fbpx

Jovem cantora brasileira é aplaudida na Europa

Por Maya Santana

Dom La Nena ou Dominique não se separa de seu

Dom La Nena, ou Dominique Pinto, não se separa de seu violoncelo

Há anos morando em Paris a cantora, compositora e violoncelista gaúcha Dominique Pinto, 23 anos, alcançou sucesso na França sob o nome Dom La Nena. Em março ela lançou Ela, seu disco de estreia, por toda a Europa e teve ótima recepção da crítica internacional.

Em apresentação na renomada sala La Boule Noire, na capital francesa, ela foi ovacionada. Dom La Nena também conquistou os americanos e recebeu ótimas críticas de veículos importantes como o jornal The New York Times. Com 23 anos e nascida em Porto Alegre, ela já morou em Buenos Aires, onde se profissionalizou como cantora. De olho no sucesso internacional da artista, a Som Livre lança este mês por aqui o CD da moça, que fará show em São Paulo dia 29, em sua Porto Alegre natal dia 1º de setembro e no Rio de Janeiro dia 4.

A varinha mágica da metamorfose de Dominique Pinto para Dom La Nena  é o seu inseparável violoncelo, instrumento que carrega em suas costas como se  fosse parte do corpo. Seu idioma musical é o português, mas também  canta em espanhol ou em inglês.   Em cena, sua aparência infantil contrasta com a precoce maturidade musical.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

1 + dezesseis =