fbpx

Bibi declama o bonito “Monólogo das Mãos”

Por Maya Santana
A artista nonagenária é sempre um show

A artista nonagenária é sempre um show

O “Monólogo das Mãos”,  do jornalista, roteirista  e escritor Giuseppe Ghiaroni, ganha força e brilho  na voz da admirável Bibi Ferreira: “O aperto de duas mãos pode ser a mais sincera confissão de amor, o melhor pacto de amizade ou um juramento de fidelidade. O noivo para casar-se pede a mão de sua amada; Jesus abençoava com as mãos; as mães protegem os filhos cobrindo-lhes com as mãos as cabeças inocentes”, diz um trecho do bonito poema, declamado por Bibi numa de suas idas ao Programa do Jô. Vale a pena ver mais esta memorável atuação da hoje nonagenária artista. Se ainda não viu, veja:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

18 − dezessete =

2 Comentários

Avatar
lisa santana 15 de março de 2014 - 19:41

É, Bibi é o máximo!

Responder
Avatar
Déa Januzzi 15 de março de 2014 - 14:38

Sublime essa mulher!!!!!

Responder