fbpx

Calendário Pirelli troca mulheres sensuais por poderosas

Por Maya Santana
A jogadora de tênis Serena Williams está no calendário

A jogadora de tênis Serena Williams está no calendário

Nada mais moderno do que a atitude da Pirelli: trocou as sensuais mulheres que adornavam as páginas de seu famoso calendário por mulheres poderosas que estão fazendo diferença no mundo em que vivemos. Essa é uma guinada radical na filosofia emprestada ao calendário, publicado há 51 anos. Entre as novas imagens que ilustrarão cada um dos 12 meses estão as de Yoko Ono e Patti Smith. Elas aparecem vestidas, posando nos já clássicos fundos acinzentados de Annie Leibovitz, a lendária fotógrafa novaiorquina responsável pela versão modernizada do velho calendário Pirelli 2016. Uma mudança e tanto nesse meio século de existência.

Leia o artigo do El País:

Desde 1964, o ano de sua criação, o Calendário Pirelli tem sido sinônimo de fotografias de mulheres sensuais tomadas em lugares exóticos. Até este ano. A famosa fotógrafa Annie Leibovitz foi a encarregada de fazer as imagens desta edição, que dará uma virada completa no calendário. Nem lingerie nem poses atrevidas nem praias paradisíacas. O Calendário de 2016 levará a suas páginas mulheres influentes que estão revolucionando o mundo de hoje em todos os campos. Como Yoko Ono, Patti Smith, a tenista Serena Williams, a escritora Fran Lebowitz e a atriz e humorista, recém-ganhadora do Emmy, Amy Schumer.

Yoko Ono, 82, aparece completamente vestida no calendário  Pirelli 2016

Yoko Ono, 82, aparece completamente vestida no calendário Pirelli 2016

Aparecerão também a blogueira Tavi Gevinson, a filantropa Agnes Gund, a empresária Mellody Hobson e a artista visual iraniana Shirin Neshat. Natalia Vodianova será a única modelo. A diretora de Selma – Uma Luta pela Igualdade, Ava DuVernay, a produtora de Star Wars, Kathleen Kennedy, e a atriz chinesa Yao Chen serão os outros rostos do cinema.

“Comecei a pensar sobre os papeis que as mulheres de hoje desempenham, mulheres que alcançaram algo. Queria fazer um grupo clássico de retratos. Pensei que as mulheres deveriam aparecer fortes, mas naturais, e decidi fazer isso como um exercício muito simples de estúdio”, disse Leibovitz em um comunicado divulgado com a publicação das primeiras imagens atrás das câmeras. “Este calendário é completamente diferente. É um ponto de partida. A ideia era não ter nenhuma pretensão nestas fotos e ser muito direta”.

A lendária fotógrafa Annie Leibovitz, 66

A lendária fotógrafa Annie Leibovitz, 66

Nas fotos publicadas, algumas de suas protagonistas, como Yoko Ono e Patti Smith, aparecem completamente vestidas e posando nos já clássicos fundos acinzentados de Annie Leibovitz. A fotógrafa assinou também o Calendário Pirelli de 2000, completamente oposto ao deste ano, no qual aparecem modelos como Laetitia Casta e bailarinas, como Jilue Worden, em perspectivas artísticas e completamente nuas. Clique aqui para ler mais.

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Ana Lucia 10 de outubro de 2015 - 21:05

Olá♥♡♥Adorei esta página.Quantas dicas para nós com mais de 50 anos.Muito legal mesmo

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais