fbpx

Bancos aderem a programa de viagens para idosos

Por Maya Santana

Programa visa incentivar pessoas com mais de 60 a viajar

Programa visa facilitar viagens para pessoas com mais de 60 anos

Idosos, aposentados e pensionistas que queiram viajar pelo Brasil poderão contar com condições diferenciadas de crédito. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil anunciaram na semana passada sua adesão ao Viaja Mais Melhor Idade, uma iniciativa do Ministério do Turismo para estimular as viagens desse público, em especial na baixa estação.

O compromisso foi anunciado numa reunião em Brasília (DF) com autoridades do Ministério do Turismo e cerca de 20 representantes de algumas das principais empresas e associações do trade turístico.

O Viaja Mais Melhor Idade, que deverá ser lançado nas próximas semanas, visa concentrar ofertas de produtos e serviços turísticos com descontos e vantagens exclusivas para aposentados, pensionistas e maiores de 60 anos. É a segunda edição do programa criado pelo MTur para estimular o turismo doméstico no Brasil e aumentar a taxa de ocupação em aviões, ônibus e meios de hospedagem, ao facilitar o acesso ao turismo de uma parcela crescente da população brasileira. “Atualmente são mais de 20 milhões de pessoas acima de 60 anos. Elas detêm 20% do poder de compra atualmente, enquanto em 1990 detinham 5%”, afirmou Wilken Souto, coordenador geral de Segmentação do Ministério do Turismo.

O encontro  teve o objetivo de sensibilizar as empresas para o programa. Durante a reunião, o vice-presidente de produtos e marketing da CVC, Fábio Godinho, anunciou que a empresa pretende aderir ao Viaja Mais com cerca de 30 ofertas exclusivas. Representantes de associações de hotéis, resorts e cruzeiros marítimos demonstraram empolgação com a retomada do programa.

O BB e a Caixa apresentaram produtos que já possuem para idosos e para o turismo, assim como de crédito direto ao consumidor, e afirmaram, ao anunciar a adesão ao programa, que poderão melhorar as condições de financiamento para os idosos. “Temos muito a colaborar nesse segmento”, disse José Antônio Sousa, da Caixa.

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

15 − 11 =