fbpx

Marina Lima aos 59: 'Tenho curtido muito envelhecer'

Por Maya Santana

A cantora fez aniversário no dia 17 de setembro - foto: Leo Pinheiro/Terra

A cantora fez aniversário no dia 17 de setembro – foto: Leo Pinheiro/Terra


O site Glamurama entrevistou Marina Lima na véspera dela acompletar 59 anos, no último dia 17. A cantora e compositora conta que está envelhecendo muito bem: “O que me falam sobre os 40, pra mim, rolou depois dos 50, que é uma liberdade, uma aceitação maior do que se constrói, um desencanamento.”Ela fala de seu relacionamentos com mulheres e explica porque prefere morar em São Paulo e não no Rio de Janeiro.
Leia a entrevista:
Com mais de 30 anos de carreira, Marina Lima completou 59 anos no dia 17 de setembro – sem ressentimentos. Em conversa com o Glamurama, a cantora carioca -moradora de São Paulo- revelou que ter feito 50 anos já foi libertador. “Tenho curtido muito envelhecer. Parece que me dá mais direitos de ser quem eu sou.” Com um amor para chamar de seu, Marina ainda revelou o motivo pelo qual a relação entre mulheres pode fluir melhor.

Glamurama- Qual o principal aprendizado que recebeu de sua família?
Marina Lima – Acho que valores éticos. Isso foi muito importante, me trouxe estrutura para seguir na vida. E junto com isso recebi muito carinho também.
Glamurama- Quanto tempo você morou nos Estados Unidos? O que carrega de lá?
Marina Lima – Sete anos. São Paulo e Ibirapuera me lembram muito Washington. Carrego uma atração pelo frio, pela música negra e pelo aspecto guerreiro do povo americano.
Glamurama- Como foi fazer parte dos grandes festivais da MPB? Do que sente falta daquela época?
Marina Lima – Eu não gostava de concorrer, de competir. Isso me deixava bem travada. Disso não sinto falta. Mas de programas de música, sim. Claro que hoje em dia tem programas de clipes, especiais, mas programas de músicas com diferentes artistas têm muito pouco.

Glamurama- Você sempre foi muito engajada. O que você gostaria de combater hoje em dia?
Marina Lima – Eu poderia citar tantas coisas que estão acontecendo no mundo, como desigualdade social, essas guerras todas por territórios, fanatismo religioso e por aí vai. Mas se você quer uma bem localizada aqui no nosso país, diria a poluição. Acho que a poluição é um problema seríssimo. As pessoas não comentam porque o ar não se vê. No entanto, ela é mais relevante do que a água. Acho que aqui em São Paulo algo tem que ser feito urgente a respeito disso.
Glamurama- Como foi a mudança do Rio para São Paulo? Foi uma boa troca?
Marina Lima – Foi. Perde-se aqui, ganha-se ali. O Rio é uma cidade deslumbrante. É inacreditável que um lugar possa ser tão bonito. Mas o Rio não tem o movimento e a diversidade cultural que tem em São Paulo. E no momento não passo sem isso. Estou bem aqui, mas cada vez que vou ao Rio é um golpe (risos). Clique aqui para ler mais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

um × 3 =

0 Comentários

Avatar
Antonio f reis 28 de setembro de 2014 - 16:12

Esta ai uma cantora que eh gostoso de ouvir,sempre a curti,,,,,bjs

Responder