fbpx

Brasil perde o seu grande poeta Manoel de Barros

Por Maya Santana

Um dos maiores poetas brasileiros, ele vivia no Mato Grosso

Um dos maiores poetas brasileiros, ele tinha 97 anos e vivia no Mato Grosso do Sul

O Brasil fica muito, muito mais pobre com a morte, anunciada esta manhã, do nosso adorável poeta Manoel de Barros. Ele tinha 97 anos e estava internado em um hospital de Campos Grande, em Mato Grosso do Sul.

Leia o pequeno artigo publicado no site de O Globo:

O poeta Manoel de Barros morreu nesta quinta-feira (13), aos 97 anos, no Proncor de Campo Grande. Ele estava internado havia duas semanas e, durante esse período, passou por uma cirurgia no intestino. A informação foi confirmada pela família. O hospital ainda não divulgou as causas de morte.

Manoel Wenceslau Leite de Barros era advogado, fazendeiro e poeta. Nasceu em Cuiabá, no Beco da Marinha, às margens do rio Cuiabá, em 19 de dezembro de 1916. Filho de João Venceslau Barros, capataz na região, Manoel se mudou para Corumbá, no Pantanal sul-mato-grossense, onde passou a infância. Nos últimos anos, o poeta morou em Campo Grande e levou uma vida reclusa ao lado da esposa.

Ao longo dos 74 anos de carreira, Manoel de Barros teve 28 obras publicadas no Brasil, sendo a primeira delas em 1937 e a última em 2013, quando já tinha 97 anos. No exterior, foram três obras publicadas, em Portugal, França e Espanha.

Como forma de reconhecimento por seu trabalho e talento, Manoel recebeu 13 prêmios, entre eles o Prêmio Jabuti de Literatura por duas vezes, em 1989 e 2002. Em 2000, foi premiado pela Academia Brasileira de Letras.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

2 Comentários

Avatar
lisa santana 13 de novembro de 2014 - 20:38

Grande Manoel de Barros. Morreu mais um passarinho!

Responder
Avatar
Fernanda Oliveira 13 de novembro de 2014 - 11:02

Mato Grosso do Sul por favor!

Responder