Inaugurado 1° museu oceanográfico do nordeste

Por Maya Santana

Descobertas de 40 novas espécies de crustáceos e moluscos nos últimos 3 anos

Bruno Deiro

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) inaugurou nesta terça-feira, no Recife, o primeiro museu oceanográfico das Regiões Norte e Nordeste do País, com 34 mil amostras recolhidas nas últimas seis décadas. As pesquisas na região têm sido impulsionadas pela recente exploração de áreas oceânicas mais profundas, que permitiram a descoberta de 40 novas espécies de crustáceos e moluscos nos últimos três anos.

A nova fase é resultado de um trabalho de avaliação de impacto nas áreas de exploração de petróleo no local. Financiado pela Petrobrás, o museu obteve ajuda técnica para analisar ecossistemas a até 900 metros.

São 34 mil amostras recolhidas nas últimas seis décadas

“Até 2009, nosso alcance era de, no máximo, 200 metros. Com este trabalho, estamos descobrindo novas espécies que só existem nesta localidade”, afirma a pesquisadora Sigrid Leitão, que coordena o projeto.

O processo de identificação dos animais, explica ela, tem sido facilitado com a introdução de dois aparelhos de escâner que mapeiam o material recolhido – o zooscan para as espécies maiores (em geral, medem 0,5 a 1 milímetro) e o flowcan para as mais microscópicas. Leia mais em www.estadao.com.br


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais