Dois anos após ser amaldiçoado, Galliano volta

Por Maya Santana
O estilista está sendo reintroduzido na moda por Oscar Dela Renta

O estilista está sendo reintroduzido na moda por Oscar Dela Renta

Quase dois anos após se envolver em polêmica por comentários antissemita e ser demitido da Christian Dior, em março de 2011, John Galliano começa a preparar o seu retorno à moda. Segundo o Women’s Wear Daily, o estilista fará uma espécie de residência no estúdio de Oscar de la Renta em Nova York nas próximas três semanas, colaborando com os preparativos da grife para seu desfile na NYFW.

“John e eu nos conhecemos há muitos anos e sou um grande admirador do seu talento. Ele tem se esforçado bastante em sua recuperação e eu estou feliz em lhe dar uma oportunidade de voltar ao mundo da moda, um ambiente onde ele tem sido tão criativo”, disse Oscar à Vogue inglesa. Já Galliano confessou que teria ficado internado em uma clínica de reabilitação: “sou um alcoólatra e estive em recuperação nos últimos dois anos. Antes da minha sobriedade, cheguei à loucura. Fiz e disse coisas que machucaram os outros, especialmente os membros da comunidade judaica. Até hoje continuo empenhado em fazer as pazes com aqueles que machuquei”, revelou o estilista à publicação.

O estilista britânico nascido em Gibratar foi demitido da Dior em 1911

Galliano nos bons tempos da Dior, de onde foi demitido em 1911

Desde o escândalo no bar parisiense, Galliano manteve-se longe da criação de moda, abrindo uma exceção apenas à amiga Kate Moss – foi ele quem assinou o vestido de casamento da top, em julho de 2011. Ainda assim, seu nome foi especulado como um dos possíveis estilistas a assumir a direção criativa no retorno da marca Schiaparelli – os rumores, entretanto, foram logo desmentidos. Considerado um dos nomes mais talentosos e criativos da moda, Galliano mostra-se muito contente por retornar à criação, “sou grato à scar. Seu apoio e fé em mim são acolhedores”, disse.

Em tempo: Oscar de la Renta descartou a ideia, pelo menos por enquanto, de que o apoio a Galliano seria parte de seus planos para contratá-lo como seu sucessor, caso decidisse se aposentar.

Veja um trecho do último desfile de John Galliano para a Dior, em março de 2011, na Semana da Moda de Paris:


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





2 Comentários

toninho reis 26 de janeiro de 2013 - 14:41

Adoro este cara……………..

Responder
ana maria 25 de janeiro de 2013 - 13:36

ótima notícia para o mundo da moda. Um talento como Galliano não pode ficar de fora por palavras impensadas.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais