ArtigosDestaques

Máscara transparente traz de volta o batom e a leitura labial

Foi uma boa sacada essa de alguns empresários e empresárias de criar uma máscara transparente, através da qual pode-se ver o sorriso, o batom e a barba das pessoas. Claro, a novidade, que pode ser encontrada a partir dos 25 reais, está vendendo muito. Não só por causa da parte estética, mas pela possibilidade da leitura labial. Como a pandemia não dá sinal que esta chegando ao fim, máscaras continuam sendo um dos assuntos da hora.

Leia o artigo publicado por O Globo:

“Agora posso voltar a usar batom”. Essa é uma das frases que a empresária Bruna Fernanda da Silva Carvalho mais ouve das clientes. Ela fabrica em Rio Claro (SP) máscaras transparentes, que protegem do novo coronavírus sem esconder o sorriso nem a maquiagem, e vende mais de 30 mil unidades por mês, em todo o país.

Esta é uma das opções para quem quer manter a segurança sanitária e também o glamour. Afinal de contas, como diz um dos hits surgidos na internet durante a pandemia, “trava na beleza/ olha o sorriso que ela tem”.

Esse é um tipo de máscara diferente e bem bonita. Foto: internet

— Nosso slogan é “o seu sorriso de volta”, mas o da mulherada é “voltei a usar batom”. Eu vejo isso como uma coisa boa e que mexe com a autoestima. A pandemia é uma coisa que mexeu com cada pessoa de uma maneira diferente. Tem gente que a vê como o fim do mundo, um período de incertezas e ainda mexe com o psicológico. Vendo por esse ponto de vista, de resgatar a autoestima, acho positivo — avalia Bruna, que atende blogueiras e já socorreu noivas na porta da igreja, porque o padre não as deixava tirar a máscara de pano para exibir a maquiagem e o sorriso na hora do esperado “sim”.

Leia também: Vantagens de se usar máscara, além da prevenção ao novo coronavírus

Bruna e dois sócios patentearam o produto, que é feito em película de cristal e injetada em policarbonato. Mas a máscara transparente fabricada por eles, que custa R$ 25 (cada) e pode ser encomenda pelo Instagram (mascaras_vinil), não atende apenas quem está preocupado com o visual.

E essa? O que você acha? O batom volta aos lábios das mulheres. Foto: internet

— Muita gente começou a procurar para poder fazer atividades ao ar livre, mas também surgiram outros filões. Hoje, 50% do nosso público são fonoaudiólogos que trabalham com crianças e as pessoas que têm problema auditivo e dependem da leitura labial para se expressar — explica a empresária de Rio Claro.

No Rio de Janeiro, as sócias Suellen Andrade e Alessandra Borges também apostam nas máscaras transparentes. O modelo vendido por elas, que também é fabricado em São Paulo, é feito de um material PET, semelhante ao das garrafas plásticas, com dois filtros feitos com manta de carvão ativado nas laterais, cuja função é garantir a circulação do ar e evitar a retenção do gás carbônico. O produto é vendido a partir de R$ 35, a unidade, com desconto no atacado. As encomendas também são pelo Instagram (@mascaratransparenterj).

— Nosso público principal é composto por pessoas que trabalham como cerimonialistas ou fazendo algum tipo de apresentação pública e que querem exibir o visual livre, com a exposição da aparência — afirma Suellen.

Leia também: Com grande variedade de estampas e cores, a máscara cria um estilo

Esta máscara com Led é importada

Modelos com led formam imagem e texto

A tecnologia também fez surgir algumas opções mais descoladas. A maioria é importada, mas pode ser encomendada pela internet. Há desde a máscara interativa e ativada por um comando de voz, que exibe uma boca no ritmo da fala e pode até sorrir, às que mostram frases ou imagens em movimento, como a exibida recentemente pelo jogador de basquete Tacko Fall, do Boston Celtics, que usou um modelo com LEDs coloridos que formavam o Super Mário, personagem dos videogames e de desenho animado.

Leia também: Em tempo de pandemia, tudo tem que estar pronto, caso haja uma emergência

close

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todas as semanas

Prometemos que nunca faremos spam! Dê uma olhada em nossa Política de Privacidade para mais informações.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo