Brasileiro cria “luz” que é copiada no mundo todo

Por Maya Santana
O inventor da luz que funciona sem que se gaste dinheiro

O inventor da luz que funciona sem que se gaste dinheiro

Há personagens que só viram celebridade nacional quando fazem sucesso no estrangeiro.  É o caso do mecânico mineiro Alfredo Moser: ele inventou um jeito de as pessoas terem luz em casa sem precisar gastar nada. Como a invenção está se espalhando pelo mundo (e sem direito a royalties), ajudando milhões de pessoas em comunidades pobres, ele foi comparado, nesta semana, pela BBC, a Thomas Edson. Leia a reportagem da BBC Brasil:

“Alfredo Moser poderia ser considerado um Thomas Edison dos dias de hoje, já que sua invenção também está iluminando o mundo.” Em 2002, o mecânico da cidade mineira de Uberaba, que fica a 475 km da capital Belo Horizonte, teve o seu próprio momento de ‘eureka’ quando encontrou a solução para iluminar a própria casa num dia de corte de energia.

O mecânico Moser é da cidade mineira de Uberlândia

O mecânico Moser é da cidade mineira de Uberlândia

Para isso, ele utilizou nada mais do que garrafas plásticas pet com água e uma pequena quantidade de cloro. Nos últimos dois anos, sua ideia já alcançou diversas partes do mundo e deve atingir a marca de 1 milhão de casas utilizando a ‘luz engarrafada’.

Mas afinal, como a invenção funciona? A reposta é simples: pela refração da luz do sol numa garrafa de dois litros cheia d’água.” Leia mais em bbcbrasil.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

FÁTIMA GUEDES 28 de maio de 2014 - 17:44

Um brasileiro brilhante digno de nossos aplausos, reverência.
Eis alguém para quem se deve tirar o chapéu.
GÊNIO.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais