Dicas preciosas para quem quer fazer o Caminho de Santiago

Por Maya Santana
Uma das recomendações é "Caminhe sozinho em alguns momentos"

Uma das recomendações é “Caminhe sozinho em alguns momentos”

Este artigo é para você que está se preparando para percorrer o Caminho até  Santiago de Compostela, na Espanha, ou pretende algum dia fazer a rota milenar. São 10 dicas fundamentais para qualquer um, mas principalmente para as pessoas que já passaram da meia idade. Informações dadas  por Daniel Agrela, profundo conhecedor da região, autor  da obra  mais completa  sobre o Caminho: O Guia do Viajante do Caminho de Santiago – Uma Vida em 30 dias” (ed. Évora), lançado no ano passado. Preste atenção a cada uma das recomendações, pois quanto mais preparado você estiver, mais vai aproveitar a caminhada:

1 – Prepare-se fisicamente
Não é preciso ser esportista ou “rato de academia” para fazer a viagem, mas é necessário ter um mínimo de preparo físico. Caminhar por uma hora diariamente ajuda nessa preparação.  Se puder, nessas caminhadas pré-viagem, usar as botas que vai calçar no Caminho, melhor ainda, pois os pés já vão se acostumar com elas, diminuindo a incidências de bolhas que surgem durante a jornada.

2 – Faça um check-up
Procure seu médico e faça exames de rotina, principalmente do coração.  Caminhar todos os dias por muitos quilômetros requer que você esteja em dia com a saúde.
Também pode ser bom consultar ortopedistas, para ver o que fazer caso tenha dor nas pernas, e um dentista.

3 – Informe-se:
Pesquise o máximo que puder. Procure saber como surgiu o Caminho, suas tradições, seus personagens, os pontos principais do trajeto etc. Isso fará com que a experiência seja mais bem aproveitada.

Daniel Agrela, autor do guia mais completo sobre o Caminho de Santiago

Daniel Agrela, autor do guia mais completo sobre o Caminho de Santiago

4 – Aprenda a viver com o essencial
É extremamente recomendável levar o mínimo possível de roupas e itens pessoais na mochila, já que ela terá que ser carregada ao longo de toda a caminhada. O recomendável é que o peso da mochila não ultrapasse 10% da massa corporal do viajante. Além disso, viver com o essencial é um dos principais ensinamentos do Caminho de Santiago.

5 – Planeje os gastos
Excluindo gastos com passagem aérea, é possível fazer o Caminho de Santiago, ao longo de cerca de 30 dias, com mil euros. Nesse caso, é preciso dormir em albergues municipais (onde muitas vezes deixa-se um donativo como forma de pagamento), fazer sua própria comida no albergue e não ter gastos que não sejam essenciais.  Com 1.400 euros já é possível fazer uma viagem mais confortável, dormindo em albergues privados e experimentando o Menu do Peregrino nos restaurantes pelo Caminho.
Outra dica: para não se perder nas contas, o ideal é dividir o total do dinheiro pelo número de dias.

6 – Respeite o seu limite
A cada dia o viajante terá uma etapa de caminhada a cumprir. Normalmente, as etapas têm uma média de 20 a 24 quilômetros, entre o ponto inicial e de destino. No entanto, se você estiver cansado ou algo acontecer, não fique com receio de parar na próxima cidade e recomeçar no dia seguinte. Não se trata de uma corrida. Caminhe dentro do seu limite.

O guia foi lançado em meados do ano passado

O guia foi lançado em meados do ano passado

7 – Use um cajado
O terreno na rota é muito acidentado. Subidas e descidas aparecem pela frente o tempo todo, e o cajado é um grande amigo nessas horas. Na subida, por exemplo, ele ajuda a pegar impulso e, na descida, auxilia a conter a velocidade, preservando o esforço dos joelhos.

8 – Esteja aberto a todo tipo de cultura
Pessoas de todas as partes do mundo, de diferentes culturas, classes sociais e crenças, buscam a rota de Compostela como forma de reflexão e aprendizado. Procure aprender com todos que cruzarem seu caminho.

Leia também:
Período sabático após os 50 anos no Caminho de Santiago
As mais incríveis fotos do Caminho de Santiago
Amigo ajuda cadeirante a cruzar o Caminho de Santiago

9 – Caminhe sozinho em alguns momentos
Caminhar sozinho permite que o peregrino conheça mais sobre si mesmo. Além disso, com a mente livre, sem os ruídos do cotidiano, abre-se caminho para o resgate de antigas lembranças, quase apagadas da memória.

10 – Controle a ansiedade
À medida que o viajante avança nos quilômetros percorridos, a vontade de chegar a Santiago aumenta. Tente evitar a ansiedade, pois ela torna a etapa mais longa e cansativa. Lembre-se que o Caminho é também um grande exercício de paciência.

 


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





22 Comentários

Edson Nerone 4 de março de 2016 - 15:20

Oi Maya, obrigado pelas suas dicas sobre o Caminho de Santiago! Pessoas como você são importantes para que o espírito peregrino continue a crescer e atrair cada vez mais pessoas para essa aventura da alma.
Fiz meu caminho em 2013, quando ainda morava na Itália, entre abril e maio.
Até que finalmente este mês de fevereiro lancei meu diário, contando minhas passagens por lá, durante os 32 dias que estive caminhando. Chama-se O Diário de um Vagabundo, e está disponível na Agbook e na Amazon.
Gostaria também de enviar um exemplar em PDF para você.
Um grande abraço!
Edson

Responder
Edna Doria 20 de setembro de 2015 - 20:07

Oi! Diego, parabéns pelo site ,blogue e Facebook. Estou me preparando para o caminho e tenho seguindo as suas dicas e o teu caminho pelos vídeos . Obrigada! Diego de todas as informações sobre o Caminho de Santiago as suas são as melhores.

Responder
Carla Dacorso 11 de junho de 2015 - 14:16

Diego Davila,
Adoreiii seu vídeo de o que colocar na mochila!
Estou pensado fazer o Caminho de Santiango em abril de 2016, e assistindo seu vídeo do que levar fiquei mais empolgada.
Só tenho um problema, não falo espanhol e nem inglês, mas pretendo fazer um curso de espanhol para viagem, pretendo fazer sozinha o Caminho.
Será que vou ter muita dificuldade por causa da língua?
Obrigada!
Abracos

Responder
Diego Davila 27 de fevereiro de 2015 - 11:09

Adorei seu blog, muito util e com informacoes importantes sobre o caminho. Em setembro de 2014 fiz o meu ultimo caminho e como varios amigos me perguntam o que levar na mochila criei um video mostrando tudo o que levei.
http://www.meucaminhodesantiago.com/baixe-a-lista-do-que-colocar-na-mochila/
espero que seja util, e tambem falo do que nao levarei na proxima vez. Isso é importante considerando que quanto menos pesa a mochila melhor….
Continue seguindo seu blog. Abracos.

Responder
Geraldo Costa 8 de fevereiro de 2015 - 14:45

Farei o caminho em outubro 2015 , caso tenham dicas agradeço mto.

Responder
Alessandra 30 de dezembro de 2014 - 15:37

esse é meu objetivo para 2015, a melhor época é julho ? quero começar em janeiro a programar a viagem. Onde começar? para onde compro a passagem aérea inicial?
obrigada pela ajuda.
alessandra

Responder
Mário Reis 28 de dezembro de 2014 - 18:02

Pretendo percorrer o Caminho de Compostela em 2015, possivelmente no primeiro semestre

Responder
Jorge Trindade 27 de dezembro de 2014 - 13:27

é um caminho que pretendo percorrer brevemente, seja de Bike ou caminhando… á muito tempo que procuro o trajecto mais original a partir de Lisboa; alguém sabe onde encontrar? se for para GPS melhor.

Responder
Vanisa Rosa 27 de dezembro de 2014 - 10:01

Ótima matéria! Vou comprar o guia hoje mesmo! Pretendo fazer o caminho em 2016! Qual a melhor época de fazer o caminho? O mês, a estação? É seguro fazer sozinha sem companhia? Por onde começar o caminho?

Responder
Anamaria do Val 28 de setembro de 2016 - 21:46

Ola +Vanisa Rosa! Li sobre uma norte americana Denise Pikka Tiem , 41 anos, que foi assassinada no caminho tendo suas mãos cortadas, um horror. Acho que hoje não existe lugar seguro no mundo Melhor ir em grupo, a não ser que você queira correr riscos, pois li também sobre muitas mulheres desacompanhadas terem sido roubadas durante a peregrinação. Mais seguro ir em grupo, na minha opinião

Responder
Elcio Mello 3 de outubro de 2014 - 20:31

Tenho este guia. E em junho/2014 utilizei o mesmo durante o Caminho. Excelente guia; muito explicativo. Valeu. Em 2012 também fiz o Caminho. Indico este guia a todos que forem fazer o caminho. Parabéns Daniel.
Elcio Mello

Responder
Carlos Pinheiro 14 de setembro de 2014 - 18:39

O seu Albergue no caminho Português.

Alvaiázere

Albergaria Pinheiros

http://www.albergariapinheiros.com/

Responder
VeRa Silveira 15 de julho de 2014 - 21:18

Aluguel de cuarto para descanso de peregrinos, consulta preços super economios.

whatsaap 0034- 602667349
Bairro de Gamonal, Burgos-España

Responder
Jose Portillo 7 de maio de 2014 - 21:30

Eu tenho feito o Caminho de muitas maneiras, caminhando, correndo, de Bike, com carrinho de bebê etc e fico impressionado de que se usem botas de montanha para fazer ele. Fora do inverno que sim podemos encontrar muita lama, no resto do ano a terra esta seca, tem poucos trechos com pedras grandes y algum trecho com asfalto. Essas botas não tem sentido nessas condições , pesam muito, aquecem mais o pê provocando mais bolhas, mais tendinites etc. No mercado hoje se tem tênis de montanha com boa proteção , leves e perfeitos para essas condições.
Fora de isso o mais importante considero que es o peso da mochila , deve ser o mais leve posivél, pois marca a grande diferença entre sofrer curtindo e sofrer por sofrer sim mais!!
Bom Caminho!!.

Responder
Maria Estela Ospedal 6 de maio de 2014 - 22:15

Quero muito fazer a caminhada, mas tenho 56 anos e um desgate no joelho direito, vc acha que consegui fazer essa jornada?

Responder
ludovico bonato 6 de maio de 2014 - 20:56

Como posso adquirir o manual, pois preciso saber onde se insfrever,taxas,e local de saida, e retorno enfim agradecido.

Responder
Gabriela Kapp 27 de março de 2014 - 00:00

As dicas são excelentes! Em maio/14 nós faremos o Caminho de Santiago na rota de guiada de Astorga a Santiago de Compostela, com a expedicionária Sílvia Ferraz. Quem quiser participar é só acessar http://huapi.com.br/caminhodesantiago2014 ou no grupo http://bit.ly/grupodesantiago para confirmar sua presença e acompanhar informações. E para participar das caminhadas preparatórias entre em contato com a Sílvia http://bit.ly/silviaferraz.

Responder
Daniel Agrela 25 de março de 2014 - 14:12

Olá Iara, tudo bem? FIco feliz que esteja confiando no livro. Tenho certeza que ele te ajudará bastante. Sou suspeito em responder sua dúvida. Sempre recomendo que o peregrino comece em Saint Jean Pied Port. É claro que esta etapa não é fácil de ser percorrida, trata-se – aliás – da mais difícil de todo o Caminho. Mas é um trajeto muito especial, lindo e que apresenta a você a rota de Compostela. E a emoção de completar esta etapa é algo difícil de descrever.
Buen camino, peregrina!
Um abraço,

Daniel Agrela

Responder
iara maria franklin gonçalves frança pereira 24 de março de 2014 - 22:45

Daniel,estou confiando no seu Livro.
Partiremos,meu marido e eu, no dia 25 de abril.Estamos em dúvida quanto a começar por San Jean ou Roncesvales.
Um abraço.

Responder
Silvio Zortéa 18 de março de 2014 - 20:51

As dicas são muito úteis
Pretendo fazer o caminho em 2015
Na primeira caminhada mais longa tive problemas com a mochila e
preparo físico.
Essas dicas são fundamentais

Silvio

Responder
Márcia Ruiz 18 de março de 2014 - 19:34

Se Deus permitir, em setembro próximo estarei lá……

Responder
João Adhemar 18 de março de 2014 - 18:06

Tenho interesse em fazer a caminhada, gostaria de saber se existe algum clube ou associação em São Paulo/SP para me inteirar sobre a jornada?, Se existe algum grupo se preparando para ir nos próximos meses?. Abs,

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais