fbpx

Longevidade de moradores de ilha grega intriga

Por Maya Santana

A ilha de Ikaria tem oito mil habitantes

Em Ikaria, eles vivem, em média, 10 anos mais os outros europeus

Cientistas estão investigando o segredo da longevidade dos 8 mil moradores da Ilha de Ikaria, no leste da Grécia, que vivem em média dez anos a mais que a maioria dos europeus e apresentam uma saúde muito melhor no final de suas vidas.

Pesquisadores da Universidade de Atenas, na capital do país, estudaram os moradores locais com mais de 65 anos. Christina Chrysohoou, cardiologista da universidade, afirma que eles sofrem dos mesmos tipos de doenças que as outras pessoas, como câncer e problemas cardiovasculares, mas estes problemas ocorrem mais tarde.

“(…) Não podemos evitar estas doenças, mas eles conseguem preservar a qualidade de vida por muitos anos. A idade média para (ocorrência de) doenças cardiovasculares é entre 55 e 65 anos. Em Ikaria, isto acontece cerca de dez anos depois”, afirmou.

Entre os moradores da ilha, o número de fumantes é baixo, o cochilo depois do almoço é regra, o ritmo de vida é lento, e as pessoas se reúnem com amigos e familiares com freqüência, bebendo quantidades moderadas de vinho. As famílias grandes dão aos moradores mais idosos um papel importante na sociedade, e os níveis de depressão e demência são baixos.

Veja a reportagem da BBC Brasil:

Leia mais sobre o assunto em www.bbcbrasil.com.br

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

seis − dois =

1 Comentários

Avatar
monica minelli 8 de janeiro de 2013 - 00:42

… diminuir o ritmo,,, fundamental. bjo

Responder