fbpx

Depois de quase 40 anos, o lendário Abba anuncia um novo show e um novo disco

Por Maya Santana

A banda filmou suas apresentações com roupas especiais. Foto: Divulgação

Eu sou uma das milhões de pessoas no mundo que festejou a notícia da volta do Abba, uma banda que teve impacto enorme em gente da minha geração – tenho 70 anos – e em gerações mais jovens. Costumava me juntar aos amigos e passar horas e horas ouvindo, dançando e cantando as letras das músicas, que todos gravamos na memória. Recentemente, revi no Netflix o musical sobre o grupo Mama Mia (título de uma canção da banda), com Meryl Streep, Cher e outros atores e atrizes de um elenco milionário. O Abba, formado em Estocolmo, capital da Suécia, em 1972, por Agnetha Fältskog, Björn Ulvaeus, Benny Andersson, e Anni-Frid Lyngstad, é formado agora, claro, por senhores e senhoras septuagenários. Para você que, como eu, se alegra com a notícia desse grupo musical adorado, abaixo os detalhes do retorno deles à cena musical.

Leia o artigo publicado pela BBC Brasil:

Depois de quase quatro décadas de intervalo, o Abba surpreendeu seus fãs ao anunciar seu retorno. A lendária banda pop sueca anunciou um novo álbum e um show virtual.

O show virtual Abba Voyage (“A Viagem do Abba”) será lançado em novembro, antes de uma série de shows “revolucionários” nos quais avatares virtuais aparecerão cantando sucessos como Mamma Mia e Waterloo.

Membros do quarteto, que se separou em 1982, disseram que se juntaram para gravar algumas músicas, mas acabaram criando um álbum de 10 músicas e planejando um show.

O grupo sueco, formado em 1972, logo se transformou em sucesso mundial

“No início eram apenas duas músicas e então dissemos: ‘Bem, talvez devêssemos fazer mais algumas'”, disse Benny Andersson em uma coletiva de imprensa transmitida globalmente na quinta-feira (02/09).

Uma delas, I Still Have Faith In You (“Eu ainda tenho fé em você”), é uma balada de piano que retrata o vínculo que os quatro membros da banda compartilham.

Um gostinho daquele tempo:

“Quando Benny tocou a música, eu sabia que tinha que ser sobre nós”, disse Bjorn Ulvaeus, explicando a criação da música-tema.

“É sobre perceber que é incrível estar onde estamos. Ninguém poderia imaginar isso, lançar um álbum depois de 40 anos e ainda sermos melhores amigos. Ainda curtindo a companhia um do outro e tendo total lealdade”, acrescentou.

Um encontro inesperado

O reencontro da banda, por muitos anos, parecia improvável.

De acordo com algumas reportagens, o Abba recusou US$ 1 bilhão para fazer uma turnê em 2000.

Em entrevista à BBC em 2013, Agnetha disse que preferia deixar o Abba no passado. “Foi há muito tempo, estamos envelhecendo e temos vidas diferentes”, disse.

Em um comunicado que acompanhou o anúncio de quinta-feira, a cantora disse que “não tinha ideia do que esperar” quando eles finalmente se encontraram novamente em 2018.

“Mas o estúdio de gravação de Benny é um ambiente tão amigável e seguro, e antes que eu percebesse, eu estava me divertindo! Não posso acreditar que finalmente chegou a hora de compartilhar isso com o mundo!”

Outro grande sucesso do grupo:

As novas músicas da banda serão tocadas durante o show virtual, também intitulado Abba Voyage, no ano que vem em um estádio construído especialmente para este fim em East London.

Veja também: California Dreaming, The Mamas & The Papas: símbolo dos anos 60

Os chamados “Abba-tars” foram projetados pela Industrial Light and Magic, empresa de efeitos visuais fundada pelo cineasta George Lucas.

Mais de 850 pessoas trabalharam na recriação do Abba “no auge” usando a tecnologia de captura de movimento para escanear “todos os gestos e movimentos” dos músicos, agora com 70 anos, enquanto se apresentavam.

“Agnetha, Frida, Benny e Bjorn subiram ao palco diante de 160 câmeras e quase o mesmo número de gênios dos efeitos visuais, e tocaram todas as músicas do show perfeitamente durante cinco semanas”, disse o produtor Ludvig Andersson. “Então, quando você assiste a esse programa, não são quatro pessoas fingindo ser o Abba, são eles de verdade.”

Mais um espetacular sucesso:

Veja também: Músico, cantor, compositor e poeta, o genial Bob Dylan completa 80 anos de vida

Carinhoso, uma das músicas mais populares , completa 100 anos

Toda a grandeza de Nana Caymmi aos 80

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca enviaremos spam! Leia nossa Política de privacidade para mais detalhes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais