fbpx

Avó de 51 anos dá à luz netos e amamenta os gêmeos da filha

Por Maya Santana

Regina Gouveia, 51, amamenta um dos netos, enquanto o outro aguarda sua vez

Regina Gouveia, 51, amamenta um dos netos, enquanto o outro aguarda sua vez

Essa história fantástica da avó-mãe, ou mãe-avó, que emprestou sua barriga para gerar os filhos da filha, Raphael e Mariana, nascidos no mês de junho, foi publicada pelo Uol. A filha, Debora, 29 anos, nasceu sem o útero. A mãe, generosa como toda mãe costuma ser, ofereceu-se para gerar o que viria a ser gêmeos, para a alegria de todos. Agora, imagine a confusão de parentesco na família dos Gouveia.

Leia o artigo:

Quanto tinha apenas 15 anos Débora Gouveia, hoje com 29 anos, descobriu que havia nascido sem o útero. Ainda adolescente, não se importou com o fato de que jamais poderia gerar um bebê dentro de sua barriga. Sua mãe, no entanto, ficou preocupada e logo se prontificou em entender mais sobre a cessão de útero para ajudar a filha assim que ela despertasse a vontade de ser mãe.

“Ela desejou isso todos os dias em orações repetidas. Já eu era uma menina e, naquela época, não me importava em ser mãe”, comenta Débora.

A filha e o genro acariciam a barriga  de Regina, já quase no final da gravidez

A filha e o genro acariciam a barriga de Regina, já quase no final da gravidez

A mãe de Débora, a professora Regina Gouveia, 51, conta que ficou em choque ao saber que a filha não poderia ser mãe. “Chorei muito quando soube e comecei a pesquisar sobre barriga de aluguel. Estava decidida a ajudá-la a ser mãe. Cederia até a minha vida se preciso fosse”, diz Regina, que também é mãe de Juliana, 31.

A menina cresceu, se formou enfermeira, casou e depois de dois anos veio a vontade de aumentar a família. Apesar de ter nascido sem útero, Débora tem os ovários normais o que permitiu fazer a fertilização in vitro usando a barriga da mãe como uma espécie de ‘empréstimo’ para que seu bebê se desenvolvesse.

Débora conta que a mãe engravidou na segunda tentativa e que a felicidade se completou ao saber que estavam grávidos de um casal de gêmeos, os primeiros netos de Regina. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais