fbpx

Barbara Walters, 83 anos, do começo ao fim

Por Maya Santana

 Ela é uma das figuras mais poderosas da TV americana

Ela é uma das figuras mais poderosas da TV americana

Lucas Mendes

83 anos. Alerta, passo firme, telegênica. Uma das mulheres mais afluentes e influentes da televisão americana, Barbara Walters vai sair do ar daqui a um ano. Ou quase.

Não fará mais programas semanais, entre eles seu View, que criou e foi modelo de Saia Justa e tantos outros. Nem terá participações regulares na ABC, mas vai continuar a dar as caras em projetos especiais.  “Quero ter mais tempo para cheirar as rosas”, foi uma das razões que levaram Barbara a tomar a decisão que começou a matutar quando fez 70 anos.

Nossas vidas, além de uma válvula aórtica suspeita, têm pontos comuns. Poucos. Quando a carreira dela deu uma guinada extraordinária e Barbara se tornou a primeira mulher a apresentar um jornal de rede eu levei a primeira bronca da minha carreira, que começava na rede Globo.

Minha editora-chefe, Alice Maria, mais tarde querida amiga, me mandou um fax cobrando o furo que eu tinha levado de outra amiga já querida, Sonia Nolasco, na época casada com Paulo Francis e correspondente de O Globo. Uma entrevista com Barbara Walters.

Sonia teria conseguido a entrevista que ninguém conseguia. Quando foi contratada pela rede ABC, por US$ 1 milhão por ano, então o salário mais alto do jornalismo americano, Barbara queria se livrar do estigma de celebridade entrevistadora de celebridades. Nada de entrevistas, badalações em colunas sociais e fotos em festas. A imprensa “séria” acusava a rede ABC, com a co-âncora Barbara, de tirar a seriedade dos jornais.

Sonia conseguiu permissão para ir ao set do estúdio acompanhar uma apresentação dos bastidores. Mandou a matéria, usou algumas citações de Barbara conversando com sua equipe e o jornal deu destaque à “entrevista” que a própria Sonia disse não ter acontecido. Leia mais em bbcbrasil.com.br 

.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

quatro × três =