Chegando aos 65, a presidente está mais poderosa

Por Maya Santana

Segundo a revista Forbes, Dilma é a 18ª pessoa mais poderosa

A presidente Dilma Rousseff completa na próxima sexta-feira, dia 14, 65 anos de idade. Pela astrologia, será o fim do inferno astral que vem vivendo. No meio de uma avalanche de notícias ruins, especialmente na economia, a revista americana Forbes traz uma boa nova para a presidente brasileira.

Na edição em que dá a lista das pessoas que considera as mais poderosas do mundo, a revista afirma que Dilma subiu quatro posições e, agora, aparece no 18º lugar, à frente do chefe de governo da Itália, país que faz parte do G-7, o grupo das sete nações mais desenvolvidas do mundo.

Com Angela Merkel, chanceler alemã, segunda líder mais poderosa

O primeiro do ranking é o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, como no ano passado. Em 2010, no entanto, Obama aparecia em segundo, atrás do presidente da China, Hu Jintao. Em segundo lugar está a chanceler da Alemanha, Angela Markel, seguida pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, pelo empresário americano Bill Gates e pelo papa Bento 16. No ranking, de 71 pessoas, Dilma é a única brasileira.

Ao se referir a Dilma, o texto afirma que a ex-revolucionária dirige a 6ª economia do mundo e colocou “ênfase no fomento do empreendedorismo que inspirou uma nova geração de empresários”.

Para criar a lista, a Forbes diz que considerou centenas de candidatos de todo mundo. O poder deles foi medido em quatro dimensões: influência diante de multidões, recursos sob controle de cada pessoa, poder em diferentes esferas da vida e o uso efetivo que os candidatos fazem desses meios. Fontes: Estadão e Época.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais