Síndrome de Down: rotina de preconceito e superação

Por Maya Santana


1.° portador de Síndrome de Down com curso superior na Europa

Pablo Pineda tornou-se uma celebridade na Espanha. Não só por ser o primeiro portador de síndrome de Down que obteve um diploma universitário na Europa, como também por atuar como protagonista do filme “Yo, También”, de 2009, que narra a história de um agente social com a síndrome que se apaixona por uma colega de trabalho.

Aos 37 anos, ele tem licenciatura em Pedagogia e falta pouco para conseguir o segundo diploma universitário, também em um curso de magistério. Seu próximo projeto agora? Conseguir uma carteira de motorista.

“Quero tirar o documento porque nunca um portador de síndrome de Down foi visto dirigindo. Seria uma conquista muito importante para nós, além de me dar independência”, disse Pineda à BBC.

Ele é um dos rostos mais conhecidos de uma geração de jovens com síndrome de Down que vem rompendo as limitações pessoais, profissionais e acadêmicas.


Karen Gaffney é formada em pedagogia e quer nadar 14 quilômetros

Outro exemplo famoso é o de Karen Gaffney, também formada em pedagogia, que quer se transformar na primeira portadora de Down a cruzar a nado os mais de 14 quilômetros do lago Tahoe, nos Estados Unidos. Leia mais em www.bbcbrasil.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





2 Comentários

Magda carvalho 29 de agosto de 2012 - 19:21

Adoro seu blog

Responder
admin 29 de agosto de 2012 - 19:51

Muito bom saber que você vem aqui. Grande beijo.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais