Escritora, terapeuta, compositora, paranormal

Por Maya Santana
A baiana Halu Gamashi  dá cursos e palestras em países europeus

A baiana Halu Gamashi ministra cursos e palestras em países europeus

Tinda Costa

 Nosso encontro aconteceu num santuário da natureza: Itamambuca, um loteamento de alto luxo pioneiro na preservação ambiental, localizado a 15 km do centro de Ubatuba, SP. Rodeada pelos amigos e seguidores, Halu Gamashi nos recebeu com um abraço afetuoso e muita alegria. Halu tem muitos talentos – é escritora, terapeuta, compositora, paranormal – e uma estória de vida tão extraordinária que renderia roteiros para muitos e bons filmes.

Quando nasceu, em Jequié, na Bahia, seus pais lhe deram o nome de Mércia. Mas numa de suas muitas viagens astrais, seu guia espiritual passou a chamá-la de Halu Gamashi. Foi sua primeira professora, Olivia quem notou a paranormalidade da menina. Aos 3, 4 anos de idade, Halu começou a desenhar os blocos coloridos que via atrás das pessoas. A professora contou para a família que aquela criança podia ver a aura das pessoas.

um dos livros da paranormal

um dos livros da paranormal

Mas esse dom e o poder da menina de enxergar os espíritos dos mortos não foram bem recebidos pela sua família, descrente da existência de Deus. Aos 12 anos de idade, Halu foi iniciada nas ciências ocultas afro-brasileiras e, aos 26, nos conhecimentos da alma cósmica, através da abertura de seus chakras e do Hinduísmo Bramânico. As iniciações em diferentes culturas pelas quais passou tornaram Halu uma pessoa singular.

“Eu não sou como Chico Xavier, mas eu vejo o mundo espiritual. Eu não sou como Mãe Menininha do Gantuá, mas eu tenho um contato muito próximo com os orixás. Eu não sou como um mestre hindu, mas eu tenho uma abertura de chakras e sei astrologia hindu. Coisas que eles só ensinam entre eles, eu aprendi com as aberturas de chakras”.

A paranormal em Bruyère, na Suiça

A paranormal em Bruyère, na Suiça

Esse fenômeno, que acontece uma vez por ano com Halu, não é fácil de ser explicado. Mas todos que presenciaram esse processo contam estórias incríveis do que acontece durante esse período em que os centros de energia do corpo de Halu estão abertos. Ela reconhece que é uma fase muito produtiva e sente que seu potencial de cura aumenta bastante. Há casos de pessoas que deixam de ter problemas de saúde quando ficam perto dela.

Halu compõe músicas e escreve um livro cada vez que vive esse processo. Ela já tem uma dezena de livros publicados, nos quais procura dividir os ensinamentos que recebe de seus mentores espirituais. Li dois deles: “Caminhos de Um Aprendiz”, em que ela relata a sua descoberta do mundo espiritual através das suas viagens astrais, e “Chakras, a História Real de Uma Iniciada”, que testemunha essa sua experiência e exibe fotos das chakras abertas para mostrar ao leitor como o fenômeno se processa em seu corpo.

Halu não quer convencer ninguém sobre seus poderes paranormais. Pelo contrário, ela evita apelos publicitários e se nega a exibir sua mediunidade sem motivo. “Paranormalidade não é entretenimento” Halu disse para o apresentador Amaury Jr. que insistia que ela mostrasse seus “poderes mágicos” em seu programa de TV. Ela também não professa nem dissemina qualquer religião. Halu Gamashi só quer ajudar quem tem interesse em aprofundar sua espiritualidade. Nesse tempo em que se prioriza os valores materiais, os ensinamentos de Halu chegam em boa hora. Para saber mais, acesse o site: http://halugamashi.no.comunidades.net/


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





5 Comentários

KAREN PATRICIA BERG 28 de janeiro de 2021 - 09:32

Hum Gamashi está ministrando um curso de astrosofia desde o mês de novembro de 2020. Quem quiser acompaha-la entre no site da Família Eletromagnética; também tem grande conteúdos festa pessoa incrível no YouTube.
Abraços elétricos a todos !
Karen Berg .

Responder
Marisa Moruzzi Gurgel Bastos 8 de outubro de 2016 - 19:15

Não vejo a hora de conhecer halu gamashi.
Sei que vou aprender muito com ela
.

Responder
Marilia 26 de setembro de 2017 - 00:21

Olá Marisa! Olha só que curioso: quase 1 ano após seu comentário acima, tive o prazer de te conhecer em um bate-papo informal com Halu Gamashi, que se realizou em São Paulo, na semana passada. E hoje, procurando um texto dela, cheguei nesta página e vi esse seu comentário!!! O mundo dá voltas, mas sempre nos leva aonde queremos ir. Abraço

Responder
horacio 15 de julho de 2016 - 13:26

boa tarde, existe a possibilidade de agendar consulta com HAlu:

Responder
lisa santana 11 de abril de 2014 - 21:34

Tinda, esta mulher é muito interessante. Acho que de agora em diante vamos encontrar mais e mais pessoas ligadas a assuntos espirituais de maneira peculiar. Eu não tenho a menor dúvida que o mundo está mudando, e para melhor. Espero.

Responder

Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais