Eis a 1ª geração que viverá menos que seus pais

Por Maya Santana

A falta de exercícios leva,inevitavelmente, à obesidade

Um estudo que analisa dados de Brasil, Estados Unidos, Grã-Bretanha, China e Índia alerta que o crescente sedentarismo nestes países ameaça formar a primeira geração de jovens que viverá menos que seus pais. O trabalho, que tem o American College of Sports Medicine como coautor, conclui que em 2030 a inatividade física pode abreviar em até cinco anos a expectativa de vida, caso seja mantido o ritmo atual.

As projeções, que tiveram a participação de 70 especialistas ligados às áreas de saúde e educação física, indicam que em 18 anos o Brasil terá diminuído em cerca de 34% os níveis de atividade física desde o começo da década passada. Somente entre 2002 e 2007, a queda foi de 6%.

Segundo Lisa MacCallum Carter, executiva global da Nike, que também é coautora da pesquisa, o País começa a sofrer os males que já são sentidos há algumas décadas pelos países mais desenvolvidos – de 1965 a 2009, a queda da atividade física nos Estados Unidos foi de 32%.

“As máquinas e carros têm feito as atividades físicas por nós, e isso é uma coisa boa, pois apreciamos o padrão de vida moderno. Mas é preciso observar a quantidade de movimento que é perdida por isso e buscar formas de compensar”, afirma a executiva. “Se uma criança está ameaçada de viver uma vida mais curta que seus pais, este é o oposto do progresso humano.”Leia mais em www.estadao.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





2 Comentários

Anonimo 11 de janeiro de 2015 - 19:38

Essa geração vai viver menos que as gerações anteriores porque a nossa alimentação é puro veneno está cheia de química .Hoje as pessoas comem muito alimento industrializado e esses alimentos são na maioria transgênico.E para piorar as frutas e verduras que se dizem ser saudáveis estão ceia de agrotóxico. É mais do que logico que esses jovens de hoje vão viver menos que seus pais e avos até eu que sou leiga no assunto vejo isto.Nunca teve tanto casos de canceres como está tendo hoje .tantos jovens e crianças obesas .Tudo isso é devido a esses alimentos industrializado.

Responder
Anonimo 19 de janeiro de 2014 - 23:01

Até que enfim se chegou a conclusão que essa geração irá viver menos que seus pais.Até então se achava que com o avanço da medicina desse seculo as pessoas viveriam mais que as pessoas do seculo passado.Porem agora chegou-se a uma conclusão que não.Não precisa de ser medico para ver isto,qualquer pessoa leiga está vendo que essa geração estão envelhecendo mais rapido, as pessoas nao tem mais saude.Nossos alimentos estão sem nutriente e pior de tudo o sedentarismo por causa da tecnologia que facilitou e muito .Culpa da tecnologia que nao serviu para nada,culpa da medicina que nao avançou em nada dizendo que iremos chegar aos 100 anos de idade mera ilusao.Meus avos chegaram aos 80 anos de idade nao sei se eu chegarei a idade deles.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais