fbpx

OMS: Depressão já é a doença que mais incapacita

Por Maya Santana

Número de deprimidos só crescA média de idade é 48 anos, segundo a OMS

Número de deprimidos só crescA média de idade é 48 anos

Esse artigo assustador sobre o tamanho do estrago causado pela depressão está na Folha de São Paulo e é assinado por Rodolfo Lucena e Mariana Versolato. Em torno de 400 milhões de pessoas no mundo sofrem hoje da doença – 48 anos é a média de idade-, que tira do paciente toda vontade de viver. As previsões são de que o número de deprimidos deve aumentar e muito, afetando os custos de tratamento, já na casa dos 800 bilhões de dólares.

Leia o artigo:

No mundo da depressão, o futuro já chegou. E as notícias não são boas. De acordo com previsões da Organização Mundial da Saúde (OMS), feitas no século passado, em 2030 a condição seria responsável por 9,8% do total de anos de vida saudável perdidos para doenças. Pois esse índice foi atingido em 2010.

E as perspectivas não são animadoras, segundo Kofi Annan, ex-secretário-geral das Nações Unidas, que abriu o seminário «The Global Crisis of Depression», promovido pela revista britânica The Economist e realizado em Londres em Novembro.

«A depressão atinge hoje quase 7% da população mundial – cerca de 400 milhões de pessoas», apontou. «Incapacita os atingidos pela doença, coloca um enorme peso nas suas famílias e rouba à economia a energia e o talento das pessoas», sustentou.

Segundo ele, em 2010 os custos diretos e indiretos da depressão estimados em US$800 bilhões (mais de R$ 2 trilhões). E, de acordo com as previsões, esse custo deve mais do que dobrar nos próximos 20 anos”, alertou ele.

Um estudo apresentado no evento pelo diretor do Instituto de Psicologia Clínica e Psicoterapia da Techmische Universitaet, de Dresden, na Alemanha, Hans Ulrich Wittchen, sustenta o cálculo.

“Os males da mente são os mais prejudiciais e limitantes entre todos os grupos de doença’, diz ele. “E a depressão, individualmente, é a mais incapacitante das doenças”. afirmou, citando dados da OMS e os que sua pesquisa levantou. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

onze − 5 =