte do peito.Quem tiver condição de vacinar, aconselho a faze- lo, pois incomodo e’ muito grande.

Responder
Avatar
ISABEL 6 de maio de 2014 - 11:55

INFORMAÇÃO MUITO IMPORTANTE, EU NÃO SABIA DA GRAVIDADE.

Responder