Forbes lista as mulheres mais poderosas do Brasil

Por Maya Santana
Graça Foster, 60 anos em agosto, vem em primeiro lugar

A presidente da Petrobras, 60 anos em agosto, em primeiro lugar, é também a 18ª mulher mais poderosa do mundo. Além do tamanho da Petrobras, a Forbes também ressalta o papel de Graça na exploração da Bacia de Campos, onde fica parte do pré-sal e é uma das mais promissoras bacias de petróleo do mundo.
Graça Foster, 60 anos em agosto, vem em primeiro lugar

A revista americana Forbes elaborou uma lista com as dez mulheres de negócios mais poderosas do Brasil. O ranking é encabeçado pela presidente da Petrobras, Graça Foster, que na semana passada também apareceu na lista das mulheres mais influentes do mundo, ficando em 18° lugar. Na mesma seleção, a presidente Dilma Rousseff aparece em segundo lugar.

Para a publicação, Foster lidera entre as empresárias brasileiras por causa do tamanho da companhia que controla: a Petrobras tem um valor de mercado de 120 bilhões de dólares e um faturamento de 144 bilhões de dólares.

Chieko nasceu no Japão, mas estudou direito na USP e fundou a rede de hotéis Blue Tree Towers em 1997. Com a chegada da Copa do Mundo e das Olimpíadas, a Forbes aponta Chieko como uma das "anfitriãs" dos turistas estrangeiros. No ano passado, a rede faturou 170 milhões de dólares em vendas.

Chieko nasceu no Japão, mas estudou direito na USP e fundou a rede de hotéis Blue Tree Towers em 1997. Com a chegada da Copa do Mundo e das Olimpíadas, a Forbes aponta Chieko como uma das “anfitriãs” dos turistas estrangeiros. No ano passado, a rede faturou 170 milhões de dólares em vendas.

Em segundo lugar no ranking aparece Chieko Aoki, 64 anos, fundadora da rede de hotéis Blue Tree Towers e considerada uma das “anfitriãs” dos turistas estrangeiros que visitarão o Brasil na Copa e na Olimpíada.

A presidente do Magazine Luiza gerencia uma das maiores redes varejistas do país. Sua habilidade nos negócios chamou a atenção de outra mulher poderosa - a presidente Dilma Rousseff - que já a convidou até para assumir a recém-criada Secretaria da Micro e Pequena Empresa. No entanto, o cargo foi ocupado por Guilherme Afif Domingos e Luiza continua administrando a rede, que prevê crescimento de 15% no faturamento neste ano.

A presidente do Magazine Luiza gerencia uma das maiores redes varejistas do país. Sua habilidade nos negócios chamou a atenção de outra mulher poderosa – a presidente Dilma Rousseff – que já a convidou até para assumir a recém-criada Secretaria da Micro e Pequena Empresa. No entanto, o cargo foi ocupado por Guilherme Afif Domingos e Luiza continua administrando a rede, que prevê crescimento de 15% no faturamento neste ano.

Luiza Helena Trajano, 63 anos, presidente do Magazine Luiza, ficou em terceiro lugar. Na lista, há também uma surpresa: a modelo Gisele Bündchen. Com faturamento de quase 1 bilhão de dólares por ano com produtos licenciados, Gisele é a quinta mulher de negócios mais poderosa do Brasil.

Fluminense de Niterói, Adriana se formou em ciências políticas na Universidade de Brasília em 1991. Vinte anos depois, assumiu a diretoria da General Electric do Brasil. Segundo a Forbes, Adriana é defensora do governo Dilma e acredita que o Brasil tem uma vantagem competitiva na área de inovação tecnológica graças a meios alternativos, como parcerias com empresas locais, clientes e governo.

Fluminense de Niterói, Adriana Machado, 45 anos, se formou em ciências políticas na Universidade de Brasília em 1991. Vinte anos depois, assumiu a diretoria da General Electric do Brasil. Segundo a Forbes, Adriana é defensora do governo Dilma e acredita que o Brasil tem uma vantagem competitiva na área de inovação tecnológica graças a meios alternativos, como parcerias com empresas locais, clientes e governo.

Conhecida mundialmente pelo seu trabalho nas passarelas, Gisele não ganha dinheiro apenas como modelo. Ela tem uma empresa de produtos de beleza ecologicamente corretos, a Sejaa, é estrela de inúmeros comerciais e fatura quase 1 bilhão de dólares por ano com produtos licenciados.

Conhecida mundialmente pelo seu trabalho nas passarelas, Gisele Bündchen, 33 anos em julho, é a quinta mais poderosa. Ela não ganha dinheiro apenas como modelo. Ela tem uma empresa de produtos de beleza ecologicamente corretos, a Sejaa, é estrela de inúmeros comerciais e fatura quase 1 bilhão de dólares por ano com produtos licenciados.

Quando Sônia Hess de Souza, 57 anos, assumiu os negócios da marca de roupas Dudalina, em 2003, a empresa só produzia roupas para homens. Em 2010, Sônia resolveu inovar e criou uma linha de roupas femininas. Hoje, a Dudalina fatura anualmente 190 milhões de dólares - 30% do valor vem das roupas femininas criadas há apenas três anos.

Quando Sônia Hess de Souza, 57 anos, assumiu os negócios da marca de roupas Dudalina, em 2003, a empresa só produzia roupas para homens. Em 2010, Sônia resolveu inovar e criou uma linha de roupas femininas. Hoje, a Dudalina fatura anualmente 190 milhões de dólares – 30% do valor vem das roupas femininas criadas há apenas três anos.

Anunciada há uma semana como a nova presidente da TAM, a executiva de 38 anos tem pela frente o desafio de comandar a maior companhia aérea do Brasil, com vendas anuais estimadas em 13 bilhões de dólares.

Anunciada há uma semana como a nova presidente da TAM, Cláudia Sender, de 38 anos tem pela frente o desafio de comandar a maior companhia aérea do Brasil, com vendas anuais estimadas em 13 bilhões de dólares.

Milú Egydio Villela, 70 anos, faz parte de uma das mais tradicionais famílias de banqueiros do Brasil e acumula os cargos de vice-presidente do conselho do Itaú e de presidente do Itáu Cultural e do Museu de Arte Moderna de São Paulo. A fortuna de Milú, estimada em mais de 2 bilhões de dólares, fez com que ela figurasse na lista de bilionários da Forbes até o ano passado. Mesmo fora do ranking, para a publicação, Milú "continua muito poderosa".

Milú Egydio Villela, 70 anos, faz parte de uma das mais tradicionais famílias de banqueiros do Brasil e acumula os cargos de vice-presidente do conselho do Itaú e de presidente do Itáu Cultural e do Museu de Arte Moderna de São Paulo. A fortuna de Milú, estimada em mais de 2 bilhões de dólares, fez com que ela figurasse na lista de bilionários da Forbes até o ano passado. Mesmo fora do ranking, para a publicação, Milú “continua muito poderosa”.

Em 1994, Viviane Senna, 55 anos em junho, criou o Instituto Ayrton Senna, em homenagem ao seu irmão e tricampeão mundial de Fórmula 1. Hoje, o Instituto Ayrton Senna beneficia, todos os anos, 75 mil educadores e dois milhões de crianças em mais de 1300 municípios brasileiros.

Em 1994, Viviane Senna, 55 anos em junho, criou o Instituto Ayrton Senna, em homenagem ao seu irmão e tricampeão mundial de Fórmula 1. Hoje, o Instituto Ayrton Senna beneficia, todos os anos, 75 mil educadores e dois milhões de crianças em mais de 1300 municípios brasileiros.

Heloisa Helena Assis, 52 anos, criou, em 1993, o salão Beleza Natural, com o objetivo de oferecer produtos e serviços especialmente para cabelos crespos. Posteriormente, o salão virou instituto. Hoje, Heloisa emprega mais de 1.300 pessoas e tem seu próprio centro de pesquisa.

Heloisa Helena Assis, 52 anos, criou, em 1993, o salão Beleza Natural, com o objetivo de oferecer produtos e serviços especialmente para cabelos crespos. Posteriormente, o salão virou instituto. Hoje, Heloisa emprega mais de 1.300 pessoas e tem seu próprio centro de pesquisa.

Fonte: veja.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais