fbpx

Consumir mirtilo todo dia ajuda a baixar a pressão

Por Maya Santana

A pequena fruta, está no topo do ranking em termos de antioxidantes

A pequena fruta tem fortes propriedades anticancerígenas

O mirtilo, conhecido lá fora como blueberry, ainda é uma fruta pouco conhecida no Brasil, embora já venha sendo cultivada no país, principalmente no Rio Grande do Sul. O fruto é pequenino e roxo. E possui fortes propriedades anticancerígenas.

Leia este ótimo artigo do Zero Hora:

No Brasil, uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Campinas apontou que 51,8% dos idosos sofrem de pressão alta, atualmente. Nos Estados Unidos, cerca de 80 milhões de pessoas também sofrem de hipertensão. As doenças cardiovasculares são as que mais matam nos dois países e em boa parte do mundo. Qualquer intervenção para reduzir, portanto, a pressão arterial tem sido considerado uma ação potencial para salvar vidas. Pesquisadores da Universidade Estadual da Flórida descobriram que o consumo diário de mirtilo resulta em reduções significativas da pressão arterial, tanto a sistólica quando a diastólica.

Leia também:
Sucos de mirtilo

Os antioxidantes dos mirtilos ajudam na prevenção do câncer e de doenças cardiovasculares

Os antioxidantes dos mirtilos ajudam na prevenção do câncer e de doenças cardiovasculares

O mirtilo é uma das frutas mais populares em todo o mundo. Engana-se quem pensa que é só fora do Brasil que ele é conhecido. O país está em fase de consolidação quanto a produção da fruta. Por aqui, o Rio Grande do Sul é o maior produtor. Lá fora, o mirtilo é o famoso blueberry. A pequena fruta, está no topo do ranking em termos de antioxidantes – substâncias anticancerígenas. Algumas pesquisas também aponta que o fruto atua na proteção das células nervosas no cérebro e podem até reverter déficits cognitivos relacionados à idade. Pesquisadores da Universidade de Paris perceberam que o mirtilo também é rico em antocianinas, que combatem os danos que o oxigênio e os raios ultravioletas causam à retina.

Quanto à hipertensão, as mulheres são as que mais sofrem com a doença em razão da menopausa. Como não há cura, apenas medicamentos que controlam o aumento da pressão, toda modificação no estilo de vida que faça a doença regredir é bem vinda. No estudo realizado na Flórida, 48 mulheres foram acompanhadas durante oito semanas. Os pesquisadores introduziram o mirtilo na dieta das mulheres de forma randômica. Quando um grupo que sofria de hipertensão consumia a fruta, outro não. Foi assim que os médicos perceberam que toda vez que o mirtilo estava presente na dieta, a pressão das entrevistadas era mantida sob controle. Eles utilizaram dois tipos de medida na pesquisa: uma colher de sopa de mirtilo em pó e uma xícara da fruta fresca. Os dois apresentaram os mesmos resultados positivos na vida das mulheres participantes do estudo. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Ritinha sem dores 26 de fevereiro de 2015 - 11:29

Que puxa… Ent

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais