fbpx

Gramado mostra filme sobre Sebastião Salgado

Por Maya Santana
'Revelando Sebastião Salgado' apresenta o artista na intimidade, com a família

‘Revelando Sebastião Salgado’ apresenta o artista na intimidade, com a família

O Festival de Cinema de Gramado, no Rio Grande do Sul, apresentou nesta terça-feira o documentário Revelando Sebastião Salgado, de Betse de Paula, a diretora de Vendo ou Alugo (que estreou sexta). Betse foi criticada por não encarar um aspecto polêmico da arte do grande fotógrafo – ele já foi acusado de estetizar a miséria e de se apropriar das imagens dos outros. O próprio Sebastião reflete sobre a relação entre o fotógrafo e aquele que fotografa.

Vindo da economia, ele revelou a base ‘econômica’ de seu trabalho. É um pensador marxista que pensa o mundo – e sua arte – a partir de relações de trabalho e poder. Daí seus ciclos – Trabalhadores, Êxodos, Gênesis. O melhor do filme é a revelação da intimidade de Sebastião Salgado, sua relação com a mulher, os filhos, um deles downiano. Um bloco do filme é obra-prima. A construção/canibalização de um navio vira reflexão sobre os meios de produção, sobre o próprio capitalismo contemporâneo. O filme é simples, mas de uma simplicidade pensada, requintada. O bloco sobre Serra Pelada não é menos impressionante. Assista ao trailer:

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

19 + 16 =