Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Down

Por Maya Santana
Com os avanços da medicina, hoje, eles têm uma média de vida superior aos 60 anos

Atualmente, eles têm uma média de vida superior aos 60 anos

Hoje, 21 de março, é o Dia Internacional da Síndrome de Down. Uma data escolhida para mostrar a importância da luta, sobretudo dos pais, para que os que nasceram com a síndrome tenham direitos iguais a todos na sociedade. É preciso incluí-los, respeitando as limitações.

Foi o médico britânico John Langdon down quem primeiro relatou o problema. A causa genética, no entanto, só foi conhecida em 1958. O médico Jerôme Lejeune descobriu a existência da cópia extra no cromossoma 21. A probabilidade de uma criança nascer com a síndrome é de um para cada mil nascimentos.

É preciso lembrar que a Síndrome de Down, também chamada de trissomia 21, não é uma doença, mas uma condição genética causada pelo cromossoma extra que aparece no par 21. Uma das causas pesquisadas pela ciência é a possibilidade de ocorrer em mulheres que concebem em idades mais avançadas, acima dos 35 anos.

Preste atenção ao amor com que esta mãe fala do filho com Down. O vídeo foi feito pelo Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar, CIAM, e mostra como o nascimento de Lucas mudou totalmente a vida de Dolores:


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais