fbpx

Entre 96 países estudados, o melhor para idosos viverem é …

Por Maya Santana

A Suíça é o país que ficou em primeiro lugar no levantamento, que é feito todo ano

A Suíça é o país que ficou em primeiro lugar no levantamento, que é feito todo ano

Não, infelizmente, não é o Brasil. Nesse novo estudo realizado pela organização Global AgeWatch, o país que deixa todos os outros para trás quando se trata de dar boa vida aos seus velhos é a Suíça. O Brasil ocupa a 56º posição, atrás do Panamá (20º), Chile (21º), Uruguai (27º), Costa Rica (28º), Argentina (31º), México (33º), Colômbia (36º), Equador (44º), Peru (48º), El Salvador (54º) e Bolívia (55º). Para elaborar o estudo, a Global AgeWatch levou em conta renda, saúde, educação, emprego e ambiente favorável.

Leia o artigo publicado pelo G1:

O Brasil está em 56º lugar no ranking dos melhores países no mundo para os idosos viverem. O dado é do levantamento anual Global AgeWatch Index 2015, feito pela organização HelpAge International em parceria com a Universidade de Southampton, nos Estados Unidos. Segundo o estudo, o melhor país no mundo para os idosos é a Suíça, seguido pela Noruega, Suécia e Canadá. Já o pior país do mundo para os idosos viverem é o Afeganistão.

O estudo avaliou o bem-estar social e econômico dos idosos em 96 países, levando em conta critérios como renda, saúde, educação, emprego e ambiente favorável. No ano passado, o Brasil tinha ficado em 58º lugar.

O setor em que o Brasil foi melhor avaliado foi o da garantia de renda entre os idosos: 81,9% dos 23,5 milhões de idosos no Brasil recebem pensão ou outra forma de assistência social, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nesse quesito, o Brasil ficou em 13º entre os 96 países avaliados pela pesquisa.

Por outro lado, ao avaliar se o país tem um ambiente favorável para os idosos, o estudo colocou o Brasil em 87º lugar no ranking. Um dos fatores que levou o país a ser mal avaliado nesse aspecto foi o número de denúncias sobre abuso de idosos, que chegou a 21.178 em 2014 segundo a Secretaria de Direitos Humanos do país.

América Latina
Entre os países da América Latina, o Brasil está atrás do Panamá (20º), Chile (21º), Uruguai (27º), Costa Rica (28º), Argentina (31º), México (33º), Colômbia (36º), Equador (44º), Peru (48º), El Salvador (54º) e Bolívia (55º).

Para o pesquisador Asghar Zaidi, da Universidade de Southampton, o indicador é vital para entender como é a vida das pessoas mais velhas nos países ao redor do mundo. “Ele nos permite comparar não apenas sua renda e saúde, mas também se os ambientes são amistosos aos idosos. O Index também mostrou que vários países ainda têm falta de estatísticas sobre isosos e gostaríamos de vê-los no relatório no futuro.” Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





1 Comentários

Maria das graças Aguiar HORN 11 de setembro de 2015 - 14:31

Muito interessante saber se tem esse condomínio em S P , preços e endereço… Obrigada

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais