Japonesas são as mulheres que vivem mais no mundo

Por Maya Santana
Elas se alimentam com menos gordura e açúcar

Exercício e menos gordura e açúcar nos alimentos

Mais uma vez, as japonesas são apontadas as mulheres que vivem durante mais tempo: uma média de vida de mais de 86 anos. Só pra gente ter uma ideia, no Brasil, a expectativa de vida média da mulher está em torno de 78 anos. Estudiosos atribuem  a longevidade da japonesa não só à dieta saudável, mais equilibrada, e ao fácil acesso aos serviços de saúde pública do país, mas também à educação, cultura e hábitos higiênicos no dia a dia.  Pessoalmente, acho que a alimentação é a que tem maior peso nessa equação que mede o tamanho da vida. Com sua alimentação à base de peixe, taí o próprio Japão para mostrar isso. Leia mais detalhes sobre a longevidade feminina japonesa neste artigo do uai.com.br:

“As japonesas voltaram a liderar a lista de mulheres com maior expectativa de vida, de acordo com informações do  ministério da saúde japonês.  Dados de 2012 mostram que as meninas nascidas no Japão terão uma média de vida de 86,41 anos, em comparação com os 85,90 anos de 2011, quando houve uma queda devido às milhares de mortes provocadas pelo terremoto e tsunami de 11 de março de 2011 no nordeste do arquipélago.

Os japoneses são famosos pela longevidade, que pode ser atribuída em parte a uma alimentação tradicionalmente saudável (pouca gordura saturada e açúcar), a uma vida ativa e a um sistema de previdência social que facilita a atenção médica. Em 2011, as japonesas perderam o título de campeãs do mundo em longevidade pela primeira vez em mais de 25 anos ao serem superadas pelas mulheres de Hong Kong.

Desta vez, as mulheres de Hong Kong ficaram em segundo lugar, com uma expectativa de vida de 86,30 anos, seguidas pelas espanholas, francesas e pelas suíças. A expectativa de vida dos homens japoneses também marcou um recorde (79,94 anos em 2012 contra 79,44 em 2011). No entanto, estão em quinto lugar mundial devido às mortes provocadas por câncer e doenças cardiovasculares vinculadas em parte ao cigarro.  Os homens brasileiros vivem em média 74 anos.

Os homens que vivem mais são os islandeses, com 80,8 anos, seguidos pelos de Hong Kong, Suíça e Israel.


CONTEÚDO PUBLICITÁRIO

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário





Utilizamos cookies essenciais de acordo com a nossa Política de Privacidade e ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Leia mais