fbpx

Em protesto, Dilma é mais rejeitada por mais velhos

Por Maya Santana

Entre maiores de 51, 98% achavam que ela está fazendo governo ruim ou péssimo

98% deles achavam que ela está fazendo governo ruim ou péssimo

Paulo Muzzolon, Folha de São Paulo

A rejeição à presidente Dilma Rousseff entre os manifestantes que foram ao protesto na av. Paulista, em São Paulo, neste domingo (12), é maior entre os mais velhos. Levantamento feito pelo Datafolha aponta que, entre aqueles com mais de 51 anos, 98% achavam que ela está fazendo um governo ruim ou péssimo.

A presença de pessoas nessa faixa etária foi marcante na manifestação. Segundo a pesquisa, 41% do público presente tinha mais de 51 anos. Apenas 1% deles achavam que a presidente faz um governo ótimo ou bom, mesmo percentual daqueles que consideravam o governo regular.

A manifestação reuniu 100 mil pessoas em São Paulo, de acordo com o instituto.

A rejeição também é alta entre os mais jovens, embora em patamar menor. Na camada de 12 a 20 anos, 85% consideravam o governo de Dilma ruim ou péssimo, índice que subia para 87% entre os de 21 a 25 anos. O percentual salta para 96% nas camadas de 26 a 35 anos e de 36 a 50 anos.

Na camada mais nova (12 a 20 anos) está a maior taxa de aprovação a Dilma entre manifestantes: 5%. Para 9% deles, o governo é regular. Mas eles eram apenas 5% dos presentes. A participação de jovens de 21 a 25 anos, entre os quais 3% aprovavam o governo, também foi pequena (6%). Nessa faixa etária, 11% consideravam o governo da presidente regular.

Considerando a média geral dos participantes do protesto, a reprovação a Dilma foi de 96%, enquanto para 3% o governo é regular. Apenas 1% dos presentes aprovam o segundo mandato Dilma. Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um × 1 =