fbpx

É aposentado e quer morar em Portugal? Saiba como ir e ficar lá

Por Maya Santana

A capital portuguesa, Lisboa, tem um custo de vida mais baixo

A capital portuguesa, Lisboa, tem um custo de vida mais baixo

Esses dias, publiquei aqui no 50emais um artigo do jornal Valor Econômico sobre os benefícios fiscais que Portugal oferece ao aposentado estrangeiro que resolve morar lá. Foi tamanho o sucesso do artigo, que decidi publicar esse outro sobre o mesmo assunto, mas bem mais completo, inclusive com a documentação exigida para se fixar residência no país e as vantagens do sistema público de saúde que custa muito menos do que qualquer plano de saúde no Brasil e tem excelente qualidade.

Leia o artigo do site conexãojornalismo.com.br:

Não, não se trata de um convite, nem tampouco de uma gozação. Mas para aqueles que não aguentam mais a crise e ainda acreditam que a única saída para o Brasil é o aeroporto, vale dar uma olhada na reportagem publicada pelo blog Euro Dicas. Ali a gente encontra o passo a passo para quem sonha passar o resto da vida em Portugal.

Mas… um aviso: não é para qualquer um. Tem que ter um mínimo de poder aquisitivo, estabelecido pelo governo português, para se candidatar a morador da Terrinha. Além disso, há controvérsias, alertas de que nem tudo são flores “no paraíso” – leia e decida se você vai ou fica:

A gastronomia portuguesa é uma das mais elogiadas

A gastronomia portuguesa é uma das mais elogiadas

Como viver em Portugal depois de aposentar:

Sim. Pode residir em Portugal como reformado/aposentado ou viver de rendimentos próprios (bens móveis ou imóveis, da propriedade intelectual ou de aplicações financeiras). Portugal tem uma lei para receber cidadãos aposentados do mundo inteiro que desejam viver aqui, desde que provem rendimentos suficientes. Inclusive tem benefícios fiscais de isenção de impostos! Entenda como funciona o processo para que os aposentados brasileiros possam morar em Portugal e saiba todas as vantagens de ser estrangeiro aposentado em Portugal, além da qualidade de vida, claro.

Leia também:
Consulado português: visto de residência para aposentados
Portugal oferece benefícios fiscais para atrair estrangeiro aposentado

Como morar em Portugal sendo estrangeiro aposentado?

O aposentado deve solicitar um visto de Residência para reformados ou titulares de rendimentos junto ao Consulado de Portugal. Veja como pedir o visto:

1 – Comprovante de rendimentos que possibilitem a residência em Portugal, garantidos por período superior a 12 meses, e pode ser provado de duas formas:

No caso de aposentados, através do comprovante da aposentadoria, bem como a garantia do seu recebimento, ou então comprovar outros rendimentos em território nacional. No caso de cidadãos que vivem de rendimentos de bens móveis ou imóveis, da propriedade intelectual ou de aplicações financeiras, através de documento comprovante da existência e montante dos rendimentos, bem como da sua disponibilidade em Portugal.

Porto é a segunda maior cidade de Portugal. Fica no noroeste do país

Porto é a segunda maior cidade de Portugal. Fica no noroeste do país

2 – Outros documentos exigidos:

Formulário de pedido de visto a preencher online
Carta justificativa da pretensão de residir em Portugal
2 fotos 3×4 a cores e fundo liso, atualizada e com boas condições de identificação
Passaporte original, com validade superior a 3 meses
Cópia autenticada do passaporte (das folhas usadas e de identificação)
Cópia autenticada da carteira de identidade (RG)
Certidões de Antecedentes Criminais, com menos de 90 dias, emitidas pela Polícia Federal e pela Polícia Civil, com a assinatura reconhecida em Cartório
Atestado Médico, com menos de 90 dias, passado por Órgão Oficial a declarar que não é portador de doença contagiosa, com a assinatura do médico reconhecida em Cartório
Seguro Saúde Internacional Privado, ou o PB-4, caso seja beneficiário do INSS, pelo tempo que durar o visto
Se casado, deve enviar cópia autenticada da certidão de casamento
Se tiver filhos menores que acompanhem, deve enviar cópias autenticadas das certidões de nascimento
Comprovante de alojamento em Portugal que, numa primeira fase, poderá ser reserva de hotel ou carta de pessoa conhecida, legalmente residente em Portugal, que garanta o alojamento. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





156 Comentários

CARLOS GUIMARAES M.DA SILVA SILVA 19 de fevereiro de 2019 - 17:33

Boa Tarde sou natural de lisboa e resido aqui no brasil onde me aposentei e estava pensando em retornar para ai .Poderia me informar o que seria necessário para residir ai junto com a minha esposa .agradeço a sua resposta .
Desde já o meu obrigado

Responder
Jocas 18 de dezembro de 2018 - 17:04

No que diz respeito a taxação da aposentadoria em 25% existe uma conta que ninguém faz.

Se você já é taxado do Brasil em 11%(exemplo) vai ser taxado em mais 14% o que daria os 25%.

Muitos somam os 25% em cima da taxação já existente ai seria demais.

Responder
Matheus Bezerra 14 de novembro de 2018 - 16:22

Não disse mentiras… Para um aposentado Portugal é perfeito! Não precisa trabalhar, então, pode viver em cidades pequenas, aconchegantes e maravilhosas! O melhor, com respeito do povo.

Para esclarecer a dúvida de muitos comentários que eu li, Portugal estabeleceu alguns valores mínimos para ter o visto D7 (para aposentados) aceito, então, para se ter uma ideia os valores se baseiam em 1 salário mínimo de Portugal:

Requerente do visto, necessita de 100% do salário mínimo (580 euros);
Segundo Adulto, necessita de +50% do salário mínimo;
Crianças e jovens com menos de 18 anos – +30% do salário mínimo;
Maiores de 18 anos dependentes do requerente – +30% do salário mínimo.

Assim sendo, o básico requisitado no caso de um casal será 100% do salário mínimo + 50% (esposa), então, somando seria necessário pelo menos 870 euros.

Quem quiser saber mais sobre morar em Portugal, deixo como sugestão ler esse artigo: https://eiportugal.com.br/morar-em-portugal-legalmente/

Ensina o que precisa e o que fazer para conseguir, inclusive, no caso dos aposentados.

Responder
Gilvani Reis 11 de junho de 2018 - 23:21

Boa noite. Sou policial civil no Estado de São Paulo e tenho uma renda mensal de aproximadamente R $ 6000,00 líquido. Faltam dois anos para me aposentar e gostaria de residir com minha esposa em Portugal.
Pergunto: com esse salário conseguiria a autorização para residir em Portugal? E com esse valor conseguiria viver relativamente bem em Portugal.? Obrigado. Aguardo resposta.

Responder
Ronaldo Santana Lima 11 de junho de 2018 - 00:55

Estou faltando pouco tempo para me aposentar , sou funcionário publico militar, devo me aposentar com aproximadamente 8 mil reais de aposentadoria, sera que o consulado português concederia?

Responder
Denise 9 de fevereiro de 2018 - 08:20

O problema é que aqui nao ha jeitinho brasileiro… aqui nao ha este comportamento informal… aqui fazemos tudo… nao ha empregados domesticos para vos servirem… antes ninguem queria nem vir conhecer… esta na moda? Entao sim, brasileiros invadem… mas a vida aqui nao é a moleza do Brasil! Falo porque nasci no Brasil e vejo muitos voltarem pq nao aguentam o esquema daqui… portanto ha que pensar bem

Responder
lisa 5 de fevereiro de 2018 - 12:25

Eu quero agradecer o bem-estar dos apexloans por me dar um empréstimo. Eu fui enganado várias vezes na tentativa de garantir um empréstimo até eu encontrar o Sr. Westhood de Apexloans e ele me deu empréstimo. Se você precisa de um empréstimo legítimo hoje aplique via [email protected]

Responder
Marian 23 de janeiro de 2018 - 19:39

Que a paz de Allah seja para o povo da Argélia e para todos os outros irmãos muçulmanos, meu nome é Marian Halima, sou da cidade de Ain Azal Setif aqui na Argélia. Quero compartilhar do meu coração mais íntimo, um grande testemunho sobre como DE DEUS A empresa de empréstimo temendo me salvou da minha dura condição de vida e me ajudou a estabelecer meus negócios. Para resumir tudo, eu faço Costurar e disfarçar essa é a minha profissão, em um momento em que minha loja era muito pequena e não tinha muitas máquinas e a vida era tão difícil que eu tinha que procurar um empréstimo on-line e vi um testemunho on-line de uma Sra. Agusia Kacper, uma mulher de negócios, de como obteve seu empréstimo de uma empresa de empréstimo legítimo chamada Alden Moore Loan Firm e pedi meu empréstimo através do endereço de e-mail que ela recomendou. no começo eu estava com medo porque nunca pedi um empréstimo online antes e porque ouvi tantas pessoas se queixando amargamente de como eles foram enganados por falsas empresas de empréstimo on-line, mas como a fé vai ter, eu lhes dei uma tentativa e a minha maior surpresa, recebi meu empréstimo alguns dias depois, com uma taxa de juros muito baixa de 2% e um bom plano de reembolso. Estou tão feliz hoje porque consegui comprar uma loja com Máquinas para matérias-primas industriais e compradas, como panos e Gero. Alden Moore conseguiu me ajudar a consertar minha vida novamente e agora estou testemunhando com todo o meu coração, eu sou extremamente alegre. entre em contato com eles hoje, se você também precisa de um empréstimo para consertar seu negócio, não tenha medo de fazer o que você pede, eu prometo que você também encontrará alegria e felicidade. entre em contato com eles hoje neste mesmo endereço de e-mail ([email protected]) … e a paz esteja com você.

Responder
Emília Costa 25 de novembro de 2017 - 10:51

Bom Dia.

Soservidora pública aposentada. Como posso receber a aposentadoria em Portugal? Aposentado do INSS já sei ser possível? E servidor aposentado? Alguem sabe? Obrigada.

Responder
Ronaldo Berretta 9 de novembro de 2017 - 12:07

Bom dia.

Estou me mudando para Portugal e faltam 1 ano e 3 meses para me aposentar no Brasil.
Tenho cidadania italiana e dúvidas:

1- Caso me aposente no Brasil poderei transformar minha aposentadoria para o governo português?
2- Se não me aposentar no Brasil e trabalhar algum tempo em Portugal poderei me aposentar lá? Levando em consideração que “sou europeu”.

Agradeço a quem puder me orientar.

Responder
jorge mendes macedo 18 de outubro de 2017 - 11:02

Sou Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro, atualmente estou aposentado a onze (11) anos, e tenho sessenta e quatro (64) anos, sou casado a (trinta e um) 31 anos, e minha esposa e de nacionalidade portuguesa.

Responder
José do Vale 15 de outubro de 2017 - 17:58

Boa tarde
Estou tentando ir para Portugal, sou aposentado e pretendo tb sair do Brasil se DEUS quiser.
Minha dúvida é sobre os 25% s/a aposentadoria, só erei taxado uma vez quando sair definitivamente ou todo ano terei esta taxação que considero roubo na declaração do IR no Brasil. Pelo que estou vendo existe muita controvérsia sobre essa taxação/punição
Grato

Responder
Margarete alexandra 14 de outubro de 2017 - 08:38

À procura de um empréstimo de negócios, empréstimos pessoais, habitação, empréstimo de empréstimo de carro empréstimos estudantis, empréstimos de consolidação, empréstimo não garantido capital de risco; Etc .. Ou recusou um empréstimo de um banco ou acordo com uma ou mais razões financeiras. É mais provável que a sua confiança Esta solução! E os credores privados de pastores emprestam empresas e indivíduos em uma taxa baixa e acessível de 2%. Você está interessado? Entre em contato com a conversão do empréstimo no prazo de 48 horas. CONTACTE-NOS [email protected]

Responder
Anna Sylvia Lollato Andrade 29 de agosto de 2017 - 16:27

Boa tarde!
Maya!
Sou viúva e pensionista do INSS aqui no brasil. Ainda não estou aposentada!
Moro em uma pequena cidade do interior de São Paulo.
Sabe se comprovando a renda exigida pelo governo português, posso tentar residir em portugal?
E sabe me dizer se o consulado de Portugal, consegue me ajudar com essas dúvidas?
Obrigada!

Responder
DIOMERCINA VIANA 20 de agosto de 2017 - 19:20

Maya, sou aposentada do TRT e meu marido da Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, pelo exposto você tem uma ideia do nosso rendimento, será que daria para vivermos em Portugal? Uma vida simples, claro.

Responder
first loan 17 de julho de 2017 - 19:44

Você receberá em primeira mão todos os nossos conteúdos memoráveis para te ajudar no seu objetivo de viver de blog.
Não se preocupe. Sua privacidade estará sempre garantida. Odiamos spam, assim como você.

Se você recebeu este e-mail por engano, simplesmente ignore-o. Você não será inscrito se não clicar no botão ou link de confirmação acima.

Responder
demar 7 de julho de 2017 - 18:24

Demar santos
gostaria que você explicasse para mim e os leitores qual e o mínimo de salário que o Aposentado deva ganhar para ter o pedido aceito para viver em Portugal,porque não e qualquer salário que enquadra nas exigências das leis portuguesas certo.

Responder
Magda Siqueira 6 de julho de 2017 - 12:44

Maya, em primeiro lugar parabéns pelo seu blog. Mesmo que você não saiba as respostas jurídicas e que cabem aos órgãos competentes, sempre obtenho esclarecimentos de algumas dúvidas ou o caminho para esclarecê-las.
Quem não gosta do frio, como eu e quer ir morar em Portugal, deve pesquisar sobre a região do Algarve, possuí temperaturas mais altas que a média do país, além de ser encantadora.

Responder
Maria 25 de junho de 2017 - 22:23

Olá! Eu estou me organizando para ir viver em Portugal como aposentada e tenho tido muitas orientações no http://www.eurodicas.com.br/. Espero que ajude também. Abraços!

Responder
eniomar 7 de maio de 2017 - 13:49

Olá!Nao sendo aposentado mas com uma poupança de 250000 reais é possível conseguir visto de moradia em Portugal!

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:23

Maya, porque você tem nesse blog um tópico sobre como morar em Portugal sendo aposentado se você não sabe esclarecer nada?
Também não sei porque as pessoas te perguntam, já que você sempre encaminha para alguma embaixada portuguesa no Brasil.

Responder
Jair Castro 30 de abril de 2017 - 08:51

Olá a todos,

Eu sou um emprestador de empréstimo privado, você está em dificuldades financeiras ou qualquer um lá fora, precisa de um empréstimo por qualquer razão de tão nunca, se assim for, então você está no lugar certo apenas Note que nós oferecemos todos os tipos de empréstimos, então se você é Interessado nesta oferta de empréstimo gentilmente entre em contato conosco em nosso e-mail ([email protected]) para obter mais informações sobre esta operação de fundos de empréstimo

Gratidão
Jair Castro

Responder
mellisa rene 19 de abril de 2017 - 18:17

Solicite um empréstimo rápido e de emergência hoje

* Perca o sono à noite se preocupar como obter um empréstimo?
* Você precisa do dinheiro para pagar suas dívidas?
* Você precisa de dinheiro para iniciar seu próprio negócio?
* Você deve ter crédito para realizar grandes projetos?
Não se preocupe mais .. ([email protected]) como minha empresa está aqui para ajudar com suas necessidades. Se precisar de empréstimo aplicar agora, qualquer quantidade que você precisa. Envie-nos um e-mail agora: ([email protected])

Responder
Agnaldo de Oliveira França 17 de abril de 2017 - 10:23

Sou aposentado e gostaria de morar em Portugal, sou transplantado renal e tomo medicamentos de alto custo fornecido pelo governo, gostaria de saber se posse receber estes medicamentos lá, caso contrário como devo proceder!!

Responder
Alex Jack 8 de abril de 2017 - 14:39

Olá Você está procurando um empréstimo de negócio, empréstimos pessoais, empréstimos de hipoteca, empréstimos de auto, empréstimos estudantis, empréstimos de consolidação de débito, empréstimos inseguros, capital de risco, etc … Ou você foi recusado um empréstimo por seu banco ou instituição financeira por um Ou mais razões? Aqui você vai ter solução para esse problema, enquanto você é encontrado elegível para o empréstimo e confiança digna. Oferecemos empréstimos de um mínimo de US $ 5.000 a um máximo de US $ 10.000.000,00, oferecemos empréstimos a empresas e indivíduos a uma taxa de juros baixa e acessível de 2%. Então, se você está interessado em um empréstimo rápido e fácil. Entre em contato conosco hoje: EMAIL 1: [email protected]

Responder
Leila Abdalad 31 de março de 2017 - 07:39

Bom dia ! Também sou aposentada com pretensões de morar em Portugal. Tenho visto que quase todas as perguntas recebem como resposta a orientação de procurar um Consulado Portugues.
Pois bem, moro no Rio de Janeiro, e considerei péssimo o atendimento prestado pelo consulado daqui. Fui pessoalmente para lá, enfrentei uma fila enorme, para receber uma resposta rude de um funcionário, que me disse que não tinha como me orientar.
Então eu pergunto: dei azar ? Teria que ter marcado entrevista ? Existe marcação de entrevista apenas para tirar dúvidas ?
Gostaria de saber da experiencia dos que receberam orientação de procurar o Consulado de sua cidade. Em especial, o do Rio de Janeiro.

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:34

Leila, também sou funcionária pública estadual e estou me programando para ir morar em Portugal no início do próximo ano, quando espero ter me desvinculado de uma série de outros compromissos na minha cidade.
Inicialmente, pensei em me dirigir à embaixada portuguesa para dar inicio ao processo de visto.
Fui orientada por uma pessoa portuguesa a esquecer este procedimento. Ir para Portugal sem visto não é proibido.
Então me disseram para ir como turista de posse de todos os documentos necessários para dar entrada no pedido de visto de residência e, chegando lá, dar entrada diretamente no SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.
Lá você fará o que teria que fazer, de qualquer modo, ainda que dê entrada no pedido do visto aqui no Brasil, já que o visto concedido aqui tem validade de apenas 4 meses. Então, ainda assim, terá que chegar em Portugal e procurar o SEF para dar entrada no seu pedido de visto de residência, do mesmo modo que dará indo como turista.
Entrei nesse blog e vi pouquíssimas respostas esclarecedoras por parte da blogueira. Mas descobri através de respostas de pessoas que, como nós, estão se preparando pra ir morar lá e colocam suas experiências para ajudar os demais.
Li aqui e pesquisei no site oficial da Receita Federal sobre o imposto de 25% que dizem que temos que pagar quando nossa aposentadoria for transferida pela previdência do Brasil para Portugal.
Vi que aqueles que se mudam definitivamente do Brasil para Portugal devem fazer a declaração de não residente no Brasil sendo que depois entregará no orgão pagador da sua aposentadoria para que seus proventos apenas incidam Imposto de Renda na fonte.
Então, estaremos livres da bitributação no Brasil.
Temos que ler e reler tudo que encontramos sobre o assunto. Não sei se você já foi. Se tiver ido e puder e quiser se comunicar comigo, adoraria notícias ou poder te ajudar nesse pleito.
meu email [email protected]
Abraços.

Responder
MARIA APARECIDA ALVES 19 de março de 2017 - 00:22

bem eu ainda levo um ano a me aposentar,me aposento por tempo de serviço,a pergunta é como portugal busca pessoas com formação,e eu me aposentando gostaria de viver em portugal.bem o que provavelmente conseguiria sim que meus filhos vivessem ai também,por serem todos com curso superior.eu vi uma materia que portugal estaria legalizando pessoas para repovoar portugal.

Responder
Marco Antonio Neuberger 12 de março de 2017 - 15:30

Boa tarde!
Sou aposentado e declaro Imposto de Renda no Brasil, pois no meu contracheque inclusive, ja vem descontado imposto de renda todo mês. Gostaria de saber se eu posso pagar imposto de renda de Portugal, e não pagar no Brasil, ou seja, como comunicaria a empresa para não descontar, para que eu pague em Portugal. Acho que não é possível isto…..

Responder
Luiza Maria Rovetta, 12 de março de 2017 - 13:34

Olá!
Gostaria de saber se o ensino medio é pago em Portugal, o superior seo que é…
Obrigada

Responder
Eliane Ferreira 1 de março de 2017 - 09:40

Sou aposentada moro Rio de janeiro e o valor da aposentadoria e de R$ 1200,00 gostaria de morar em Portugal posso?

Responder
Eliane Ferreira 1 de março de 2017 - 11:00

Estou aguardando a resposta

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:38

O Consulado Português no Rio já não se encontra mais nesse endereço. Não tenho aqui mas sei que é em Botafogo.
Basta olhar no site do Consulado.

Responder
Bernardes 23 de fevereiro de 2017 - 18:48

Aposentadoria por invalidez tem direito???

Responder
marcelo reis 21 de fevereiro de 2017 - 14:45

Tenho R$ 26.000 de rendimento de alugueis no Rio de Janeiro. Além disso tenho cerca de R$ 1.000.000,00 disponíveis para aplicação financeira, que no futuro servira para comprar um imóvel em portugal (caso eu decida ficar la definitivamente) ou no Brasil, caso eu não me adapte e queira voltar.Como proceder para conseguir resideêcia?

Responder
Maria Jose Jose da Silva Lima 9 de fevereiro de 2017 - 11:21

Sou aposentada pelo INSS, pretendo passar um ano em Lisboa pois lá tenho uma prima…quais são os procedimentos….. Desde já fico agradecida pela ajuda.

Responder
Darville Souza Filho 15 de janeiro de 2017 - 12:25

Nata, parabéns pelas informações. Sou aposentado e tenho intensão de me mudar do Brasil e Portugal é uma opção muito bem aceita. Tenho algumas dúvidas se puderes esclarecer agradeceria.
Eu e minha mulher temos uma união estável há mais de 22 anos, mas não temos nenhum documento oficial desta união estável, além do registro de imóveis em nosso nome, mesmo endereço, etc. como é tratada esta situação pelas autoridades portuguesas? Os documentos de saúde, plano internacional ou do INSS são aceitos em Portugal para inscrição no plano de saúde pública? Qual a renda mínima permanente que é exigida para ser aceito como morador permanente? Desde já te agradeço e aguardo retorno. Grato.

Responder
Carlos Alberto da Cunha Barbosa 2 de janeiro de 2017 - 17:14

Maya, por favor, poderia me dar uma informação???
Tenho procurado em vários SITES e não obtenho a informação que vou pedir: Os salários de benefícios, meu e de minha esposa, são recebidos em Portugal, convertidos pelo Euro Comercial ou Turismo???
E qual renda minima para viver com conforto, podendo comprar um carro bom e morar em um T2 na região de Cascais, Estoril, Parede, etc???
Muito obrigado por sua atenção e respostas, esperamos eu e minha esposa, já neste ano de 2017, à partir de Maio estar morando ai.
Um FELIZ 2017 e muita SAÚDE e PROSPERIDADE para você e toda a sua família

Responder
Chris Young 23 de dezembro de 2016 - 21:53

Atenção!!!

Ramsay Hill Finance Plc oferece aos empresários a oportunidade de acessar facilmente empréstimos em um ambiente rápido, transparente e eficiente. Nosso principal serviço é o fornecimento de financiamento de projetos internacionais para empresas, empresas e organizações para projetos de desenvolvimento de terrenos significativos no lazer, turismo, entretenimento e indústrias de construção, também oferecemos empréstimo individual , Empréstimo privado, empréstimo de reembolso da dívida;

Ramsay Hill Finanças Plc Empréstimos Resumo:

Empréstimos atualmente variam de US $ 5.000,00 a US $ 4,5 milhões; Maturidade máxima é de 18 meses; Para tamanhos de empréstimo maiores, visite a seção SME *
Não são requeridas demonstrações financeiras auditadas *
Arranjos de garantias flexíveis dependendo do tamanho do empréstimo (bens domésticos, equipamentos de negócios, bens em estoque, veículos, propriedade etc.) Requisitos de documentação flexíveis *

Clientes de longa data com registro de reembolso impecável se qualificam para sucessivos descontos de taxa de juros e processamento de empréstimo ainda mais rápido * Por favor, note que todas as aplicações são submetidas a uma avaliação no local por um de nossos agentes antes
Decisão do comitê.

Ramsay Hill Finance Plc Informações de Contato:

Email de contato: [email protected] ou [email protected]
Site: http://ramsayhillfinance.wixsite.com/mysite

Obrigado pelo seu tempo, desejo-lhe o melhor …

Com os melhores cumprimentos,
Chris Young
Diretor de publicidade
Ramsay Hill Finance Plc

Responder
Ivaldo da Silva Porto 15 de dezembro de 2016 - 12:02

Sou Policial Militar aposentado e gostaria de ter algumas informações sobre morar em Portugal..Hoje tenho um salário de 10.000,00 Reais, com este consigo me manter neste pais? Não sou casado,tenho uma namorada que vivemos juntos há 4 anos,ela é pensionista do INSS e recebe um valor de 4000,00 Reis….Juntos, com este valor,podemos viver aí em Portugal ? Aguardo retorno..

Responder
José Carlos do E Santo 30 de março de 2017 - 13:04

Vai viver vom rei em Portugal.

Responder
Sergio Murilo Archanjo da Silva 12 de junho de 2018 - 09:09

Talvez sim, talvez não. R$ 10 mil, deduz 27,5% e mais 25% para o Temer “morcego, chupa sangue”. Estou na mesma situação e muito indeciso. Queimo um imóvel meu no Brasil compro um em Portugal, estarei livre de aluguel. Fico com mais um imóvel no Brasil, só para fugir do inverno de Portuga e o resto das estações é Zeca Pagodinho “vai vadiar, vai vadiar…” Se o Temer deixar…

Responder
Valeria 5 de dezembro de 2016 - 13:52

Olá, será que alguém pode me ajudar com uma informação?
Sou aposentada no Brasil e tenho dupla nacionalidade. Penso em me mudar para Portugal. É melhor ir como portuguesa ou brasileira. No caso de ir como portuguesa como receberei minha aposentadoria?

Responder
Marco Antonio Martins Neves 5 de dezembro de 2016 - 11:00

Minha intenção é demorar no Algarve com minha esposa.Tenho rendimentos suficientes pelo que apurei para residir no Algarve . Meus rendimentos vem de aplicações financeiras no Brasil. A principal questão para mim é a volatilidade entre o Real e o Euro. Posso ter uma conta digamos no Banco Santander e receber meus rendimentos em Portugal , já convertidos em Euros.Acho que o melhor é fazer uma aplicação no Brasil em reais e me proteger fazendo um hedge ou swap de moedas entre euro e real. Ou seja aplico em reais e converto ao mesmo tempo em euros. Toda minha aplicação se daria inicialmente em reais, , porém convertida em euros para resgate e fechamento de câmbio. Assim preservaria meu valor em euros, claro que isso gera custos numa eventual operação de swap de reais para euros.

Responder
wellington 7 de março de 2017 - 11:51

Olá Marco!
Fiquei curioso sobre estas operações de swap que você mencionou.
Se os rendimentos são efetuados em reais, como poderia ser feito o hedge ou swap em euros?
Minha situação é parecida e receio sobre a volatilidade da moeda…
abs!

Responder
Marcos Antonio da Silva 30 de novembro de 2016 - 10:58

Maya eu minha família, mulher e filha de 9 anos estamos querendo mudar para Portugal. Sou aposentado por invalidez, por isso tenho isenção IR. Se mudar pra Portugal serei tributado? Outra coisa existe valor mínimo estipulado pelo governo português? Obrigado

Responder
Raimundo Costa 26 de novembro de 2016 - 10:57

– Pretendo morar em Portugal. Eu e minha família. Sou funcionário público e já requeri a minha aposentadoria, estou aguardando o prazo de 91 dias para me afastar das atividades, como determina a lei aqui no Brasil. Na pesquisa que fiz: – terei que entrar com o pedido de dispensa e uma declaração, para não ser obrigado a apresentar a declaração do imposto de renda no Brasil. Depois terei que informar para a fonte pagadora, ou seja, para a Previdência Social, para que não seja deduzido o imposto de renda na fonte aqui no Brasil, por passar à ter residência definitiva em Portugal. Ao chegar em Portugal serei isento de impostos por dez (10) anos, após os seis (6) meses de residencia em Portugal.

– Não estou conseguindo entender o fato de os brasileiros estarem sendo taxados com imposto aqui no Brasil e mais 25%, por morarem fora do Brasi. Entendo que deva ter ocorrido erro no procedimento necessário. Me fale sobre este assunto?l

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:53

Gostaria de saber se já foi residir em Portugal.
Essa história dos 25%, pelo que pesquisei a respeito, só existe para quem não paga ao imposto de renda na fonte. Conforme você falou de comunicar à Previdência Social sobre sua residência deifinitiva em Portugal, inibe a bitributação. Só não estou certa de qual dos descontos deixa de existir. Se o da fonte pagadora ou os 25%
Se puder se comunicar comigo, envia email para [email protected]
Podemos trocar conhecimento

Responder
Fernando Ferreira 17 de novembro de 2016 - 20:31

Eu acredito que, para aposentados com bons meios de subsistência, não há melhor país no mundo para viver do que Portugal. Há de tudo (em variedade e em quantidade), a segurança é assinalável, o clima é do melhor que existe na Europa, a gastronomia é excelente, a vida é relativamente barata, etc.

Responder
Fernando Batimanza 7 de novembro de 2016 - 14:54

Boa tarde!!
Gostaria de saber sobre quem é aposentado por empresa Portuguesa no Brsil. Como que fica para pedir cidadania.

Responder
Lilian 6 de novembro de 2016 - 10:03

Bom dia
Tenho cidadania portuguesa e gostaria de saber informações sobre auxilios e benefícios q há em portugal caso decida ir morar lá.

Responder
Elisa 2 de novembro de 2016 - 23:49

José Rodrigues

Só poderei viajar em fevereiro devido as vacinas de ninhas cadelinhas. Entretanto gostaria de providenciar o visto mas esbarrei no endereço em Portugal. O que posso fazer para garantir um endereço para a embaixada e para chegar com minhas cadelinhas?

Agradeço qualquer ajuda.
Obrigada

Responder
Célia Collazzo Loureiro 4 de novembro de 2016 - 21:41

Boa noite! Tenho 56 anos e sou enfermeira. Tenho cidadania portuguesa. Vc acha possivel conseguir emprego como enfermeira? Tenho experiência em Saúde da Família e Pronto Socorro. Pós graduada em Administração hospitalar e Pós em Urgência e Emergência. Obrigada. Célia

Responder
jose rodrigues 30 de outubro de 2016 - 02:41

Olá a todos, sou cidadão português e, sendo minha esposa cidadã brasileira (servidora pública estadual e professora universitária) vivo entre Portugal e Brasil (Nordeste). Fui muito bem recebido no vosso pais, quer na cidade onde moro, quer por todo o lado por onde viajei (falta-me conhecer o sul), por isso é da mais elementar justiça verbalizar a minha gratidão.
No momento, está ocorrendo um fenómeno de descoberta ´- por parte de aposentados de outros países da UE, especialmente italianos e franceses – de Portugal como opção de residência devido a variados factores: clima ameno, segurança, boa infraestrutura, baixo custo de vida, etc.
Por outro lado, durante a crise que nos assolou emigraram muitos jovens adultos altamente qualificados agravando ainda mais a desertificação populacional.
Resumindo: precisamos de gente. O governo português optou por abrir as portas à “gente sénior”.
Pessoalmente, gostaria de ver muito mais brasileiros no meu pais.
Se alguém precisar de qualquer informação, faça o favor de dizer.

Responder
Célia Collazzo Loureiro 4 de novembro de 2016 - 21:38

Boa noite! Tenho 56 anos e sou enfermeira. Tenho cidadania portuguesa. Vc acha possivel conseguir emprego como enfermeira? Tenho experiência em Saúde da Família e Pronto Socorro. Pós graduada em Admisitração hospitalar e Pós em Urgència e Emergência. Obrigada. Célia

Responder
Jane Borges 31 de janeiro de 2017 - 09:18

Olá Estou preste a me aposentar , gostaria muito de ir a Portugal, se gostar já fico por lá, sou professora Servidora Pública, com experiência na pré escola e de secretaria Escolar gosto de trabalhar com crianças, ainda tenho bastante vigor para trabalhar, poderei trabalhar nestas area por ai?

Responder
Rosangela 26 de outubro de 2016 - 20:15

Prezados colegas.
Sou professora universitária aposentada. Já morei em Portugal por um ano, onde fiz meu pós doc. Agora, pretendo voltar mas queria saber sobre a possibilidade de trabalhar lá, já que tenho 56 anos, tenho meu salário de profa. titular aqui e queria continuar trabalhando uns anos mais. Aguardo-os e agradeço-lhes

Responder
Roberto Martins 19 de outubro de 2016 - 13:29

Sou funcionario publico aposentado. Minha esposa não, porem trabalha no Brasil.
Ela poderá trabalhar lá, caso mudemos para Portugal?

Responder
GIOVANE J FELIPE 18 de outubro de 2016 - 21:05

OBRIGADO MAYA. GRANDE AMIGA!

Responder
GIOVANE J FELIPE 18 de outubro de 2016 - 21:04

obrigado MAYA, PESSOA MUI DIGNA DE RESPEITO, PROSSIGA COM ESTE TRABALHO, POIS, LHE FARÁ IR MUITO ALÉM DE SUAS FRONTEIRAS. GRANDE ABRC.

Responder
MARIA JOSÉ GABRIEL 24 de setembro de 2016 - 18:21

Olá! Sobre a taxação do imposto de renda eu entendi. Mas tenho outra dúvida com relação ao pagamento do INSS. Continuamos pagando normalmente por aqui? Sou servidora federal, estou em processo de aposentadoria e vou viver em Portugal, por isso estou fazendo pesquisas e buscando pessoas que também estão pensando em sair do país. Uma dica para aqueles que querem comprar ou alugar imóveis na terrinha, vejam o OLX Portugal, pode ser que encontrem algo interessante. Um Abraços à todos e todas!! Maria

Responder
Mara 2 de setembro de 2016 - 16:54

Olá pessoal!
Que tal alguém que está de malas prontas nos ensinar o caminho das pedras.

Responder
pj barber 20 de agosto de 2016 - 21:11

Atendimento em lares, centros de acolhimento, instituições públicas e privadas, habitação própria, casa de familiares, clínicas, hospitais, centros de saúde, etc …
em LISBOA e arredores num raio de 20km.

Serviços de barbeiro prestados 24hr:
– corte cabelo normal
– corte cabelo especial
– barba

Orçamentos sob consulta.

CONTACTE-NOS. 913918918

Responder
SÍRIA GOUVEIA 20 de agosto de 2016 - 12:50

Gostei muito desse blog. Vou conhecer Lisboa no final de setembro e ficarei 10 dias, cinco em Lisboa e 5 em Porto. Ontem, eu e meu marido conversamos sobre a possibilidade de morarmos em Lisboa ou outra cidade que vamos conhecer agora. Somos aposentados.Euarudo desconta 27,5 % de imposto. Passaríamos a descontar menos,:não é verdade?

Responder
Lucia Vieira de Melo vecchione 7 de agosto de 2016 - 23:39

Não sou aposentada, tenho 58 anos tenho cidadania italiana, gostaria de saber se teria dificuldades em morar em Portugal. Intenção de comprar um apartamento e fazer aplicações para viver da renda da mesma… E quanto em valores poderia transferir.

Responder
francisco garcia 3 de agosto de 2016 - 18:56

Maya…Sou aposentado meu filho quer fazer mestrado no Porto….Gostaria de saber se terei que pagar IR aqui no Brasil 27% e mais os 25% ai em Portugal

Responder
Maria A. Rodrigues 8 de agosto de 2016 - 17:04

Boa tarde Maya…sou aposentada e ganho 1.245,00 gostaria de ir embora para Portugal definitivamente tenho até como comprar um pequeno imóvel por la, sabe se seria possível??

Responder
Maria Ivaneide 25 de julho de 2016 - 20:32

gostaria muito de mora em portuga, hoje sou aposentada e tenho amigos morando la pergunto o que necessário.

Responder
Edson Norton 22 de julho de 2016 - 19:40

Maya,
Eu estava em dúvida quanto a Portugal ou Florida, mas, depois de ler seu blog e os comentários, já me considero com um pé na Terrinha. Muito obrigado por ter-se disposto a criar e manter seu blog. E muito sucesso pra vc!!!

Responder
Luiz 22 de julho de 2016 - 18:34

Olá, Maya! Gostaria que me respondesse as perguntas que te fiz no dia 21/07/2016.

Responder
Luiz Santos 26 de julho de 2016 - 07:08

Obrigado, Maya! Não quero ser demagogo, longe disso. serei sincero no que vou escrever. Na situação que o Brasil está, em todos os aspectos, vi que a esperaça de muitos é a saída do país, lógico que isso se aplica a diversas situações e modos. Como eu e muitos, navegando pela net, vimos que é possível ter um alento de esperançã e é o que vejo em seu blog, traz avivamento nos sonhos e renova as esperanças em ter uma melhor qualidade de vida. Parabéns e que Deus te abençoe muito!!! Abraços.

Responder
Filipe Cav 15 de agosto de 2016 - 01:10

Luiz, pelo que pesquisei, quando da saída definitiva, você deixa de pagar o IR progressivo do Brasil, com faixa de isenção até determinado valor, e paga o desconto de 25% sobre o total do que receber. Assim, se você receberia 4.600 reais aqui no Brasil sem descontar o IR, lá receberia 75% desse valor, que convertido a taxa do euro de hoje, daria 969 euros. O salário mínimo está em 530 euros, dessa forma você receberia 1,82 salários mínimos do país. Pesquise os custos de aluguel e de vida em Portugal e preços de supermercado, para ter uma ideia.
Lembrem que os investimentos em renda fixa no Brasil são os que tem uma das maiores remunerações do mundo. Hoje o títulos do Tesouro Direto pagam cerca de 5,7% ao ano mais a correção da inflação. Se você contar que a inflação no Brasil é alta e em Portugal é baixa, esse dinheiro vai render muito mais no Brasil do que em Portugal. Eu penso em deixar algo aplicado aqui, e aos poucos ir fazendo remessa para o exterior.
Veja os links com custo de vida, preço de mercado, como transferir dinheiro, etc.

http://www.continente.pt/
http://www.eurodicas.com.br/custo-de-vida-em-portugal/
http://www.eurodicas.com.br/hangout-morar-em-portugal/
http://www.eurodicas.com.br/transferwise-como-funciona/

Responder
cida santos 22 de julho de 2016 - 14:01

Muito bacana seu blog. Parabéns. Tb estou pensando em ir. E acabei aqui nessa série absolutamente bonita desses comentários.

Responder
Luiz Santos 21 de julho de 2016 - 08:16

Bom dia! Tenho interesse em me mudar para Portugal, vivendo como aposentado. Receberei por volta de R$ 4600,00 mensais, com o desconto de irpf, sobrará em torno de R$ 4300,00. Quero saber se com esse valor para ser convertido em Euros, será possível ter um padrão básico para morar. Vou comprar uma casa também. Tereique pagar mais irpf aqui no Brasil, para poder receber em Portugal? Já sei que terei isenção por dez anos lá.

Responder
Gracinda Figueira 19 de novembro de 2016 - 21:49

Luiz, desde que tenha a casa já paga, esse valor é suficiente para fazer uma vida cómoda em Portugal. Imagine, o salário minimo é de cerca de 500 euros e temos famílias a viver só com esse salário, não muito bem ,claro!

Responder
Ju 19 de julho de 2016 - 20:11

Boa noite,

Sou aposentada e tenho filhos maiores de 18 anos que gostariam de me acompanhar! Sabe informar se o benefício se estende a eles?

Muito obrigada!

Responder
PAULO HENRIQUE 12 de julho de 2016 - 18:43

Boa noite, Maya!

Sou aposentado como funcionário público do Estado do Rio de Janeiro.
Comecei a procurar orientação sobre a possibilidade de morar em Portugal ou Espanha. É claro que muitas perguntas devem ser respondidas. Porém, a primeira que devo fazer é: meus rendimentos são suficientes; ou ainda, pelos meus rendimentos Portugal concederá o visto? Diga-me, por favor, Qual o rendimento mínimo necessário?
Desde já, muito obrigado pela ajuda.
Paulo Henrique.

Responder
PAULO HENRIQUE 3 de outubro de 2016 - 11:58

Obrigado, Maya!
Já reuni todos os documentos e já preenchi o pedido on line.
Agora, preciso me preocupar onde morar e onde meu filho estudar.
Então, peço a sua ajuda para que me algumas dicas, se souber:
1- Carcavelos é um bom lugar para se morar?
2- Em Lisboa há bairros que devo evitar? Quais seriam os mais indicados?
3- Entre lisboa e outras cidades (como Algarve, Porto, Coimbra) há muita diferença em qualidade de ensino para uma criança de 12 anos?
4- Eu consigo matricular meu filho no meio do ano letivo em um colégio particular (Marista) ou público?
Mais uma vez, muito obrigado.
Abraço,
Paulo Henrique.

Responder
Gracinda Figueira 19 de novembro de 2016 - 21:42

Paulo Henrique, você e outros intervenientes, quando questionam a Maya Santana, sobre as vossas dúvidas, 95% das respostas, são iguais: Liguem ou vão aos consulados, procurem no site tal e tal. Ora bem têm dois intervenientes que já vos esclareceram mais do que Maya, a Eliana de Souza e o Martin, mas insistem…meus amigos, vão ao motor de busca do Google e ponham a questão, que ele direcciona-vos para sites respectivos e depois se ainda houver dúvidas, procurem as respostas nos consulados e também na Receita Federal (Finanças em Portugal). Mas nunca tomem uma decisão, sem esclarecer tudo no Consulado, para não haver surpresas. Sobre a sua questão, Carcavelos é muito bom para morar e não é tão caro,quanto Estoril ou Cascais. Não existem bairros perigosos em Lisboa, mas há bairros de gente mais humilde, de africanos e outros onde ainda existe droga, mas de uma forma tranquila. Somos considerados o 5º país do mundo mais seguro. A qualidade de ensino é idêntica,a oferta de colégios ou escola é maior na capital. Talvez, e aqui digo talvez, o Algarve, sendo uma zona mais turística, tenha menos oferta e qualidade. Não acredito que consiga a matricula a meio do ano.mas na Net, pode consultar o contacto dps colégios. Na zona Carcavelos, os melhores são os Maristas e os Salesianos e pôr a questão. As aulas, ano lectivo, terminam em Junho e recomeçam em Setembro, oscilando um pouco, dependendo dos colégios. Os Maristas custam cerca de 600 euros mensais.E os colégios deste nível andam por estes valores. Mas as escolas oficiais, têm um bom ensino. O nível de vida é um pouco mais caro do que no Brasil, mas já não há grandes diferenças. Quanto a mim, existem apenas 3 fatores que vocês poderão estranhar: Somos mais reservados e sérios e o clima no Inverno! De resto Portugal é um país
maravilhoso e sejam benvindos!

Responder
Bartolomeo 1 de abril de 2017 - 15:35

gostaria cara Gracinda saber algumas informaçoes por email..é possivel? meu email é[email protected]……..sou do sul do Brasil professor aposentado 68 a casado…e tenho planos de vir a port..ver e se der ..morar..acho que este pais aqui nao tem cura..esta num cacer estagio metastase…currupção total…povo alienado so qer samba futebol carnaval…eu nao aguento me perdoemm..acho ai um pais de povo mais maduro e nivel…me desculpe

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:19

Parabéns! Até que enfim li que alguém questionou as respostas dessa moça Maya.
Ela não esclarece nada. Só diz para procurar a embaixada.
No caso do nosso amigo que você ajudou, ele até havia dito que já estava em Portugal e ela mandando ele procurar a embaixada no Brasil.
A ajuda dela é quase nula.

Responder
rafael lopes 11 de julho de 2016 - 16:16

oi mary ´gostria de tirar algumas duvidas com voce eu sou aposentado e vim para portugal agora recente tenho minha esposa e 03 filho menores de 18 anos gostria de saber se eu tenho como conceguir a residencia aqui sendo que meu salario e so 2.063 reais se caso poder mim ajudar serei muito grato …obrig.

Responder
Marcio França 5 de julho de 2016 - 15:55

olá Mary! sou Brasileiro, neto de Portuguesa e estou tirando a dupla cidadania. Estou aposentado por invalidez após ter feito transplante, gostaria de morar em Portugal, seria possível?
Grande abraço, obrigado.
Marcio França
Santa Catarina

Responder
Mariana 4 de julho de 2016 - 10:30

Maya, você teria um modelo de “carta justificativa” para nos enviar? Estamos levantando a documentação para conseguir o visto D7, mas estamos sem saber o que eles esperam que a gente escreva…

Responder
MILTON MACHADO 4 de julho de 2016 - 02:17

Gostaria de saber qual o mínimo de rendimento de aposentado para ter a condição.

Responder
Mary lene Gomes dourado 30 de junho de 2016 - 10:39

Olá ,estou me aposentando e minha filha vai fazer faculdade em Portugal. Estou terminando meu curso de estética. Quero morar em Portugal como aposentada e trabalhar com estética em casa e ficar perto da minha filha.Será que consigo, devo ir primeiro como turista ?Tenho amigos residentes em Portugal. O que fazer primeiro.

Responder
Nelson Serra 21 de junho de 2016 - 19:18

Sou militar aposentado , e pretendo morar em Portugal , gostaria de saber , sobre a possibilidade de transferência. de salario via banco , taxas cobradas , IR , quais as facilidades com relação a planos de saúde , . tenho plano no Brasil , facilidade para alugar imóvel para morar , enfim qual o período que terei ter morar em Portugal , para que seja considerado residente ? Solicito também informações sobre documentos necessários , exigidos pelo Consulado para minha inscrição.
Dese já agradeço a todos que possam me ajudar nessa informações .

Att.

Nelson

Responder
Eliane Maria de Souza 15 de junho de 2016 - 20:43

Olá Nivaldo e Ana Claudia, tive as mesmas dúvidas que vcs. e já resolví. Sou aposentada do serviço público federal e vou embora para Portugal o ano que vem. Recolho 27,5% de Ir e quando preencher o Ir de saída definitiva do Brasil, a própria Receita Federal lhe envia um formulário que será entregue no seu pagador ou empresa e vc. deixará de recolher o seu IR normal que pode ser de 15%, 20% e vai pagar definitivamente 25%.Verifique: http://idg.receita.fazenda.gov.br/acesso-rapido/legislacao/acordos-internacionais/acordos-para-evitar-a-dupla-tributacao/acordos-para-evitar-a-dupla-tributacao#portugal ; TEM OUTROS:http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/83762009-3DC2-47FC-ABBE-35EFE35E8865/0/IRS_RNH_PT.pdf
http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/declaracoes-e-demonstrativos/dirpf/comunicacao-de-saida-definitiva-do-pais/irpf-comunicacao-de-saida-definitiva-do-pais. Pesquisei muito, falei com o Consulado, com a Receita Federal e tive todas as respostas. Agradeço à Maya que me incetivou. Obrigada e vamos todos ser felizes em Portugal.
Eliane Souza

Responder
Catia Ines Polli 4 de julho de 2016 - 17:21

Olá Eliane,

Fiquei tão feliz quando li teu comentário para o Nivaldo e Ana Cláudia que resolvi te escrever para mais algumas perguntas.
Meu nome é Catia e moro em SC. Estou encaminhando minha aposentadoria (sou func. da Fazenda Estadual)e tbém vou dar entrada no visto para residir em Portugal.
Estava bem preocupada com essa questão dos tributos federais.Com teus esclarecimentos fiquei mais aliviada e vou correr atrás.
Posso fazer contato contigo para maiores esclarecimentos sobre esta empreitada de mudar para Portugal ?
Um abraço e obrigada.
Catia Ines

Responder
william vieira carvalho 20 de outubro de 2016 - 23:18

Ola Eliane Maria de Souza, tudo bem?
Meu nome é William Vieira e Estou me aposentando também em fev/17 e gostaria e ter certeza que estarei dando um passo seguro e que depois o Brasil não faça a bitributação sobre o meu salário.
Vi os sites que vc relacionou, mas não tenho muito certeza sobre os 27,5% e depois mais 25%. Vc poderia me passar um telefone ou e-mail que eu possa me comunicar com vc e colher maiores informações sobre o assunto?
e-mail – [email protected] Tel 21-991164400 William Vieira.
Obrigado pela atenção.

Responder
Emília Costa 25 de novembro de 2017 - 00:52

Prezada Eliane também sou funcionária pública aposentada e não consegui saber como o governo federal vai pagar minha aposentadoria em Portugal? Eu recebo pelo Itaú. Como foi com você? Obrigada

Responder
Nivaldo J V Santos 14 de junho de 2016 - 09:28

Olá Maya, bom dia!
Obrigado pela criação deste espaço.
Estou próximo de me aposentar e minha duvida é quanto a obter o visto de residente.
Posso manter o recebimento de meus proventos no Brasil e apenas transferir entre contas daqui para outra conta em Portugal, pagando apenas as taxas bancarias e IOF ou para ter direito ao visto de residente terei que realizar a transferência de recebimento para Portugal e pagar o imposto de 25% no Brasil?
Obrigado,

Responder
Veronica Duran 12 de outubro de 2016 - 02:51

Essa tb é a minha dúvida

Responder
Ana Claudia 3 de junho de 2016 - 18:42

Sou aposentada pelo Ministério Publico e pretendo ir morar em Portugal.
Como fica a questão da tributação? Tenho que tributar nos 2 Países? Ou posso tributar em apenas um País? Como proceder nesta situação? Tenho que pagar o IRPF e mais os 25% pelo envio do dinheiro para receber no banco em Portugal? Agradeço desde já a atenção!

Responder
Soraya 1 de junho de 2016 - 20:57

Adorei este artigo!!!
Estou aposentada, vou em busca de mais informações!

Responder
Martin 23 de maio de 2016 - 22:06

Fui passear e retornei recentemente de Portugal. Para um casal de aposentados brasileiros, tudo é bom na Térrinha. Não existe maus odores em lugar nenhum, nenhum!. Cidades limpas, sem fuligens de qualquer espécie. O custo de vida é acessível. Transportes públicos e rodoviários de boa qualidade. Costumes de alimentação equiparado aos padrões tupiniquins. São corteses, mas formais. Segurança total e irrestrita. Aluguel Ap 60m2a a partir de= E$400,00. O vizinho do ap de cima tem Mercedes SW, o vizinho do ap debaixo tem Volvo, o vizinho do lado tem BMW SW, o outro tem Audi, outro Alfa, C5, ou seja: carro não é status. Ah! não existem estacionamentos cobertos, todos pernoitam ao relento (regra geral), e os prédios não dispõe de porteiros. Salário minimo E$530.00; Salário do Primeiro Ministro E$6,000.00. Com E$80,00 enche-se o carrinho no supermercado. Portugal apresenta temperaturas mais elevadas da Europa, assim, está sempre fervilhando de turistas endinheirados. Para os nossos padrões, o inverno é rigoroso, pense nisso se você está acima dos 50 (dói tudo). De modo geral, os cidadãos são quietos, um tanto tristes. As autoridades sociais estão iniciando em Lisboa um programa para incentivar a integração e convivência entre os vizinhos chamado “Meu km²” (pesquisem na net). Um cidadão confidenciou-me que ser idoso é ser esquecido pelos próximos (cuidadores custam muito $$). Exceto o clima, eliminatório para os de meia para terceira, saberemos extrair o que de melhor aquele belo país oferece.

Responder
Marcia Fagundes 6 de novembro de 2017 - 21:46

Gostei muito de seu comentário. Tenho 56 anos e tenho vontade de ir. Mas penso na questão da saúde. Sou diabética hipertensa é aposentada por invalidez (LER ). Na verdade queria sombra e água fresca….quem sabe viajar pela Europa.
Adorei o site e este artigo.
Um abraço.

Responder
Célia Ferreira 10 de maio de 2016 - 21:20

Olá Maya ,
Sou professora aposentada e gostaria de morar em Portugal , tenho um filho maior ele trabalha , gostaria de levar ele , tem como ?!

Responder
Eliane Maria de Souza 4 de maio de 2016 - 20:59

Olá Maya, sou procuradora federal aposentada do serviço público, tenho 67 anos e pretendo morar definitivamente em Portugal a partir de 2017 pois logo minha filha irá fazer Mestrado na Universidade do Porto. O que me está deixando muito ansiosa são os encargos. Todos dizem que estão retendo 25% do IR dos aposentados que moram em Portugal, apesar do acordo bilateral. Como já retenho 27% de IR, será que eu teria que ainda recolher mais 25%?
Obrigada, se puder me dar essas informações.
Abraços
Eliane

Responder
Carmei 28 de junho de 2016 - 23:00

Creio que vc devera comparecer ao centro de atendimento ao contribuinte da Receita Federal em sua cidade que tera a orientacao que precisa sobre tributacao e procedimentos a sere tomados .

Responder
Marileide de Melo Nonato 30 de setembro de 2016 - 14:58

Oi Elaine. Tenho a mesma dúvida que você. Já ouvi de tudo. Sou também aposentada do governo federal. Recebemos pelo Tesouro Nacional. Que eu saiba não dispomos de um nº de benefício e que o Tesouro não transfere pagamentos para o Exterior. Não sei se essas informações que obtive estão corretas. Também estou pretendendo ir no início do ano que vem, Você conseguiu obter as informações?. Por favor, se conseguir poderias compartilhar comigo?. Meu e-mail é: [email protected]

Responder
Mario Mattos 8 de março de 2017 - 17:30

Cara Eliane, embora seja tributada na faixa dos 27,5, de fato, você deve estar efetivamente pagando entre 20% e 25% de imposto, pois nossa tributação é por faixa de renda e, também, há os abatimentos e deduções. Essa tributação sobre a aposentadoria não é cumulativa. Paga-se 25% sobre o salário bruto, mas não há nova tributação em Portugal. Assim, você pode considerar como referência o seu salário líquido atual, convertido em euros. Na verdade, para a sua faixa de renda a tributação de 25% não é onerosa, pois além de ser próxima do que você já paga hoje, a retribuição será em serviços de padrão europeu. Resumindo: ao transferir seu domicílio fiscal para Portugal, você estará dispensada de fazer declaração de renda no Brasil e a sua renda de aposentadoria estará isenta de tributação em Portugal.

Responder
sebastião marcos 23 de maio de 2017 - 14:07

Caro José Carlos, sou aposentado de um órgão do Judiciário Federal (TRE), lá me informaram que meus rendimentos tem que ser depositados no Brasil. Além disso ha a dúvida se essa isenção em Portugal é por apenas 10 anos, já pensou depois descontar aqui 25% e mais o IR de Portugal, ficaria inviável.

Responder
José Carlos do E Santo 2 de abril de 2017 - 22:43

Neste caso não so vai pagar os 25% e mais nada. Não desconta mais o IRPF E O INSS.

Responder
Sebastião Marcos Ferreira 14 de junho de 2017 - 17:44

Caro José Carlos

Estas certo, enviei e mail pra o que seria a RECEITA FEDERAL em Portugal e a informação que me deram foi exatamente a mesma que você, 25% aqui e isento lá. Acho que vale a pena. Obrigado

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 12:19

Prezada, eu, como você, sou servidora pública aposentada e também contribuo com 27,5% sobre meus vencimentos para o Imposto de Renda.
Realmente, estaremos contribuindo por duas vezes aos cofres Federais.
Pela data da sua postagem, é possível que você já tenha ido para Portugal e possa me ajudar esclarecendo o que ocorreu com você.
Aguardo seu contato.

Responder
Nilton 21 de setembro de 2017 - 15:49

Estou na mesma situação, por favor, faça contato comigo.
Aguardo seu contato.

Responder
Nilton 21 de setembro de 2017 - 15:51

Estou na mesma situação, por favor, faça contato comigo.
Aguardo seu contato.
Obrigado!

Responder
nilza henrique bezerra 2 de maio de 2016 - 02:11

Gostei muito das informaçoes.

Responder
Meire 24 de abril de 2016 - 20:41

Ola tudo bem, meu nome e Meire tenho 56 anos e sou pensionista, tenho cidadania portuguesa pois meu falecido marido era português, nesse caso como faço para transferir minha aposentadoria para Portugal?

Responder
Isabel Viso 29 de maio de 2016 - 11:25

Meire, acho que você tem que verificar isso junto ao INSS. Minha sogra, portuguesa vivendo há muito no Brasil, teve que resolver em Portugal quando saiu o benefício dela e transferir para o Brasil.

Responder
Sandra Lima 7 de abril de 2016 - 17:37

Sou aposentada.

Gostaria de passar um tempo em Lisboa e para tanto acredito que alugar um studio ou pequeno apartamento seja o ideal. Precisa ser um imóvel que aceite gatas(2). Num bairro próximo ao centro ou no próprio centro.
Poderiam me informar sobre o preço dos aluguéis.
Agradeço a atenção.

Sandra

Responder
KENIA APARECIDA PIRES DE PAIVA 3 de agosto de 2016 - 22:36

Sou aposentada com 1 salário mesmo assim posso morar em portugal, se eu puder enviem uma resposta pelo meu e- mail por favor explicando que procedimentos devo tomar

Responder
João Soares 31 de março de 2016 - 08:18

Maya, bom dia!
Fiquei muito interessado no assunto, já estive no Panamá verificando tambem sobre os benefícios que lá são oferecidos, mas Portugal me parece mais atraente inclusive porque meus avós eram portugueses. Sou sozinho e aposentado a mais ou menos um ano e meio e ainda estou trabalhando, mas estou pensando em sair do país para um lugar mais estável onde possa usufruir melhor da aposentadoria. Como e onde eu obteria dados com valores atuais de custo de vida local?

Responder
Cecille 1 de junho de 2016 - 19:15

Caro João, leia no link abaixo se você se qualifica para o mercado de Portugal
http://info.portaldasfinancas.gov.pt

Responder
Elizabeth Fernandes 27 de março de 2016 - 07:43

Ola sou Elizabeth Fernandes
Sou aposentada brasileira e meu marido esta para se aposentar no final deste ano e tenho dois filhos maiores desempregados!!!!!
Ufa!!!!!
Quais são minhas chances de morar em Portugal nesta classificação de aposentada com minha família inteira????????????

Responder
Marcio Benevenuto 21 de março de 2016 - 18:56

Boa Noite, sou militar aposentado, o fato de ser aposentado me impede de trabalhar em portugal?

Responder
ivan 19 de fevereiro de 2016 - 23:01

Boa noite, sou aposentado e gostaria muito de fixar residência em Portugal , sou divorciado e vivo a mais ou 15 anos com outra pessoa, união de fato, tenho uma filha de 7 anos de idade, como faço para legalizar a situação delas ? Desde já agradeço…

Responder
antonio kilola 18 de fevereiro de 2016 - 10:26

Seu comentário está aguardando moderação.

boa tarde
sou angolano e desejo residir em Portugal apos a minha aponsentação, que será já em marrço do ano em curso
o que faço a partir de luanda? quanto aos documentos pessoais, tenho passaportes e não sou casado ainda, quero ter todas informações possíveis
obrigado

Responder
Alberto Neves 1 de março de 2017 - 01:14

Boa noire. Ja estive em Portugal muitas vezes e agora pretendo permanecer por um ano.Caso entire com o pedido e inicie toda a documentaçáo Por orgâos competente de lá, o que devo fazer? Onde Terei que me dirigir? Já cheguei a permanecer por até Quattro messes em uma das vezes, e cheguei a ter uma conta no banco Bes .Agora que estou aposentado pretendo extender minha permanencia. Mas perdi um pouco da paciencia com burocrcia e Tudo Mais.

Responder
Christiane 12 de fevereiro de 2016 - 10:46

Olá, Maya,
Não consegui localizar as desvantagens mesmo no outro site indicado.
Mas a minha questão é: Depois de pedir o visto de residência o que devo faz? É só isso?
Tenho que fazer alguma coisa lá em Portugal?
Muito obrigada.
Christiane

Responder
Marta Castellano 10 de janeiro de 2016 - 20:17

Cristiane, boa noite.

Sou aposentada e vou começar a procurar um apartamento em Portugal, na realidade Cascais e gostaria de saber
qual melhor bairro, pode me sugerir?

Responder
Marta Castellano 10 de janeiro de 2016 - 20:18

Obrigada,

Abraços Marta

Responder
Priscila Roque 21 de janeiro de 2016 - 00:25

Olá, Maya
Obrigada pelo carinho e indicação ao Cultuga. Adorei o seu site. Tem uma proposta muito bacana 🙂
Um excelente ano e um grande beijo!

Responder
José Carlos 30 de setembro de 2017 - 10:27

Olá!! Cascais é um freguesia mais cara por ser ao lado de Lisboa, para quem ganha acima de 2000 Euros tudo bem da e sobra agora tem cidades lindas e mais baratas como Braga, Guimarães, Aveiro, Maia, Viseu, Faro, Coimbra e etc… Fica a seu critério e dentro de suas condições. Abraços !

Responder
ADRIANA MALTES DE SOUSA BELINSKI 23 de fevereiro de 2020 - 19:00

Boa tarde
Estou indo embora pra Portugal finalmente ano, e vou levar minha mãe aposentada comigo.. O único problema é que a aposentadoria dela é o salário mínimo do Brasil, será que ela vai conseguir ir e receber esse salário lá?

Responder
Cristiane 9 de janeiro de 2016 - 21:34

Li num outro site que esse benefício não se aplicaria aos brasileiros por causa da bitributação. O aposentado pagaria imposto no país onde recebe a aposentadoria. Você sabe se é verdade?

Responder
Cecille 1 de junho de 2016 - 18:39

O benefício tributário no momento é de isenção por 10 anos de impostos para cidadãos da União Europeia. Outra é a possibilidade de pagar 20% a menos de impostos na possibilidade de preencher requisitos para vagas de emprego de alta qualificação requerida pelo governo. Nesse 2o. caso não é necessário ser cidadão de EU.
Quando for a Portugal, mesmo que ainda não vá para morar, faça o código fiscal para cidadão europeu não residente e abra conta bancária. Talvez Santander seja melhor por ser um banco internacional. O código fiscal lhe é entregue impresso em papel, porém, lhe enviarão o cartão posteriormente por e-mail. Pode alugar uma casa, o aluguel é baixo, media 400 euros, só no centro é mais caro. Depois que já tiver moradia, comparecer ao departamento de polícia responsável para a emissão do cartão do cidadão, que é a identidade e residência. Bom se informar onde deve se dirigir no distrito e freguesia onde reside. Também, para se enquadrar nesta isenção de impostos deve informar sua residência e chegada assim que possível pois senão perderá o direito á isenção do ano base. Para que tudo se efetive a princípio terá que morar 6 meses no país. Posteriormente poderá entrar e sair quando necessitar lembrando-se residir 6 meses independentemente de época em Portugal. Dentro desse pacote de isenção para aposentados com renda significativa, uma família com por exemplo de 3 pessoas proprietárias de carro dentro da união Europeia podem entrar no país livre de pagamento de importação. No banco irão lhe pedir o código fiscal, o número de contribuinte no país onde reside, passaportes, um documento que comprove a residência e últimos 3 extratos do banco com depósitos de seu empregador caso esteja prestes a aposentar, extrato/ pagamento de aposentadoria e rendas que percebe. Cada banco também pode ter seus critérios por isso é recomendável entrar em contato para certificar-se da documentação e, não mera coincidência, mas os bancos em Portugal também tem seus planos para ser correntista incluindo a aquisição de seguro, cartão de crédito entre outros que variam entre instituições financeiras. Há um site do governo com os requerimentos …… gov.pt; volto a escrever assim que encontrar. Boa sorte a todos.

Responder
Wellington Francisco 17 de novembro de 2016 - 18:07

Boa tarde Cecille, estou aposentado e já arrumando as malas pra residir em Portugal, o meu problema é que estou com algumas duvidas. Hoje como está a situação do imposto de renda entre Brasil e Portugal? Dando entrada no pedido de residencia para aposentado, quanto meses o Consulado libera a autorização? Sou funcionário público, o meu salario será cotado pelo euro turismo ou o comercial?
Aguardo a sua resposta.

Responder
DENISE MARIA DE CARVALHO ABDO MAUA 14 de junho de 2017 - 08:54

Cecille, bom dia.

Estou com muitas dúvidas sobre o IR para aposentados.
Tenho como obter mais informações com você?

Obrigada

Responder
Cecille 1 de junho de 2016 - 18:53

Cristiane, para usufruir do benefício de isenção de imposto o residente deve ter sua posentadoria paga em Portugal. Portugal abriu as portas para que os aposentados tragam consigo a aposentadoria. Conheço pessoas da Inglaterra que não usufrui da isenção de impostos porque preferem talvez por motivo de segurança transferir dinheiro para conta bancária portuguesa, e dessa forma pagam imposto na Inglaterra.

Responder
Levino simões do viso 11 de junho de 2016 - 17:04

Não é verdade.Todos os brasileiros aposentados que irão para Portugal, pagarão 25% S/ AS AP0SENTADORIAS.iSSO É UM CRIME.

Responder
dr.amc 17 de junho de 2016 - 09:34

pelo que sei, somente pagarão o imposto se vc. for morar em um pais que não tenha reciprocidade na isenção de imposto Portugal e Brasil tem.

Responder
Sergio Ferrero 16 de setembro de 2016 - 12:26

exatamente assim, è previsto na legislaçao brasileira

Responder
Levino simões do viso 5 de agosto de 2017 - 14:43

Penso que vc. não entendeu;claro vc. não pagará imposto s/a aposentadoria que recebe do Brasil, mas….já estará taxada pela lei Brasileira em 25%.

Responder
José 26 de junho de 2016 - 00:32

Olá estava lendo em outro site, e está bitributacao não é aplicada em Portugal. Mas nós Estados Unidos o valor pode ser até 25.5% do benefício.

Responder
Fatima Medeiros 3 de junho de 2017 - 16:41

Eu tomei conhecimento de que para ir para Portugal, será registrada a sua saída do Brasil e a alíquota de imposto de renda é diferente, bem mais alta de quem mora. 25%
Isso será pago ao declarar o imposto todos os anos
Essa informação obtive com o auditor da Receita Paulo Roberto Nóbrega.
Então é um item para pensar com o lápis e papel na mao

Responder
vanice ferraz 26 de junho de 2017 - 16:55

Não é bem assim.
Leia a Portaria da SRF 208/2002

Responder
Levino simões do viso 5 de agosto de 2017 - 14:46

Penso que vc. não entendeu;claro vc. não pagará imposto s/a aposentadoria que recebe do Brasil, mas….já estará taxada pela lei Brasileira em 25%.

Responder
Ana Amelia 27 de março de 2019 - 10:30

Essa taxa será mensal ou uma ünica vez ao dar saída do Brasil?

Responder
José Carlos 30 de setembro de 2017 - 10:20

Olá ! Esclarecimento : Uma vez feita a declaração de saída definitiva do País será taxado em 25% e não precisará fazer mais nenhuma declaração no brasil.

Responder
Regi Monte 22 de maio de 2018 - 16:09

comentário objetivo e elucidativo. Obrigado.

Responder
Ana Amelia 27 de março de 2019 - 10:27

Então só se paga 25% uma única vez?

Responder
Edson Fraga 11 de agosto de 2017 - 16:27

Há jurisprudências que desobrigam o pagamento dos 25%, pessoas que conseguiram na justiça

Responder
Roberto Moura 14 de outubro de 2017 - 10:35

Não há mais. Antes, até se conseguia isso.
Atualmente, o governo Temer “descobriu” essa brecha na lei e fez uma emenda.
Agora, TODOS pagam os 25%, seja doente ou não.
Até se ganhar um só salário mínimo, se sair do Brasil, paga.
É quase uma “punição” por sair do Brasil.
Triste isso.

Responder
vivaldo doretto 24 de outubro de 2017 - 19:29

gostaria muito de morar em potugal mnha avo era portuguesa no momento não tenho dinheiro o suficiente para cstear minh ida queria saber se posso pagar minhas despesas de passagem e moradia la com trabalho e residir no mesmo lugar

Responder
Paula Almeida 27 de novembro de 2015 - 15:25

Não foi evidenciada nenhuma desvantagem.
Com certeza deve haver, não? Mas quais.
Desde já, porém, sou forte candidata.

Responder
Levino simões do viso 11 de junho de 2016 - 17:03

Sua(e minha tbém) aposentadoria será taxada em 25% ,ou seja, dinheiro da aposentadoria chegará lá em Portugal apenas c/3/4.E a
bem da verdade diga-se, essa taxação é por parte do Brasil.

Responder
MARISTELA BAETA CORDOVA 21 de agosto de 2016 - 23:49

lembrando que mesmo que nao saia do Brasil contuará sendo taxado pela Receita Federal!!!

Responder
Fatima Medeiros 3 de junho de 2017 - 16:42

Maristela, é diferente a alíquota de IR de quem declara saída do País. Realmente é muito alta.

Responder
José Carlos 30 de setembro de 2017 - 10:08

O problema é que o desconto de 25% é em cima do salário bruto por isso que é um absurdo. Se fosse só em cima do salário base daria para respirar

Veral Lúcia de castro 5 de dezembro de 2016 - 15:50

A onde você soube dos 25%fui na receita e falaram não ter isto!

Responder
Levino simões do viso 5 de agosto de 2017 - 14:28

É a lei Brasileira Vera Lucia.É verdade.Quer confirmação? Entre no youtube e procure o site do “O ZUCA que virou TUGA”,trata-se de um brasileiro que reside em Lisboa há 09 anos e tem diversos videos de orientação à Brasileiros.Eu sou casado c/uma Portuguesa e portanto tenho dupla nacionalidade e mesmo assim não escapo dos 25%.

Responder
Flavia 6 de maio de 2017 - 22:37

PARA QUEM ALGUMA DOENÇA CRÔNICA NÃO É DESCONTADO.

Responder
Guyl 18 de agosto de 2017 - 15:41

É certo?

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais