fbpx

Dráuzio Varella conta como contraiu febre amarela e dá dicas

Por Maya Santana

Ele quase morreu em 2004, após uma visita à Amazônia

Maya Santana, 50emais

A febre amarela é um dos assuntos mais comentados neste momento no Brasil, porque o número de casos da doença, embora lentamente, continua aumentando. Eu mesma fiquei preocupada e procurei o meu médico. Ele me aconselhou a me vacinar, já que eu havia tomado uma dose da vacina há mais de 30 anos No vídeo abaixo, você vai ver o depoimento do Dr. Dráuzio Varella, no qual ele relata como contraiu a febre amarela. Por pouco não morreu, após uma visita à Amazônia. Neste vídeo, Dr. Dráuzio também tira as principais dúvidas em relação à doença.

Veja:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

2 × 4 =

2 Comentários

Avatar
Adriana 21 de fevereiro de 2019 - 22:29

Muito bom esse artigo!

Quero saber! Quem tem esteatosse hepática, gordura no fígado! Pode tomar a vacina de febre amarelo? ???

Responder
Avatar
Genoveva 31 de janeiro de 2018 - 10:17

Tive a oportunidade de conhecer essa vivência de Dr Drauzio atraves de seu livro: “O medico doente” que passei a emprestar para meus amigos medicos, de meu local de trabalho, que muito se impressionaram com o fato de Dr Drauzio ter conseguido se curar. O relato é de tal maneira, que ficamos presos a leitura sem conseguirmos deixá-la e devido a isso jamais consegui reaver meu livro, que foi sendo emprestado e jamais voltou as minhas mãos…Faz muitos anos li esse livro, mas imagino que seja facil de ser encontrado e vale a pena a leitura.
Trabalhei em Centro de Saude até me aposentar (faz cinco anos) e descobri que não fora vacinada e fiquei muito preocupada, pois devido a idade estava fora da indicação e como não tenho nenhuma doença não me conformava com isso e felizmente aqui em BH foi liberado e consegui me vacinar faz mais ou menos quinze dias e agora estou mais segura e tranquila.
Genoveva

Responder