fbpx

"Flores Raras" ganha prêmio em Los Angeles

Por Maya Santana

Glória Pires e a australiana Miranda Otto numa cena do filme

Glória Pires e a australiana Miranda Otto numa cena do filme


Bruno Astuto
O filme Flores Raras, de Bruno Barreto, que abrirá a 41ª edição do Festival de Gramado, de 9 a 17 de agosto, acaba de ganhar o prêmio do público para melhor drama no The Outfest Festival, no último fim de semana, em Los Angeles. Por aqui, o longa entra nas salas de cinema dia 16 de agosto. Glória Pires, que interpreta Lota de Macedo Soares, arquiteta carioca que teve um intenso relacionamento com a poeta americana Elizabeth Bishop, vivida pela australiana Miranda Otto (Senhor dos anéis e A guerra dos mundos), também será uma das homenageadas de Gramado.
A carreira internacional do filme vai muito bem, obrigado, e já passou por alguns dos principais festivais de cinema do mundo, com entusiasmos de críticos e público, como no Festival Framelime, em São Francisco, em que recebeu o Frameline37 AT&T Audience Award, prêmio dado pelo público para o melhor filme; e foi muito aplaudido no Festival de Berlim, em janeiro, e ficou com a segunda melhor nota entre 58 produções em votação do público na Sessão Panorama. Depois da Alemanha, Flores foi selecionado para o Festival Tribeca, em Nova York, e passou pelo Festival Inside Out Toronto LGBT, no Canadá, no Festival de Edimburgo, na Escócia, no Festival de Provincetown, nos Estados Unidos e no Festival de Taipei, em Taiwan. (Fonte: revista Época)

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais