fbpx

Empresário, 81, lança plataforma que ensina a envelhecer bem

Por Maya Santana

O octogenário Abílio Diniz dedica-se com seriedade aos exercícios

Maya Santana, 50emais

Além de ser muito bem sucedido na carreira profissional, como empresário, Abílio Diniz é o que também podemos chamar de um sucesso quando se trata de cuidados com a própria saúde. Ele não descuida nem um minuto, se exercitando duramente, todos os dias, e se alimentando de forma saudável. Por isso exibe um ar bem mais jovial do que os 81 de vida que celebrou no mês passado, abril. E porque se sente bem mais jovem do que sua idade, o empresário decidiu lançar uma plataforma para orientar as pessoas no caminho da longevidade. Abílio explicou o objetivo de sua plataforma nesta entrevista a Cláudia Colucci, da Folhapress, reproduzida pelo jornal Valor.

Leia:

O empresário Abilio Diniz lançou nesta terça-feira (15) uma plataforma digital gratuita voltada à longevidade com bem-estar. Aos 81, ele diz que se preocupa com o tema desde os 29.

A ideia é agrupar no espaço pesquisas e projetos amparados em evidência científica, além das experiências pessoais de indivíduos e de organizações que estão fazendo a diferença nas questões do envelhecimento.

O Brasil experimenta um acelerado processo de envelhecimento populacional. Em 2030, o país terá mais idosos do que crianças pela primeira vez na história e isso já representa um dos principais desafios para o sistema de saúde.

“Envelhecer é uma certeza, envelhecer com qualidade é uma escolha. E, para isso, você tem que começar a se preparar antes”, diz Diniz, 81, que tem 6 filhos, 17 netos e 2 bisnetos.

Plataforma Plenae
A plataforma Plenae se ancora em seis pilares: corpo (sono, alimentação, exercícios), mente (estresse, aprendizagem), relações (família, comunidade), espírito (fé e meditação), contexto (renda, educação) e propósito (sentido da vida).

O empresário, que tem fama de brigão no campo empresarial, acaba de deixar o comando do conselho da BRF, dona da Sadia e da Perdigão, após disputa acirrada com os sócios da companhia.

Abilio afirma que o episódio provou que é capaz de dar “aula de acordo, de fazer as pazes”. “Meu propósito é ser feliz e compartilhar conhecimento”, diz ele, que espera viver mais “20 ou 30 anos”.

Como surgiu a ideia de criar essa plataforma digital voltada à longevidade?

Presto atenção em saúde e longevidade com qualidade há muito tempo. Comecei a me preparar para os 80 anos aos 29, quando comecei a fazer análise e trabalhar a cabeça. Era um cara realizado, dono de uma pequena rede de supermercados, pai de três filhos, mas vivia angustiado, tenso. Comecei a sentir dores no peito e o cardiologista disse: ‘Você não tem nada ainda, mas vai ter’. Comecei a cuidar do corpo, da alimentação, do sono, da espiritualidade. Envelhecer é uma certeza, envelhecer com qualidade é uma escolha.

Mas as pessoas mal conseguem se cuidar pensando no presente, como fazer isso pensando a longo prazo?

Não é fazer disso um problema, se estressando, mas saber que está construindo um ativo importante no envelhecimento. Eu tenho seis pilares nos quais eu me apoio: atividade física, alimentação, autoconhecimento, controle do estresse, espiritualidade e amor. Clique aqui para ler o restante da entrevista de Abílio Diniz.

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

cinco × três =

10 Comentários

Avatar
marcia moleiro 28 de agosto de 2018 - 21:07

Admiro demais esse empresario…o Brasil precisa de empresarios assim…gratidao

Responder
Avatar
Carlos 20 de maio de 2018 - 12:31

Sempre aprendo com esse mega empresário

Responder
Avatar
Claudia freitas 20 de maio de 2018 - 09:02

Ele vai ganhar mais dinheiro c essa plataforma? Ou compartilha por generosidade?

Responder
Avatar
Divino Santos 19 de maio de 2018 - 08:51

Trabalhei por 12 anos no Grupo pão de açúcar sempre admirei este ex patrão aprendi muito foi uma escola . PARABÉNS pela iniciativa.

Responder
Avatar
Maria Alice Romani 18 de maio de 2018 - 15:33

Muito obrigada por compartilhar seu conhecimento . Parabéns !!!!

Responder
Avatar
Dreisson Antônio Mefeiros 17 de maio de 2018 - 11:54

Muito legal o Sr. Abílio compartilhar seu conhecimento nessa área que também tão bem conhece! Congrats

Responder
Avatar
Maria de Lurdes Vilela Fenandes 17 de maio de 2018 - 10:59

ADMIRAÇÃO É A PALAVRA PRA ELE, ABÍLIO DINIZ…PARABÉNS E OBRIGADA POR DIVULGAR ESTA SUA PERFOMANCE

Responder
Avatar
Andréa 17 de maio de 2018 - 07:43

Não adianta nada, vai morrer do mesmo jeito, os vermes apreciam um corpo legal, já dizia a música, não entendo porque tanta preocupação com o envelhecer, aceitar é melhor e você não precisa ocupar tanto o seu tempo com esse tipo de preocupação, hora pra isso, hora pra aquilo, não posso isso não posso aquilo é deixa de aproveitar o melhor a velhice ou o amadurecer que é uma fase tão importante quanto as outras

Responder
Avatar
Pedro Santos 18 de maio de 2018 - 07:09

Estamos falando de qualidade de vida, morrer todos iremos. Mais como viver com qualidade é a questão.

Responder
Avatar
PAULO NASCIMENTO 28 de agosto de 2018 - 21:27

concordo com vc, ele ta se cuidando muito bem. se formos olhar a velhice do nosso pais….

Responder